Yuukoku no Moriarty (Moriarty the Patriot/Moriarty: O Patriota) #1 – Primeiras impressões

Uma estreia BEM melhor do que eu esperava!

Estamos nos aproximando da fase final das postagens de primeiras impressões (graças aos céus, não aguento mais)!!! O @rubnesio, @khonshu99 e o @tinyygiant já finalizaram suas postagens de primeiras impressões, restando um total de 6 postagens para euzinho aqui haha. E bem, nesta falaremos de “Moriarty”. Então vamos ver o que o anime nos apresentou de bom nesse primeiro caso.

Sinopse: “O protagonista da história é James Moriarty, o famoso antagonista da série Sherlock Holmes de Sir Arthur Conan Doyle. No mangá, ele é um órfão que assume o nome William James Moriarty quando ele e seu irmão mais novo são adotados na família Moriarty. Quando jovem, ele procura remover os males causados ​​pelo rigoroso sistema de classes da Inglaterra.”


“Yuukoku no Moriarty” ou como é chamado em português “Moriarty o Patriota”, nos apresentou um caso sendo resolvido nesse episódio inicial. Ele não será o primeiro a fazer isso, pois recentemente “Ikebukuro West Gate Park”, que mostrou uma investigação para introduzir sua história, ambiente e personagens. Assim como em Ikebukuro, Moriarty fez um trabalho maravilhoso nesse começo e eu inicio essa postagem elogiando a ambientação e direção que foram impecáveis aqui! As cenas mais tensas, juntamente com a fotografia e uma trilha sonora excepcional, sabem o que precisam fazer para dar impacto. A cena pós abertura é fabulosa por isso. Totalmente em vermelho, a névoa, os takes em estátuas horripilantes e uma criança correndo desesperada enquanto foge de algo/alguém ficou perfeita. Foi um dos meus momentos favoritos do episódio.

Todo esse segmento que serve para o caso é muito angustiante. Por ele você já consegue ter uma noção do que aquela criança passou. Não mostram quase nada do ato e isso é ótimo. Eles conseguem de deixar enojado com o cara, agoniado (…), sem usar de ações explícitas. Adoro quando obras conseguem provocar essas emoções sem evidenciar a brutalidade. Depois vem otaku defender estupro de mulher sendo mostrado de forma sugestiva e eu que sou o lacrador (Na verdade sou hahaha). Eu mereço… Eu não tenho palavras para descrever o quão maravilhosa é essa sequência. O encerramento dela é de deixar com o c* na mão. Um amigo comentou que ficou se sentindo um tanto mal com o que viu, porque ele não esperava por aquilo. Eu nem sonhava que Moriarty fosse conter cenas do gênero. As poucas coisas que sabia é que a obra focava no antagonista do Sherlock e que tinham mistérios nela, mas nada tão cru como eu encontrei aqui. Foi chocante e satisfatório pela forma que foi retratado (ao menos aqui).

À respeito do restante do caso, ele é muito bem conduzido. Toda a linha de pensamento é muito bem apresentada pelo Moriarty. A investigação feita por ele é muito palpável e gosto dos recursos visuais usados para exemplificar e esclarecer a linha de pensamento seguida por ele. Aproveitando, o caso usado para dar início a história é muito bom, porque ele mostra um pouco do que vamos encontrar aqui e como é aquela realidade dos anos de 1900. As divisões sociais e os abusos que ocorrem por esses lados distintos.

Falando dos personagens, conseguiram introduzir o Louis e o Albert, mas sem dúvida alguma, o destaque foi para o próprio Moriarty. Gosto do personagem e dessa perspectiva diferente que a obra trabalha com ele. Uma das únicas coisas que sei sobre “Sherlock” é que o Moriarty é o antagonista e essa obra ter a perspectiva dele, é muito interessante, fugindo daquilo que estamos habituados, que muito ver essa visão do mocinho. O Moriaty considera o mundo distorcido e ao que tudo indica, ele seguirá investigações e ‘concedendo’ a oportunidade de vingança para vítimas de outros crimes, assim como foi neste episódio. O personagem demonstra ser muito perceptível com as coisas que acontecem, dado que rapidamente conseguiu ligar todos garotos vítimas do assassino e traçar uma rota de entendimento para a situação.

Quanto aos outros dois, William e Albert, eles me vendem carisma, por mais que tenham sido pouco explorados no episódio. A única coisa mais certa é que ambos possuem algum laço com o Moriarty, seja de parentesco ou amizade. Todavia, ainda é cedo para dizer qual é a função deles, o que eles pensam e suas visões de mundo. A princípio, seus ideais de solução para crimes parecem ir de encontro com seu amigo, porém, quero conhecer mais deles e sente diante disso. Ainda teremos mais personagens sendo introduzidos, como o Sherlock e me deixa animado. Fico curioso para como será essa interação, ainda que estaremos vendo o lado oposto ao do ‘mocinho’ da história. E não posso esquecer de comentar o character design, que trouxe muitos homens lindos para serem apreciados e estou sedento esperando Doujinshis deles *_*

Voltando a falar da ambientação, gosto do trabalho de cores que houve aqui. Já mencionei a cena usando vermelho, mas outra de destaque é quando o Albert visita o alfaiate. O ambiente todo é trabalhado em tons acinzentados, cores mais frias e sólidas, dando um ar de tristeza, desespero, solidão. É somado ao quão abalado o alfaiate está pelo assassinato do seu filho. A direção fez um trabalho incrível em conseguir passar esses sentimentos na cena em questão e posteriormente, voltam a fazer takes maravilhosos com a vingança do cara. Ele pegando a tesoura, os tons de vermelho vibrante, destoando do restante das cores, é fabuloso.

Na parte técnica eu não tenho o que reclamar, mas não posso deixar de demonstrar preocupações, dado que a Production IG está com outros dois animes nessa season: “Noblesse”, que já deve estar com a produção concluída, e “Haikyuu!!”. É aqui que mora o perigo. No momento que essa postagem for ao ar, já foi lançado o segundo episódio dessa temporada de Haikyuu!! e vocês devem ter se deparado com alguns prints de quadros do episódio que estavam tortos, bugados e/ou mal desenhados. Pois bem, esse episódio 2 de Haikyuu!! foi terceirizado para outro estúdio. Para a Production IG ter que fazer isso, é porque não devem estar com um calendário bom. Eu não estranharia se do nada algum episódio de Moriarty ficar com a animação terrível, ainda mais que vão ser 20 e tantos episódios divididos em 2 cours. O medo reina hahaha.


Para quem não sabe, o mangá da obra é publicado no Brasil pela Panini desde julho do ano passado. Fiquei sabendo da existência do título depois da Panini anunciar a obra em março de 2019. Na época eu até tinha criado interesse nele, porém não tinha dinheiro e sabia que não iria demorar muito para os volumes começarem a esgotar, afinal estamos falando da Panini. Depois dessa estreia, fiquei interessado em conhecer o original, entretanto o volume 1 já está esgotado sendo vendido à preços exorbitantes -_-… Sassuga Panini, NUNCA DECEPCIONA XP. De toda forma, como não poderei ir para o mangá, seguirei acompanhando a animação e vendo para onde ela vai. Espero que pelo menos a qualidade do roteiro se conserve durante sua exibição ^^

EDIT: Na verdade, os volumes de “Moriarty” estão disponíveis no site da Panini, não vou apagar o trecho do texto para não alterá-lo em sua forma. De toda forma, peço desculpas pelo equívoco.

Amo uma referência!

8 comentários em “Yuukoku no Moriarty (Moriarty the Patriot/Moriarty: O Patriota) #1 – Primeiras impressões

  1. Eu posso dizer que simplesmente adorei a animação e a forma com que a fotografia foi trabalhada. Porém, estranhei muito o fato de diferentemente do mangá, a animação já introduzir os personagens principais já formados e adultos. No mangá a introdução se dá aos poucos, mostrando os personagens em suas infâncias e tendo suas personalidades sendo moldadas no decorrer da história. Isso faz com que seja possível entender melhor as características psicológicas e os motivos da repulsa pela nobreza que move o protagonista.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Me falaram que esse primeiro episódio é original. Eu adorei a introdução que a animação fez, é bem instigante e a forma que procede os episódios seguintes, encaixa muito bem. Acredito que seja mais estranho para quem leu o mangá primeiro e foi para o anime, de toda forma. Eu amei hahaha.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s