Tokyo Revengers #2 – Impressões Semanais

Teorias e mais alterações ocorrendo na linha do tempo no anime.

Olá de novo pessoal! Eu e o Alê depois de termos assistido o episódio 2 de Tokyo Revengers, decidimos que a obra é uma boa para comentarmos semanalmente e de falarmos sobre o que achamos do episódio da semana. Estamos com expectativas positivas para o que vai acontecer daqui para frente na história. Fiquem com a nossa conversa do que gostamos ou não do episódio 2 de Tokyo Revengers.

RUB: Alê, agora que vimos o segundo episódio de Tokyo Revengers, decidimos que será um bom anime para comentarmos semanalmente aqui no blog. Então pessoal (pelo menos é a nossa intenção), teremos toda semana um texto aqui comentando as nossas impressões da temporada do anime. Fica o aviso para quem também estiver acompanhando a obra, se junte a nós, deixando um comentário sobre o que achou do episódio em questão e rolar aquela discussão da perspectiva de cada um, complementando o que foi dito aqui por nós dois. Mas agora falando do episódio em si (e também para quem leu o texto das primeiras impressões, link aqui), uma das minhas suposições era que o Naoto tem conhecimento sobre a viagem no tempo do protagonista. E dada a explicação que ele deu para o Takemichi, me gerou ainda mais dúvidas e criando mais suspeitas ao meu ver. Primeiro ele saber do “switch” da viajem para o passado ser um aperto de mão é muito esquisito. Pensem comigo Alê e o pessoal que está lendo (lembrando que não li o mangá, então não sei de nada). O Naoto não tem como saber que era com contato físico o start de tudo porque ele não vivenciou a viagem, a não ser que ele ainda esteja escondendo algo mais. Lembram que alguém empurrou o protagonista no episódio passado? Minhas suspeitas agora visto esse começo daqui, foi que o Naoto deu o “tackle”, encostando no personagem para ativar o poder dele. “Mas o Naoto não tinha morrido no outro presente?”. Pois é, mas no próprio episódio mostra que tinha sido morto um outro investigador no caso das gangues em que estava infiltrado e a mídia não sabia de nada. Se eles podem ocultar as mortes das pessoas, a policia (ou quem quer que seja) não pode fabricar os óbitos também? Vai que ele não morreu mesmo e para o Takemichi voltar ele teve que dar esse estalo nele para fazer a viagem no tempo? Eu estou construindo aqui teorias com base nas informações dadas, porque o protagonista não lembra muito bem o que aconteceu, né? Será que ele não lembra, porque a outra versão dele no futuro estava no corpo do personagem nesses momentos? Será que ele sempre tinha falado da morte da irmã para o Naoto, só que não lembra por causa das distintas linhas do tempo? Ou será que é semelhante a teoria que não dá para evitar certos eventos importantes, só que dá para alterar o rumo de certas coisas? Estou chutando, mas agora que o Naoto entrou na jogada e ele aparenta saber demais, talvez não esteja enganando o Takemichi para alterar outras coisas que não necessariamente seja a morte da irmã? Está tudo muito nebuloso e que as únicas coisas certas é que o protagonista consegue voltar exatamente para 12 anos atrás, temos dois personagens importantes que estão fazendo o caos no presente e que o Takemichi está tendo ideias absurdas para bagunçar tudo no passado. O que isso vai refletir? Ainda não sei bem.

ALÊ: Estou bem feliz com isso. Gostei muito do segundo episódio do anime e queria muito falar dele. Mas concordo contigo. Não tinha me ligado na possibilidade de que na verdade o Naoto que poderia ter empurrado o Takemichi na linha de trem. E colocando essa hipótese em prática, faria sentido porque em momento algum mostram quem empurrou o protagonista na linha férrea. Só aparece uma mão que empurra ele e não há questionamentos sobre isso até agora. Nada foi comentado sobre tal ato e além disso, a ação do Naoto teria que ser extremamente rápida para ele notar alguém empurrando o Takemichi e ir até lá para conseguir salvar ele. São poucos segundos para que tudo isso aconteça. Agora, pensando nisso, faltaria uma motivação para o Naoto fazer isso. Qual seria o (suposto) objetivo dele em querer traçar o passado para causar essas alterações no futuro? E ainda tem a questão de que toda a pesquisa de informações que nos foram passadas é através do Naoto. Foram feitas pelo próprio, então não há garantias de que o personagem está apontando fatos 100% verídicos. Ele criou senso de urgência em fazer o Takemichi voltar ao passado o quanto antes e com o máximo de informações possíveis. O protagonista só pode voltar para exatos 12 anos no passado, então conforme o tempo passa no presente, mais para frente o personagem principal volta no passado. Então a linha vai caminhando junto. O que é bem interessante, porque o que foi alterado no dia X, não pode ser mudado novamente quando o Takemichi voltar. Então que tipo de mudanças pode causar, tanto no passado, como futuro? Temos um mistério e uma suposição bem interessante. E até parando para pensar, no episódio passado o Naoto estava fora de casa até de noite. Nesse episódio ele nem aparece. Quando o Takemichi vai até a casa da Tachibana, não tem nem sinal do Naoto. Na verdade, o foco dessa cena é desviado, tanto que o Takemichi esquece seu objetivo inicial ido até a casa dela. Por mais que ele tenha falado com ela e com isso resolveu tentar de novo, achei um pouco estranho o Naoto não aparecer em momento algum no passado. A proposta inicial do anime é de salvar a Tachibana, mas com certeza vamos ter coisas a mais no desenrolar dessa história.

RUB: Reforço que eu e o Alê estamos fazendo aqui é criando teorias sobre o enredo. Vai que o roteiro nem queira focar sobre especificamente do tema viagem no tempo. Pode ser que o Naoto sabe das coisas e pronto, não vai ter explicações posteriores. Talvez nem exposições podemos ter sobre esse aspecto. Só levantei essa ideia por justamente achar esquisito o Naoto saber de coisas que ele não presencia com tanta certeza. É só perceberem que o Naoto montou um dossiê e mostrou exaustivamente para o protagonista até ele lembrar dos detalhes mais importantes. Quem garante que é realmente tudo aquilo que foi dito? O que é importante de fato? O protagonista comenta que não conseguia decorar nada pelo cansaço. Então falar qualquer coisa, ele está aceitando. Mais um comentário sobre essa cena é que mostra o Manjirou como um dos líderes da gangue. Ele aparece na OP, aparece nas imagens promocionais e consta como o segundo protagonista dessa história. Parece que ele será um personagem muito relevante nessas voltas ao passado. Teremos que ver o que acontece. Também que puta azar o Takemichi voltar no tempo durante uma luta. Um golpe já desacordou. E ele apanhou muito mais do terceiro ano por ter perdido do que na luta de fato. Foi espancado e ainda apanhou mais por ter perguntando sobre os dois malucos no passado. Eu sei que é ingenuidade, mas o protagonista confiar que os malucos iriam dar informações para ele de forma tão amigável, foi de uma idiotice inacreditável. Um outro ponto que reforça nesse espancamento é que o Manjirou (ou Sano como ele foi chamado) já tem uma reputação forte ali. O maluco da cicatriz até fala em tom de ameaça que se o protagonista citar esse nome de novo, ele morre. Certamente vão explicar melhor a relação desses dois, mas o mais provável é que são inimigos vivendo em conflito constante, ou o Sano é o líder do bagulho inteiro e todos demonstram respeito total a ele, sendo que nem mencionar o nome do maluco pode. A cena ao menos mostra que o Sano tem relevância e estão preparando para a apresentação do personagem mais adiante.

ALÊ: Sim! E considerando que o protagonista volta ao passado, faz aquela interação com o Naoto e a partir disso, ele resolve criar um dossiê com todas as informações sobre as gangues que resultaram na morte da irmã dele e que supostamente, matariam ele também. Então é no mínimo estranho essas ações do personagem, mas como você bem disse, são apenas teorias nossas. Não sabemos ainda como o autor irá trabalhar a narrativa e quais serão os verdadeiros focos dela. Sano parece ser um dos pilares da trama principal. Tenho um amigo que gosta muito da série e estávamos comentando algumas coisas bem vagas sobre ela (até para eu não pegar grandes spoilers). Pelo que ele me diz, a obra promete muito! Eu estou gostando de como o protagonista está se fodendo nessas idas ao passado. Vai soar como um pouco sádico, mas torna essas cenas mais palpáveis. Ele não chega sabendo sabendo exatamente o que fazer e não lembra de nada que aconteceu naquele dia. Então ele tem que parar e pensar no que está acontecendo e nesses momentos ele se fode, porque os eventos seguem indo adiante. Fora que quando ele volta, o dia já está rolando. No episódio passado, até ele lembrar que tomou uma surra, já era. Nesse episódio ele “acorda” literalmente no momento da luta com o restante da gangue. Eu acho ingênuo, mas levo em consideração que ele parece bem inocente. Ele não acredita que vá apanhar tanto assim, acho que ele ainda tem em mente que a gangue ali é como a que ele está. Eu gosto muito que a cena da surra dele porque dá uma puta agonia. Ele depois correndo, sangrando e se arrastando no meio de todo mundo é bem angustiante. Também gosto que ele chega meio que com a mentalidade: “Eu vou salvar a Tachibana”, meio que como herói, mas aí vai lá e quebra a cara, pensa em desistir, porque no futuro não vai estar namorando com a garota mesmo, então para que insistir nisso? Não vai envolver ele diretamente, até que ele resolve tentar de novo. Estão fazendo uma preparação para o Sano, então não duvido ele aparecer no episódio 3 ou 4. Quero muito ver o quão ‘poderoso’ o personagem é ou o quão influente pode ser. E olha que é só o Sano. Nem apareceu/comentaram do outro personagem que o Naoto falou.

RUB: De fato Alê. A Hinata novamente apareceu como uma importante aliada para o protagonista. Como uma pessoa de suporte emocional, ela apresenta uma personalidade bem distinta das protagonistas que temos nos shounens. Ela literalmente quer ser mais forte para proteger o seu namorado. E ela saber lutar karatê também foi uma surpresa. Mesmo sabendo que o Takemichi só queria encostar no irmão dela para voltar para o presente, achei a cena muito fofa, porque o relacionamento deles é muito gostoso de acompanhar. Agora motivado de novo, o protagonista decide voltar ao objetivo principal de salvá-la. Teve outra parada que eu curti foi a relação do Takemichi com os amigos. A visão dele sobre o pessoal da escola era muito distorcida. Como ele só tinha fugido, o protagonista criou uma péssima imagem dos amigos, até para não remoer as suas próprias ações de ter ignorado e mudado de cidade para evitar apanhar mais. Agora que ele está revivendo certos pensamentos e sentimentos, o Takemichi decidiu finalmente agir para alterar sua linha temporal. Achei interessante que para salvar o amigo dele, ele teve que fazer uma proposta de briga mais chamativa que iria acontecer no dia. O que eu suponho é que ele vai perder dessa luta no próximo episódio, entretanto vai chamar a atenção do Sano e que vai conhecer o personagem dessa forma. Parece que vai render muitos mais vertentes essas mudanças que o protagonista está fazendo para salvar a guria do que o previsto. Sinto que ainda vai dar muita merda, porque não parece que vai ser tão simples assim salvar a amada. Em relação a produção, a direção e a animação, elas estavam boas. Pode ser uma ilusão, porém eu quero acreditar que vão sustentar até o final dessa season esse nível de qualidade técnica. E antes que eu me esqueça, uma parada que eu não gostei e parece que vai ser o padrão daqui em diante são os resumos nos começos dos episódios. Foram 2 minutos só falando sobre o que aconteceu no anterior. Terminei o episódio com a sensação que foi curto demais, por justamente ter uma duração menor que o padrão. Não gosto disso, porque é uma forma barata de alongar uma história em muitos episódios que o necessário.

ALÊ: Sim!!! Concordo muito. Tivemos contato com o casal e foi uma ceninha no episódio 1 com ela confortando o boy e essa agora. Eles são tão fofinhos juntos. Tem algumas falas que são bem questionáveis, mas considerando que a cena se passa no começo dos anos 2000, é bem aceitável dado contexto. Mas ainda assim, é uma cena bem agradável de se ver. Quero muito mais momentos como esse para os dois. É muito bom ver esse conforto emocional que a Tachibana dá ao seu namorado. Gosto dessa “inversão de papéis”, já que normalmente tratam a garota como aquela à ser protegida, então espero que tenhamos cena dela realmente protegendo ele. Seria bem fofo de ver ^^. Sim, a amizade com os demais membros do grupo é algo bem destacável. Esse até foi um dos assuntos que comentei com meu amigo, porque todo mundo ali não sabe brigar. Todos eles são fracos e basicamente só importunavam quem era mais fracos que eles, mas ninguém abandona o outro. Todos tentam se ajudar de alguma forma. No episódio passado, enquanto o Takemichi saiu correndo depois da surra, os demais estavam se ajudando a levantar e tal. Nesse episódio o Akinho (fofo) queria trocar de lugar com o Takuya (personagem lindo, por sinal) por ele ser o mais fraco dentre eles e não saber lutar. É uma amizade bem forte entre eles. Sobre o protagonista desdenhar de seus amigos, até destacamos isso no post de primeiras impressões sobre como ele achava ridículo as vestes e o cabelo dele na época, assim como as pequenas ações de perseguição dos membros do grupo. Se for para chutar, acho que o Sano vai acabar passando por ali e vai ver o protagonista sendo surrado, mas ainda tentando ficar de pé ou algo assim, sendo o primeiro passo para conseguir chegar perto do cara. Acho que vai dar muita merda por ele nem ter noção do que está alterando e nem da proporção que essas mudanças podem tomar. Ainda vai render muita coisa e não duvido nada gente que não havia morrido, morrer por causa dessas mudanças impensadas. Eu sinto que a direção e a animação (essa principalmente) estavam melhores nesse episódio em relação ao anterior. Tivemos muitas cenas com diversos personagens na tela e colocaram eles movimento. Só os mais frames mais distantes foram mantidos estáticos. Momentos que exigiam um pouco mais da produção, eles conseguiram entregar. Meu palpite é que vão investir nos momentos mais climáticos. ao menos é essa a impressão que tive vendo esse episódio. Não duvido que boa parte da LIDEN tenha sido alocada para Tokyo, deixando “Sayonara Watashi no Cramer” com 2 animadores hahaha. Vendo e recap no começo, tive a sensação de que quiseram colocar ali para preencher espaço vazio dos 20 minutos. Fizeram o episódio e ficou faltando 2 minutos, aí compilaram o episódio todo ali… Eu espero muito que seja bem pontual, porque nossa, é um puta desperdício de tempo.

RUB: Vamos ver o que vai acontecer o episódio 3. Como iremos comentar semanalmente, torço para que as nossas expectativas e palpites que a obra vai ser boa se confirme, porque nós conseguimos comentar animes bons ou aqueles problemáticos. Agora se o Tokyo Revengers ficar somente ruim, vai ser a parada mais sem graça de falarmos por dezenas de semanas. Novamente reforço para o pessoal que ainda está assistindo o anime comentar no Twitter do LD ou aqui na seção de comentários sobre o que está achando do anime até. Para quem leu o mangá, se for falar de spoiler, coloquem alguma tag para sinalizar. Eu não me importo, porém tem um pessoal que curte ter a própria experiência de assistir, então vamos respeitar. Agora torcer para que o nível de qualidade do anime fique estabilizada e tenhamos um ótimo episódio semana que vem.

ALÊ: Estou animado e esperançoso. Se o que meu amigo diz for isso mesmo, a obra só vai melhorar. Vejamos o desenrolar dessa trama e espero que pelo menos algumas de nossas suspeitas se confirmem… Ou não. Às vezes tem algo melhor e mais surpreendente XD. Antes de terminar, preciso elogiar a ED do anime que ficou muito linda. As cores em roxo e a música são muito boas. Um trabalho muito bem acabado. Nos vemos na semana que vem e não deixem de comentar que isso só enriquece a discussão sobre os episódios ^^.

2 comentários em “Tokyo Revengers #2 – Impressões Semanais

  1. o negócio só vai melhorar daqui pra frente, se continuar seguindo o mangá,no próximo ep vão ser apresentados dois personagens essenciais para o desenrolar da história, o Mickey (Manjiro Sano) e o Drakken e sim o Mickey é muito f*da.
    Espero que essa obra faça muito sucesso para eles lançarem o mangá aqui.

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s