A publicação de “Ilha dos Cachorros” e “On or Off” pelo mundo e algumas opiniões

Falemos um pouco dos dois últimos anúncios do ano da NewPOP.

Na noite do dia 26 de novembro, quinta-feira, a editora NewPOP anunciou o mangá “Ilha dos Cachorros” e o manhwa BL “On or Off”. Ambos ainda não tem uma data exata para o lançamento de ambos. A editora comentou que o manhwa deve começar a pré-venda no começo do ano de 2021 e o mangá, por ser volume único, é mais fácil de ser publicado, então não deve demorar muito para ser lançado. E como já é tradicional, vamos com a nossa postagem em que mostramos os países onde a(s) obra(s) é(são) publicada(s) e no final, opinamos sobre o que achamos do anúncio, se pretendemos comprar, etc.

Nessa postagem como são dois títulos, faremos assim: começaremos mostrando onde “Ilha dos Cachorros” foi publicado, opinamos e passamos para “On or Off”, que no caso desse último, a edição física sequer começou a rodar o mundo :/. Vamos lá ^^

Sinopse de “Ilha dos Cachorros”: “Atari Kobayashi é um garoto japonês de 12 anos de idade. Ele mora na cidade de Megasaki, sob tutela do corrupto prefeito Kobayashi. Um dia, o político aprova uma lei que proíbe os cachorros de morarem no local, fazendo com que todos os animais sejam enviados a uma ilha vizinha repleta de lixo. Mas, o pequeno Atari não aceita se separar do cachorro Spots. Logo, ele convoca os amigos, furta um jato em miniatura e parte em busca de seu fiel amigo. A aventura vai transformar completamente a vida da cidade.”

Sinopse de “On or Off”: “Yiyoung está construindo uma startup com seus amigos de faculdade. Eles têm a chance de apresentar sua proposta à SJ Corporation, uma das principais empresas do país. Mas na sala de reuniões ele vê Kang Daehyung, o figurão extremamente bonito da empresa que é muito seu tipo e o coração de Yiyoung começa a disparar…
O jovem de rosto bonito pode vencer tanto no amor quanto em sua carreira?”


Ilha dos Cachorros

Japão

No país de origem, a obra foi publicada em 2018 na revista Morning da editora Kodansha, sendo concluído em apenas 1 volume, este lançado em agosto do mesmo ano. No site da Kodansha e da Amazon JP, consta que o título possui apenas 76 páginas. Por lá, o título é “Inugashima” (犬ヶ島). Apenas lembrando que a obra é a adaptação de um filme stop motion lançado originalmente nos EUA.


Estados Unidos

Nos Estados Unidos, a obra foi publicada em fevereiro desse ano pela editora Dark Horse. Por lá o mangá foi lançado sob o título “Wes Anderson’s Isle of Dogs”, mesmo título do filme original 🙂


Itália

Na Itália, segundo maior mercado de mangás do Ocidente, a obra foi publicada um ano depois de seu lançamento no Japão, em agosto de 2019. O título foi lançado pela editora Dynit Manga com o título “L’isola dei cani”.


França

Na gigante do mercado de quadrinhos, a obra foi publicada em março de 2019 pela editora Lezard Noir. O título francês é “L’île aux chiens”.

Obrigado França pelo bom trabalho nessa capa!

Espanha

No mercado espanhol, quem publicou a obra foi a ECC Ediciones em janeiro de 2020. O título foi licenciado no evento Manga Barcelona de 2019, que ocorreu em novembro daquele ano. O nome nacional espanhol foi “Isla de Perros”.


México

Por fim, no México a obra foi anunciada pela editora Panini. O anúncio ocorreu em agosto de 2019 e o tomo foi lançado 4 meses depois, em dezembro. No México a obra foi publicada com o mesmo título que na Espanha: “Isla de Perros”.


Opiniões

ALÊ: Quando a NewPOP disse que seriam dois anúncios sendo um deles o tal manhwa BL, na hora eu já imaginei o segundo título não teria de tanto destaque. Não que o título seria ruim, porém que não chegaria aos pés de repercussão como seria no caso do BL. Dito e feito. Assim como eu esperava, o título era um volume único e desconhecido por aqui, muito embora já tenha sido publicado em diversos países como viram. Volumes únicos por natureza sempre me atraem. Tenho o pensamento de que nunca se sabe quando pode ter uma obra maravilhosa dentro daquele único tomo. Estou sempre disposto a dar oportunidade para títulos assim. O “diferencial” desse é que quando foi anunciado na semana passada, muitos seguidores elogiaram a obra, sendo mais um atrativo para mim. A pedido do Japão, a NewPOP irá lançar o tomo em capa dura, o que me deixa um pouco preocupado em relação ao preço, mas confio na NewPOP para fazer um bom preço :). Eu irei adquirir e faremos a resenha! Graças aos céus a NewPOP fará uma releitura da capa, porque me desculpe autor, essa capa é tenebrosa.

RUB: o anúncio não chamou minha atenção, principalmente por ser uma edição menor (em quantidades de páginas) que o habitual em comparação aos demais mangás lançados por aqui e pela capa dura que a editora vai ser obrigada a colocar por exigência contratuais, encarecendo o produto. Esse mangá eu passo.


On or Off

Coréia do Sul

Em seu país de origem “On or Off” é publicado desde 2019 no Ridibooks em formato webtoon, possuindo quase 70 capítulos disponibilizados. Uma edição impressa começou a ser lançada em junho desse ano pela editora D&C Media (a mesma de “Solo Leveling”), publicando 2 volumes de uma só vez. Esses dois tomos cobrem a primeira temporada completa da obra (até o capítulo 48). Ainda não há previsão de lançamento para o volume 3.


França, Tailândia e Estados Unidos

Nesses três países não é publicada a edição impressa da obra, sendo apenas os capítulos do webtoon sendo disponibilizados e claro, todos de forma oficial. Nos EUA quem publica é o Tappytoon. Na França quem distribui os capítulos é o Delitoon. Na Tailândia os capítulos são publicados pelo Comico. A obra é inédita nos demais países do mundo até onde sabemos 🙂


Opiniões

ALÊ: O anúncio de “On or Off” chegou carregando alguns méritos como o fato deste ser o primeiro manhwa BL do mercado e o Brasil ser o primeiro e único país do Ocidente a anunciar a edição impressa da obra. De minha parte, eu irei comprar! É mais uma porta do mercado se abrindo e não posso deixar passar!!! A editora comentou que terá um pack com os dois primeiros volumes da obra, então tentarei adquirir esse pacote, ainda mais pelos brindes *-*. Eu gosto da obra e acho ela bem divertida, sobretudo por causa do Ann (loirinho). É uma leitura que passa rápido, coisa que gosto bastante. O melhor é que vendo onde a obra está, eu não vejo ela indo muito longe. Acho possível que finalize na segunda temporada mesmo ou em uma terceira caso a autora enrole. Caso ela não tire trama de onde não tem, vejo a obra terminando com uns 4 à 6 volumes (perfeito!). E teremos resenha também 🙂

RUB: eu infelizmente não consigo pagar 50 reais (ou mais, já que não temos o preço estabelecido) em mangás (ou manhwas, no caso). Eu sou daqueles que segue o critério de valorizar o meu dinheiro, junto com o tempo de divertimento que o produto vai me proporcionar enquanto vou consumindo ele. Não consigo gastar mais 50 contos em uma mídia que vou terminar em meia hora. Também esse foi um dos motivos que não comprei Solo Leveling (além de Solo ser o tipo de história que eu não gosto). Só para efeito de comparação, eu prefiro gastar 43 reais na novel de Overlord (mesmo a edição brasileira não ser aquelas coisas e ser muito caro em comparação as outras novels que foram publicadas por aqui), pois tenho certeza que pelo menos vai render umas 4 horas de leitura do que um manhwa totalmente colorido que posso ler durante uma viagem de busão na ida ao trabalho. O preço para mim é o fator impeditivo para adquirir o título. Se rolar uma promoção maluca na Amazon com 50% de desconto, aí sim On or Off virá opção de compra para mim. A preço de lançamento, desculpa, mas não dá para mim. E a tendência é ficar pior daqui para frente em relação aos preços de qualquer parada impressa aqui no Brasil, então tenho filtrar os mangás e novels que consigo comprar mensalmente.

Deixando essa thread aqui, como quem não quer nada XP

5 comentários em “A publicação de “Ilha dos Cachorros” e “On or Off” pelo mundo e algumas opiniões

  1. Gostei desse contraste entre as falas do Rub e do Alê.

    Bom, não é novidade que quero muuuuito On or Off
    Vamos torcer para que tenha uma promoção boa !
    As coisas da New pop sempre tem ficado com um bom desconto, neh?

    Bom, recomendo o filmes do Wes Anderson, tanto A ilha dos Cachorros como O fantástico Sr. Raposo. Ele sempre mete uma crítica social no meio, e a animação tem um estilo bem próprio do diretor. ❤

    Curtido por 1 pessoa

    1. Eu vou tentar comprar o pack com os 2 volumes de “On or Off”, eu acho que ele deve ficar na casa dos R$ 55,00 reais, então o Pack deve ficar por uns 110 reais, ou algo próximo disso. Acho que vai dar para bancar ^^

      Um dia eu tento ver esses filmes 🙂

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s