Tenchi Souzou Design-bu (Heaven’s Design Team) #1 – Primeiras impressões

Eu sinto o cheiro de uma aclamação de longe!

Enfim começando minhas postagens solo na Temporada de Inverno de 2021 (acho que essa será a primeira a ser lançada pelo menos). E vamos começar MUITO BEM, porque estarei comentando de “Tenchi Souzou Design-bu”, e meus amigos/queridos seguidores, que anime MARAVILHOSO! Lá na postagem de expectativa (link), eu havia dito que o anime parecia uma galhofa das boas e posso dizer que acertei em cheio! Meu faro para aclamações não falha! Falemos dessa maravilha 🙂

Sinopse:No Departamento de Design Animal do Heaven, os designers criam uma variedade de novos animais diariamente, enquanto lutam com os pedidos irracionais de seu cliente: Deus. Divertida, interessante e cheia de informações úteis, esta série responde a perguntas como: “Por que os unicórnios não existem?”, “O que faz um animal ficar delicioso?”, “Qual é a criatura mais poderosa do oceano?” E , “Pássaro versus cobra: quem venceria?” Você não acreditará que é uma série de mangá quando ler sobre os animais em destaque nas entradas da enciclopédia incluídas. A equipe de design do Heaven tornará sua próxima viagem ao zoológico ou aquário 100 vezes mais divertida!”


Preciso começar a tecer meus comentários dizendo que ADOREI TUDO que foi apresentado aqui e que é a melhor estreia que vi até agora!!! Sim, estou nesse nível de amores pelo anime :). Mas sinceramente, quando você olha o visual e pega a proposta da obra, não tem muito como dar errado! O que poderia acontecer de pior era a direção ser ruim, estragando todo o potencial do anime. Felizmente não aconteceu, muito pelo contrário ^^

Adorei o conceito inicial de que Deus criou o mundo, o ar, água, terra, aí chegou na parte dos animais, porém eram muitos. Ele só cansou do serviço e terceirizou o trabalho para uma equipe focada nisso. É brilhante! Ainda mais se considerar o quão vasto são os tipos de animais, as suas famílias, suas características e espécies, cada uma contendo particularidades notáveis que favorecem sua sobrevivência no ambiente ao qual estão inseridos. Esse assunto por si só é algo que me atrai muito. Sou estudante de biologia e evolução das espécies é um assunto muito rico e que fico sempre muito interessado. Até porque, pela vastidão de espécies que temos no mundo, sempre tem algo novo para se aprender. Eu por exemplo acho baratas seres notáveis, além de outros seres vivos complexos (Caravelas, por exemplo), ou parcerias entre espécies para ajudar em algo que beneficie ambos (Cupins e protozoários).

Falando dos personagens, por mais que seja apenas uma introdução de cada um deles, tendo breve destaque, eu já gosto de todo o elenco principal, mesmo que seja pouco, devido ao curto tempo de tela. Mas é perceptível que conseguiram diluir muito bem o tempo de cada um, ao mesmo tempo todos os personagens tiveram seus momentos ali que faz você espectador abraçar eles. Souberam escolher e fazer muito bem cada cena de comédia desse episódio inicial. Os personagens são muito carismáticos, diferentes entre si, e esse contraste entre eles quando é contracenado, gera cenas excelentes.

Três bons exemplos disso: o senhor que criou o cavalo, sendo ele sua obra-prima. É muito divertida a forma que ele ficou obcecado pela sua criação e quer colocar algo do cavalo em absolutamente tudo que ele tenta fazer de novo. Inclusive, excelente a explicação do porquê Pégaso não poderia existir, dado a questão dos ossos que precisariam ser ocos para reduzir o peso e que as asas teriam que ser muito grandes. Outro excelente momento do episódio é a Kanamori tentando criar um bicho que ‘vença’ uma cobra. Cobras normalmente são tidas como más ou grandes vilãs (não é atoa que são usadas como forma xingamento), e aqui eles fazem disso uma grande sátira, tentando criar um bicho que consiga fugir, se proteger ou matar a cobra. Os grandes momentos dessa cena são: ovos com espinhos, cobra comendo o passarinho após sair do ovo (gargalhei) e cobra sendo pisoteada – e depois chutada – pelo Secretário (é o nome do pássaro).

Por fim, outro dos grandes pontos autos dessa estreia é todo o segmento da criação do Tamanduá e do Tatu. Por algum motivo, eu tive uma crise de riso quando o Tamanduá adotou a postura de defesa dele. Ao mesmo tempo que estava rindo com ele estando de pé, eu estava achando muito fofo!!! O Tamanduá que eles fizeram é muito fofinho. Quero um para mim hahahaha. Fora as cenas com o cara querendo fazer um churrasco, chegando ao ponto de até transformar um animal (que provavelmente seria algum tipo de artrópode) em uma linguiça e assando ela hahaha.

Aproveitar para comentar que AMEI a forma de como a obra é didática. É fantástico! Dá para ver que há todo um estudo na formação do corpo e em como cada ser vivo funciona, com suas peculiaridades e o que torna eles únicos dentro da natureza. Mesmo com animais fictícios como o citado Pégaso, há uma preocupação de explicar porque a existência dele não é possível. E até no processo criativo de novos animais, não é só um design feio ou bonito. Eles explicam o porquê daquele animal não poder existir, como o protótipo do cervo-girafa que tinha o pescoço muito grande e dificultava o bombeamento do sangue para o cérebro. É muito bom ver a seção “Guia ilustrado de criaturas que, por algum motivo, existem”. Dá para tirar boas curiosidades dali. Eu mesmo adoro ficar sabendo de detalhes atípicos sobre o reino animal. Nos tempos que eu tinha TV por assinatura em casa (por volta dos meus 13/14 anos), quando não estava passando algum desenho que me interessava, eu ia para o National Geographic assistir documentário. Logo me traz até um sentimento reconfortante daqueles tempos ~^w^~

Adoro pensar que todo esse processo de criação do animal é maravilhoso, porque tem o design dele, depois vai para a engenheira fazer e poof, nasceu o bicho. É fabulos. Amo, amo, amo hahaha.

Por fim, ainda preciso dizer que a Kanamori forma um contraponto bem interessante com a narrativa da série, já que aparentemente, ela é uma personagem transsexual. É dito dela estar em uma obra que fala justamente de Deus e do criacionismo. O que mais se vê por aí é crente condenando LGBT+ ao inferno, fazendo ataques, disseminando preconceito e matando pessoas da comunidade, seja direta ou indiretamente. Não é de agora e sim de séculos pregando o ódio. Em momento algum do episódio fazem piada com a Kanamori, que facilmente seria uma personagem alvo de estereótipos, e consequente desserviço. Mas Tenchi Souzou Design-bu em momento algum brinca com isso. Não acho que haverá uma batida de tecla em cima dessa questão, mas só de ver ela ali, é muito bom. Quem dera desse caso servisse de exemplo para dizer “Todos somos filhos/criações de Deus e não há porque ter preconceitos e discriminações entre nós”. Entretanto só deve ficar na minha cabeça, em pessoas mais conscientes e de quem é LGBT+…


Sobre a parte técnica, ela é bem competente e está sabendo usar seus recursos para conseguir entregar o que é preciso quando necessário. Usam algumas cenas estáticas, mas a direção sabe essas cenas e compensa MUITO os momentos de humor que são maravilhosos. E tenho que elogiar a direção. Continuem assim, por favor!!! Eu gosto bastante da paleta de cores do anime que é bem colorida e combina bastante com o clima divertido e criativo da obra.


Depois de tudo isso, temos aqui uma preciosidade dessa temporada. Provavelmente será um dos meus favoritos do ano se seguir nessa mesma pegada da estreia. Tem tudo para dar certo e estou apostando minhas fichas na animação. Recomendo darem uma conferida na animação. Talvez o estilo de humor não agrade à todos, mas acredito que vale muito a pena conferir ^^

Isso sou eu passando por alguma porta…
Deixando essa cena simplesmente memorável aqui! 🙂

2 comentários em “Tenchi Souzou Design-bu (Heaven’s Design Team) #1 – Primeiras impressões

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s