Higurashi no Naku Koro ni (2020) (Higurashi: When They Cry – 2020) #1 – Primeiras Impressões

EDIT: o autor desse post saiu do LD. Por diversos motivos, estaremos atribuindo a autoria desse post para outro usuário. Mas que fique registrado que o autor desse post não está mais na staff do blog.

Essa semana finalmente começa a temporada de outono e logo no primeiro dia de Outubro tivemos Higurashi no Naku Koro ni (2020) (Higurashi: When They Cry – NEW)! Hoje sou eu, Tiny, que vou fazer as primeiras impressões que tive com esse episódio de Higurashi. Espero que gostem da leitura.

Sinopse:“Keiichi vai morar com sua família. A cidade havia passado por uma disputa política, entre líderes da cidade e políticos interessados em construir uma represa, que destruiria toda a vila, tirando seus moradores dali. No entanto, envolto em muito mistério, a obra nunca foi para frente e a vila se manteve intacta.”

Devo dizer que com certeza não era nada do que eu estava esperando. Quem viu o post da lista dos animes que vamos assistir sabe que eu estava com as expectativas lá em baixo pra esse anime. Eu realmente estava esperando um lixo completo. Sou obrigado a contar aqui que eu me surpreendi bastante em diversos aspectos e como eu jurava que ia começar a temporada sendo o primeiro a ver algo que parecia uma grande porcaria, eu não tinha esperanças de que poderia ser algo decente. Contudo, não posso dizer que Higurashi foi um bom início de temporada.

Personagens e História

No início temos o protagonista saindo de sua casa e indo pra escola com uma das garotas que moram próximo. Por se tratar de uma cidade pequena, vemos pouquíssimas casas e uma quantidade minúscula de pessoas. Dá a entender que todo mundo ali meio que se conhece, como se fosse bem do interior mesmo. O protagonista Keiichi Maebara é bem básico. Uma personalidade animada e que tenta ajudar suas amigas. Parece ser um protagonista bem típico e simples, basicamente feito par o espectador ir acompanhando os sofrimentos futuros. Além dele, temos mais 4 garotas apresentadas. Rena Ryuuguu é a “kawaii” do grupo, Mion Sonozaki é a mais velha responsável e Rika Furude e Satoko Houjou, as mais novas dos amigos, sendo a primeira a mais quietinha e fofa com a segunda mais animada e enérgica. Os personagens funcionam bem apesar de serem bem simplórios e bobos. Eu vejo que há uma química com uma relação bem interessante e convincente entre eles. Conforme o avançar do episódio, o protagonista começa a perceber que algo de estranho ocorreu naquela cidade e ao perguntar para suas duas amigas (as mais velhas), todas respondem de uma maneira muito direta e grossa, o que deixa Keiichi desconfiado. Aí conseguimos observar que o protagonista talvez tenha uma mudança em suas atitudes mais descontraídas, se tornando mais desconfiado.

Direção, Design e Animação

Se tem algo horrível nesse anime é a animação. Em diversas partes vemos como parece ser feito de uma maneira porca e às pressas. A falta de proporção, a movimentação nada fluida e os personagens bem travados deixam a qualidade visual do anime bem ruim. Se foi isso que vi da animação desse primeiro episódio e tivemos essa qualidade horrenda, não quero nem imaginar como vão prosseguir nos próximos quando realmente tiverem cenas que necessitam de maior cuidado e qualidade. O design dos personagens eu não gostei. Conversando com o Alê na equipe ele disse que gostou por conta do esquema de reflexo que fizeram com os personagens. Quanto a mim, eu acho isso pouco. Os personagens não são malfeitos, mas são ruins. Não tem absolutamente nada de mais em nenhum visual. Agora ao terminar o episódio percebi que estava bem confuso, porque elas além de estarem na mesma sala dos maiores, tinham expressões que se assemelhavam mais a de adolescentes do que de crianças em si. A única coisa que mudava era o tamanho. Nem a voz era tão característica de uma criança. De fato pareciam “adolescentes rebaixados” (A questão da sala ocorre porque eles vivem numa cidade MUITO pequena, então não tem gente suficiente pra formar nem uma sala direito, então juntam todo mundo, mesmo tendo idades diferentes). A direção de Higurashi precisa ser apontada como boa e competente, pois trata de criar um mistério com uma ambientação de tensão, mesmo quando não acontece nada. A forma como o anime é feito e como as cenas se sucedem, te deixam preocupado e ansioso. Tudo tem um ar de suspeito e todo mundo parece estar escondendo algo. O foco que dão quando respondem a pergunta do protagonista sobre ter ocorrido alguma violência naquela cidade deixa o espectador sem reação. A direção nesse quesito tem de ser elogiada.

Trilha Sonora e edição

As músicas apresentadas no primeiro episódio foram muito boas. Já que o material original se trata de uma Visual Novel, eu achei que a trilha sonora realmente lembrava muito uma ambientação de um jogo, e de fato são legais. Provavelmente eu vou procurar ouvi-las assim que o anime acabar. O ruim da trilha foi a forma como ela foi colocada. Dá pra sentir que nesse aspecto ficou meio atrapalhado, começando e terminando muito de repente. O episódio teve uma edição de som meio precária.

Primeiras Impressões

Estou surpreso pelo anime não ser uma completa porcaria, mas não significa que foi bom. Meus elogios se dão mais a parte técnica, mesmo esta tendo escorregado em pontos que eu comentei acima. A direção realmente é boa e passa a sensação que o anime propõem. Contudo, tem muitas confusões acerca do primeiro episódio,. O anime não deixou claro a idade das meninas menores. As vozes e os designs não ajudaram muito na distinção. O Kaio jogou o início da visual novel e explicou sobre as meninas mais novas. Se não fosse essa ajuda, eu realmente ia ficar confuso. Durante o episódio há uns “saltos” de tempo muito mal colocados. Deixa a cronologia do anime muito perdida. Num segundo estão na escola, no outro já é final de semana e os amigos combinaram de saírem juntos. O que eu mais gostei desse episódio foi o finalzinho, em que aparece uma das garotas com uma faca atrás do protagonista. O estúdio decidiu fazer durante um segundo uma cena excelente em que uma das meninas mais novas está olhando fixamente para a cena do “assassinato que vai ocorrer”. A animação e a direção fizeram um trabalho excelente, pena que dura bem pouco. Apesar de ter algumas confusões e algumas partes do anime terem um ar bem bobo, parece que a história vai se desenvolver de uma maneira interessante daqui pra frente. Vou continuar acompanhando para ver se minha opinião final muda, porque por ora, eu diria que é algo mediano.

4 comentários em “Higurashi no Naku Koro ni (2020) (Higurashi: When They Cry – 2020) #1 – Primeiras Impressões

  1. Eu me surpreendi com o anime também, mas foi como ele quebrou totalmente minhas expectativas negativamente sendo que elas já eram baixas. Mas o que eu poderia esperar de algo vindo da passione? kkkk

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s