Lista de animes que iremos assistir na Temporada de Outono de 2020

Vejamos o que tem de bom (e ruim) na próxima temporada.

Olá meus queridos. Dessa vez vamos com uma postagem “diferente”. Uma lista com os animes que iremos assistir em determinada temporada. Para nós é algo novo, mas vocês já devem estar cansados de ver isso em TODO site, em TODO YouTuber que fala de animes por aí. Então aqui, ao invés de fazermos um guia pensando em sugestões para o que vocês possam assistir, nesta postagem comentaremos nossas expectativas com cada um dos animes que iremos ver e fazer primeiras impressões, e posteriormente, a review final ^^

Essa postagem foi uma sugestão do @great2801 e como gosto/me sinto tentado a atender sugestões e pedidos de vocês, elaboramos essa lista às pressas haha. Vale dizer que essa postagem devem acabar indo ao ar pouquíssimos dias antes da temporada vigente começar, porque nós escolhemos os animes bem em cima da hora na espera de mais informações ou de todos os trailers saírem. Vamos lá ^^


  • 100-man no Inochi no Ue ni Ore wa Tatteiru:

Sinopse: “Yotsuya Yuusuke junto com seus colegas Shindou Iu e Hakozaki Kusue foram transportados para um mundo estranho e desconhecido, habitado por criaturas mitológicas. Assim que chegam, encontram alguém que se chama o Game Master, que então lhes concede uma missão limitada no tempo. Para ajudá-los nessa busca, ele também concede a Shindou e Hakozaki os papéis de Mago e Guerreiro, enquanto Yotsuya recebe aleatoriamente o papel de… Um Fazendeiro ?!
É assim que uma vida agitada de aventuras começou para três estudantes que agora não têm escolha, mas para completar missões aleatórias por várias fases no mundo da fantasia, se eles querem permanecer vivos e proteger o mundo real dos demônios e monstros que encontram.”

Responsável pelo anime: Alê

ALÊ: Essa é a cota ‘isekai’ da temporada (em alguns lugares consta como isekai, outros apenas como fantasia), mas ele poderia ser um bom anime. Assim que li “fazendeiro” na sinopse, eu já imaginei muitas possibilidades de piadas e tudo mais, porém, a vida não é feliz e pelo que aparenta, tanto pelas capas e alguns pedaços do trailer, essa bagaça vai querer ter uma roupagem “séria”, provavelmente indo para ‘DARK’ como tantos outros. Só consigo pensar nele sendo ruim. Talvez tenham ideias boas, a premissa de um dos personagens ser um fazendeiro é muito promissora e irá depender muito de como a obra quer trabalhar e o teor que ela quer contar em sua proposta.


  • Adachi to Shimamura:

Sinopse: “Adachi e Shimamura passam o tempo jogando Ténis de mesa no ginásio da escola, ou a falar sobre a sua série de TV favorita ou comida, enquanto pensam uma sobre a outra.”

Responsáveis pelo anime: Rose e Alê

ALÊ: A produção desse anime vai ser tão triste… Tezuka Production (estúdio responsável pela animação) só vem fazendo trabalho meia boca, como por exemplo, a primeira temporada de “Go-Toubun no Hanayome”. Pelos trailers, a produção está muito limitada, tem inconsistência e quadros estranhos para todo lado e o que mais me preocupa: ângulo sugestivo. Tem uma cena que basicamente mostram de cima para baixo, com foco nos peitos de uma das personagens, o que levanta o sinal de alerta, porque o material original aparenta ser um GL bem leve e gostoso de acompanhar e temo dessa perda da essência da obra para dar espaço para ecchi… Todavia, ainda tenho boas expectativas e quero acreditar que o maior dos problemas será a produção e se preparem… Chuto que a coisa mais bonita desse anime serão os visuais somente.

ROSE: Honestamente, também estou preocupada com a produção de “Adachi to Shimamura”. A animação dos trailers parece bem mediana. Algumas vezes ela é bonita e agradável, outras é travada e torta. O ecchi aparenta ser um elemento da própria adaptação (apesar de não ter lido o material original – a Light Novel – o manga não apresenta esses ângulos estranhos e sugestivos), o que me deixa incomodada com o anime. Sobre o designer das personagens, não há nada de original nele, mas é bem fofo e suave – o que combina perfeitamente com a atmosfera da obra. Por se tratar de um GL, espero ver um romance leve e bem “água com açúcar”. O que me preocupa são as partidas de pingue-pongue, não só pela animação, mas também por acreditar que o diretor possa buscar alguns fanservices nessas cenas. Em conclusão, minhas expectativas são medianas com essa adaptação. Espero que esse anime me surpreenda.

RUB: Estou arriscando a ver esse anime com esperança de que sai algo bom. O trailer não me convenceu e o estúdio não tem um bom histórico. Em resumo, estou na espera de um milagre aqui. xP

KAIO: Parece ser um shoujo fofo!

TINY: Minha experiência com o estúdio Tezuka Productions não é das melhores… Apesar de aparentar ter uma animação e uma direção que não passam do mediano, acredito que posso aproveitar a obra pelo enredo. Tem cara de ser fofo, bonitinho e leve de se assistir. Espero adorar as personagens e que tenha uma boa relação entre as duas, além de um ambiente divertido. Será um passatempo divertido e interessante. Estou com expectativas de que seja algo que vou aproveitar, no qual o tempo dos episódios me deem a sensação de estarem passando rápido.


  • Akudama Drive:

Sinopse: Muito tempo atrás, os países Kantou e Kansei entraram em uma guerra que dividiu o mundo. No fim do conflito, Kansei se tornou uma região vassala de Kantou. Porém, o governo e a polícia de Kansei negaram estar nessa situação e isso fez com que o crime se tornasse generalizado na região. Esses criminosos eram chamados de Akudama.

Responsável pelo anime: Kaio

ALÊ: Eu vou dizer a verdade: eu só peguei esse anime por causa da paleta de cores. Sim… Eu lembro que vi um dos visuais da animação e achei lindo o jogo com as cores, luzes e sombra. Uma pena não poder dizer muito disso pelo PV, que não me inspira confiança, ainda mais por estarmos falando da Pierrot (Naruto), então estou em mente que a produção não será essas coisas. E por algum motivo, o roteiro não me inspira confiança e parece que será uma bagunça. Não boto fé, mas verei qual é a dele.

TINY: Achei a capa do anime bonita e aparenta ter uma ambientação legal. Entretanto, o trailer não me chamou nada a atenção. Talvez eu esteja pegando algo que eu vá achar ruim só pra ter um gostinho masoquista e poder sair falando o quanto eu odiei depois? Talvez… Porém, o visual puro me agradou. Conhecendo a Pierrot, que já vi obras grandes do estúdio (Naruto e Bleach), vai ser um desastre no que tange a animação e talvez até a direção seja horrível. Enfim, expectativas baixíssimas.

KAIO: O responsável pelo anime é a Pierrot que praticamente que não assisti nada deles, mas conheço a reputação do estúdio de ter uma animação não muito boa e não me deixou muito animado. O roteirista é o mesmo de Danganronpa e conhecendo a reputação da pessoa, tem chances de que valha a pena.


  • Assault Lily: Bouquet:

Sinopse: “Em um futuro próximo, a humanidade enfrenta destruição iminente de criaturas misteriosas conhecidas como “Enorme”. O mundo faz guerra contra o Enorme, e desenvolve o anti-arma “CHARM” (Counter Huge Arms), combinando ciência e magia. O CHARM funciona mais efetivamente quando usado por meninas adolescentes, e aqueles que usam as armas são reverenciados como “lírios”. Os Lírios são treinados em academias militares chamadas “Jardins”, que também servem de base para proteger e aconselhar as pessoas. Esta é uma história sobre meninas que pretendem se tornar lírios para que possam proteger a Terra.”

Responsável pelo anime: Rub

ALÊ: Garotas fofinhas em guerra contra alguma coisa. Assim, foram poucos animes da SHAFT que já vi e esse daqui não me desperta muito interesse. Verei sim, porém eu sinceramente não sei o que esperar. Me preocupa também a produção do anime. A SHAFT está trabalhando com uma quantidade considerável de projetos e o estúdio tem um problema de cronograma que já vem de antes da pandemia, e somado agora, pode acabar tendo problemas no percurso do anime. De toda forma, espero pouco e torço para que, ao menos, esse “pouco” seja atendido.

RUB: Eu tenho um fraco pelo estúdio Shaft (a P.A. Works também) e certamente darei uma chance para qualquer produção feita pelo pessoal de lá. O enredo tem uma mistureba de conceitos de animes de sucesso do passado e o PV não é muito chamativo. Porém, ainda darei uma chance só para matar minha curiosidade.

TINY: Vi a capa e as garotinhas fofinhas me chamam atenção. O gênero me deixou intrigado e o trailer com musiquinhas me deixaram animado para assistir. Não sei como o enredo e seu desenvolvimento vão me prender. O estúdio é conhecido por Madoka Magica, que não me agradou muito visualmente falando (apesar da obra ser boa), então não tenho expectativas muito altas quanto a animação. Sinto que vou gostar do anime, na medida do possível.


  • Dragon Quest: Dai no Daibouken (2020):

Sinopse: “Após a derrota do lorde demônio Hadlar, todos os monstros foram libertados de sua vontade maligna e se mudaram para a ilha de Delmurin para viver em paz. Dai é o único ser humano que vive na ilha. Tendo sido criado pelo bondoso monstro Brass, o sonho de Dai é crescer e se tornar um herói. Ele se torna um quando Hadlar ressuscita e o herói anterior, Avan, vem treinar Dai para ajudar na batalha. Mas Hadlar, anunciando que agora trabalha para um lorde demoníaco ainda mais poderoso, vem matar Avan. Para salvar seus alunos, Avan usa um feitiço de auto-sacrifício para atacar, mas é incapaz de derrotar Hadlar. Quando parece que o outro aluno de Dai e Avan, Pop, está condenado, uma marca aparece na testa de Dai e ele de repente ganha super poderes e é capaz de afastar Hadlar. Os dois estudantes partem em uma jornada para vingar Avan e trazer a paz de volta ao mundo.”

Responsável pelo anime: Tiny

TINY: Um remake do clássico que fez a infância de muitos nos anos 90! Admito que não vi, então achei uma boa oportunidade pra acompanhar e começar a entrar nesse universo agora. Pelo trailer parece uma produção interessante, com músicas legais e um mundo divertido de se acompanhar, mas a Toei é um estúdio que consegue errar muito. Não conheço nada de Dragon Quest, mas espero ser pelo menos algo divertido de se passar o tempo.


  • Eternity: Shinya no Nurekoi Channel ♡:

Sinopse: Adaptação para anime de 12 obras românticas do selo mangá Eternity Books.

Responsável pelo anime: Alê

ALÊ: Peguei esse por gostar de romance, mas acho que entrei em uma furada XD. São 12 contos e cada um irá durar 1 episódio apenas. Não sei a duração de cada episódio, mas parece MUITO aqueles animes de 5 minutos da Comic Festa, que focam só em sexo… Isso me preocupa, porque pode conter uma história pior que a outra. Entretanto, ainda manterei um voto de confiança, mesmo com a produção do animação parecer estar precária. Os diretores praticamente só tem experiência com ecchi/hentai. As chances de dar errado são muito grandes, mas veremos…


  • Golden Kamuy 3rd Season:

Sinopse: A obra conta a história de Sugimoto, um combatente que sobreviveu a guerra russo-japonesa, que ocorreu em Hokkaido, ao norte do Japão. Levando o apelido de “O invencível Sugimoto” o protagonista parte na corrida do ouro em busca de ajudar a esposa viúva de seu amigo de guerra, que havia falecido em combate. Durante uma viagem em busca do ouro, ele encontra uma pista para o esconderijo de um grupo de ladrões. Acompanhado de Ainu, uma garota que havia salvo sua vida, uma vez que não era acostumado ao brusco tempo que havia lá, eles correm contra o tempo para sobreviverem aos tais criminosos.”

Responsável pelo anime: Rub

RUB: Terceira temporada de Golden Kamuy e tenho curiosidades de como a busca dos protagonistas pelo ‘tesouro perdido’ vai prosseguir. A comédia do anime acho hilária (mesmo nonsense) e a Asirpa é a melhor personagem. Estou com expectativas boas para o retorno dessa obra.


  • Haikyuu!!: To the Top 2nd Season:

Sinopse: “Um evento do acaso despertou o amor de Hinata Shouyou por voleibol. Seu clube não tinha membros, mas de alguma forma perseverou e finalmente chegou ao seu primeiro e último jogo normal do ensino fundamental, onde ele foi atropelado por Kageyama Tobio – um jogador exemplar conhecido como “Rei da Quadra”. Desejando vingança, Hinata entrou no time de vôlei do Colégio Karasuno para enfrentar seu odiado rival, Kageyama!. Contudo ele não imaginava que acabaria no mesmo time de Kageyama.”

Responsável pelo anime: Tiny

RUB: Só digo uma coisa: ASSITAM HAIKYUU! Vai e confia meu jovem.

TINY: EXPECTATIVAS ESTÃO À MILHÃO AQUI!!! Eu amo Haikyuu! num nível enorme. Até agora a animação, direção, dublagem e a história não decepcionaram em nada. Eu já li a parte que o anime vai adaptar no mangá e no que tange ao jogo, e é simplesmente excepcional. Provavelmente os 12 episódios vão adaptar apenas o jogo da Karasuno contra a Inarizaki, que é o maior jogo do mangá. Se continuar do jeito que as coisas estavam na última temporada, possivelmente teremos o melhor da temporada pra mim aqui, sendo uma nota 10 fácil (expectativas bem altas, não?).


  • Hanyou no Yashahime: Sengoku Otogizoushi:

Sinopse: “As filhas de Sesshoumaru e Inuyasha embarcam em uma história que transcende o tempo!
No Japão feudal, os gêmeos semi-demônios Towa e Setsuna são vistos separados um do outro durante um incêndio na floresta. Enquanto tenta desesperadamente encontrar sua irmã mais nova, Towa acaba encontrando um misterioso túnel que a transporta para o Japão atual, onde encontra o irmão de Kagome Higurashi, Sota, e o resto de sua família, que será responsável por criar Towa. Dez anos depois, o túnel que liga duas épocas diferentes reabre, permitindo que Towa se reúna com Setsuna, que agora se tornou um caçador de demônios trabalhando para Kohaku. No entanto, para surpresa de Towa, Setsuna parece ter perdido todas as memórias que ele tinha de sua irmã mais velha. Junto com Moroha, filha de InuYasha e Kagome, as três jovens viajam no tempo por duas épocas diferentes, a fim de recuperar um passado perdido.”

Responsáveis pelo anime: Alê e Rose

ALÊ: Hype!!! Essa é uma das minhas hypes da temporada, embora eu ainda tenha meus receios, que podem ser resumidos em: provavelmente a mãe das filhas do Seisshomaru é a Rin. Isso é muito errado e não tenho palavras para descrever minha indignação. Por que, Rumiko??? Por quê? Mas enfim, ainda fico animado porque bem, eu sou uma verdadeira cadelinha de “Inuyasha” e é um dos animes que mais já revi nessa vida. Bons tempos da minha infância… Eu era muito viciado e ainda sou muito fã da obra, então estou muito animado para essa sequência. É uma adaptação para agradar? Claramente. Tem tudo que fã quer. Tem filhos, tem Mulher Centopeia, tramas e personagens da série principal aparecendo aqui e ali, mas não deixo de ficar feliz (?!) com a nova animação ^^

ROSE: é uma obra que estou na espera desde seu anúncio! Inuyasha foi um anime importante para mim e marcou minha pré-adolescência como também foi um dos motivos principais para me tornar uma otaku (junto de Sailor Moon e Sakura Card Captors), por isso tenho expectativas gigantescas com essa continuação. A animação está linda! O designer dos personagens da Rumiko sempre serão meus preferidos e as cores são tão agradáveis e perfeitas para a atmosfera de aventura e ação desse anime. Estou tão ansiosa!!!! Bom, sobre o Sesshomaru e Rin, também tenho meus receios. No entanto, é canon que os dois só ficaram juntos depois que a Rin alcançou a maioridade. Sesshomaru só se declarou para ela em seu aniversário de 18 anos (de acordo com o CD-Drama “O Dia Depois do Amanhã”). Então não tenho nenhuma reclamação sobre isso. Enfim, minhas expectativas estão nas alturas!!!!


  • Higurashi no Naku Koro ni (2020):

Sinopse: “Keiichi vai morar com sua família. A cidade havia passado por uma disputa política, entre líderes da cidade e políticos interessados em construir uma represa, que destruiria toda a vila, tirando seus moradores dali. No entanto, envolto em muito mistério, a obra nunca foi para frente e a vila se manteve intacta.”

Responsável pelo anime: Tiny

TINY: Parece que só eu na equipe vou ver isso. Sinto que a desgraça desse anime vai cair toda pra mim, viu…


  • Ikebukuro West Gate Park:

Sinopse:Ikebukuro West Gate Park é um drama urbano que se passa no elegante bairro de Ikebukuro em Tóquio. A história gira ao redor de Mokoto, um dos membros da gangue G-boys. Mokoto, normalmente hábil em contornar situações difíceis e manter seus amigos fora de perigo, é obrigado a lidar com mais do que ele pode aguentar. Sua nova namorada acaba de ser assassinada e uma guerra por território está aumentando a tensão entre gangues rivais.

Responsável pelo anime: Alê (talvez seja impressões semanais)

ALÊ: HYPE!!! Essa talvez seja a minha maior hype da temporada, até por isso tenho interesse de fazer impressões semanais. Vai depender se terei assunto para comentar em todos os episódios. Espero que sim e que a história seja boa, porque aparenta ser o tipo de trama que eu irei adorar. Um dramão bem construído é tudo que eu preciso (nem sei se o anime tem drama XD). A staff de “Yesterday wo Utatte” está toda aqui, só desejo que não deslanche na reta final do anime, como foi no fim da produção passada.

KAIO: Gosto da Doga Kobo, gostei do que fizeram em “Yesterday wo Utatte” e aqui temos outro anime com uma pegada mais seria. Estou com boas expectativas.


  • Iwa Kakeru!: Sport Climbing Girls:

Sinopse: “Tente um novo centro de escalada com garotas que competem em escalada esportiva, especialmente escalando paredes construídas artificialmente, enquanto fazem pleno uso da mente e do corpo. A estudante do primeiro ano do ensino médio, Konomi Kasahara, descobriu esse esporte na Hanamiya Girls ‘High School depois de treinar sua mente com jogos de quebra-cabeça durante o ensino médio. Sua vida mudou no momento em que ela tropeçou na parede de escalada de sua nova escola, o que a levou à equipe de escalada da escola.”

Responsável pelo anime: Tiny

RUB: Bora arriscar em mais um anime que tem uma cara de ser muito merda.

TINY: Pra ser bem sincero, isso parece ser uma porcaria, mas eu vou ver. Quem sabe não me surpreendo… (duvido, e muito).


  • Jujutsu Kaisen:

Sinopse:Sofrimento, arrependimento, vergonha: os sentimentos negativos dos humanos tornam-se Maldições que assolam o nosso dia-a-dia. Maldições avassalam o mundo todo, levando as pessoas a sofrer terríveis acidentes, levando até mesmo à morte. E pra piorar, Maldições só podem ser exorcizadas por outras Maldições.
Itadori Yuji é um garoto com tremenda força física que leva uma vida colegial absolutamente normal. Certo dia, para salvar amigos que estavam sendo atacados por Maldições, ele engole o dedo do Ryomen-Sukuna, absorvendo sua Maldição. Desse momento em diante, Gojo e o Ryomen-Sukuna compartilham o mesmo corpo. Orientado pelo mais poderoso dos feiticeiros, Gojo Satoru, Itadori se matricula no Colégio Técnico de Feitiçaria de Tóquio, uma organização que combate as Maldições… e assim começa a heróica lenda do garoto que tornou-se uma Maldição para exorcizar uma Maldição, uma vida da qual ele nunca mais conseguirá se desvencilhar.

Responsáveis pelo anime: Rub e Alê

ALÊ: Shounen da JUMP, é isso que eu espero para ele. A história deve ser básica, mas torço por um básico bem feito. O que eu gosto mais são as sombras das roupas dos personagens. Há um boato de que o anime terá 22 episódios, o que já me fez olhar torto para ele e ficar preocupado com a produção. Faz mais de 2 anos que a MAPPA não faz um anime de 20 e tantos episódios SOZINHA (o último foi “Banana Fish”. “Dororo” que saiu entre janeiro e junho foi feito em parceria com a Tezuka Productions). Eles estão com projetos demais. Até com 2 animes nessa temporada e por mais que pareça estar adiantada, não sei se o estúdio aguenta as pontas (por mais que aparentam estar melhor organizados do que no ano passado).

RUB: Um shounen bem basicão. Pelo menos na animação, o anime vai ser um destaque nessa temporada graças a equipe de produção que está coordenando o projeto. Se vai ser bom, aí é outros quinhentos.

TINY: Pela sinopse, parece ser algo meio chato. Mas o trailer deu uma animada e realmente parece ser uma obra no mínimo divertida de se assistir. No fim, ele não deve passar muito de um shounen de porrada e lutinha mesmo, mas caso ele se utilize bem dos clichês, tenha personagens legais, uma boa trilha sonora e animação, creio que pode ser uma obra de sucesso. Minhas expectativas pra esse anime se resumem a uma palavra: Shounen.

KAIO: E o shonen hypado da temporada, então com certeza vai fazer sucesso. Não tenho muita expectativa, só espero ver uma animação bonita do estúdio MAPPA.


  • Kamisama ni Natta Hi:

Sinopse:Hinata, que acordou como um deus.
Ela previu “o fim do mundo”.
Ela escolhe um jovem solitário.
Quem, como acompanhante,
passará seu tempo com ela até o fim…

Responsável pelo anime: Kaio (talvez seja impressões semanais)

ALÊ: Eu tenho uma preguiça só de olhar para a apresentação visual do anime. Sabe, me soa tudo muito básico, genérico e sem sal. Parece ser um dramalhão que não vai me convencer e eu vou achar extremamente forçado. A dubladora da garota protagonista tem uma voz muito irritante. O autor desse negócio aparenta não ter um bom histórico com suas histórias (embora meio mundo ame os animes deles). Se ele me irritar demais, é capaz de eu fazer uma postagem extra só reclamando. Mas enfim, torcendo para ser decente e ter coisas interessantes, porque ao menos por hora, a coisa mais atrativa para mim é o dublador do protagonista masculino.

RUB: estou indo ver só por causa que o estúdio que está fazendo essa obra é a P.A. Works. Não sou tão fã das histórias que o Jun Maeda lidera com a empresa Key, porém vou dar uma chance. Só não quero um drama barato e forçado.

KAIO: É uma historia original do Jun Maeda. Gosto bastante dos outros animes que ele fez, então só por isso, já é uma das minhas maiores hypes da temporada. A premissa me parece interessante. Provavelmente não vou chorar, mas devo gostar de assistir, assim como foram com os outros animes que vi deles.


  • Kimi to Boku no Saigo no Senjou, Aruiwa Sekai ga Hajimaru Seisen:

Sinopse:Há uma grande guerra há anos entre o Império cientificamente avançado e Nebulis, o reino das meninas mágicas – até o cavaleiro mais jovem a receber o título de mais forte do Império encontra a princesa da nação rival. Embora sejam inimigos jurados, o cavaleiro é tomado por sua beleza e dignidade, e a princesa é movida por sua força e modo de vida. Será que a briga entre eles poderá terminar?

Responsável pelo anime: Alê

ALÊ: Essa é a cota Kirito x Asuna genérico. Olhem para os dois protagonistas! São a cara dos dois, copiados descaradamente!! Mas por algum motivo, o anime ainda consegue me vender algum carisma, com um fio de esperança me faz acreditar que a animação possa me trazer sentimentos iguais aos de quando assisti “Rakudai Kishi”, que era um clichê muito bem feito, com cenas de ação muito boas e um casal decente. Eu torço para que esteja certo, porque no demais, não espero mais nada. Se for machista, não vai me surpreender nem um pouco.


  • King’s Raid: Ishi wo Tsugumono-tachi:

Sinopse: “Já se passaram 100 anos desde que o Rei Kyle enterrou Ang Mundo. Agora em tempos de paz, o aprendiz de cavaleiro Kasel aproveita sua vida sem preocupações. Seu destino começa a mudar, no entanto, com notícias de aparições de demônios infestando a vizinhança. Guiado por um homem sábio, Kasel encontra amigos em quem pode confiar e parte em sua missão para buscar uma espada sagrada, capaz de matar seus novos inimigos.

Responsável pelo anime: Alê

ALÊ: Outro que eu peguei por causa de jogo de cores em um visual que vi. Assim, esse é uma adaptação de jogo (tem outro igual que comentarei logo mais adiante) e as chances de isso daqui ser ruim são bem altas. Parece que teremos cenas de ação decentes, então pode não ser de todo ruim. O episódio sendo fluido de assistir já é motivo suficiente para ganhar pontos comigo.


  • Love Live! Nijigasaki Gakuen School Idol Doukoukai:

Sinopse: “Nijigasaki High School está localizada em Odaiba, Tokyo. A escola é popular devido ao seu estilo escolar gratuito e diversos cursos. A história centra-se nos membros do clube de ídols da escola em Nijigasaki, e sua tentativa de impedir que o clube seja abolido.”

Responsável pelo anime: Rub

RUB: Aqui vai falar o meu lado passional. Eu gosto muito da franquia e esse anime era a minha única certeza que iria assistir nessa temporada. Quanto as minha expectativas, só espero que o anime seja decente e mantenha o mesmo nível de suas predecessoras.


  • Kuma Kuma Kuma Bear:

Sinopse: “Yuna, de quinze anos, prefere ficar em casa e jogar obsessivamente seu jogo VRMMO favorito a fazer qualquer outra coisa, incluindo ir à escola. Quando uma nova atualização estranha dá a ela uma roupa de urso única que vem com habilidades superpoderosas, Yuna fica arrasada: a roupa é insuportavelmente fofa, mas muito embaraçosa para ser usada no jogo. Mas então ela de repente se vê transportada para o mundo do jogo, enfrentando monstros e magia de verdade, e o traje de urso se torna a melhor arma que ela possui!”

Responsável pelo anime: Alê

ALÊ: Eu não gosto de animes de garotas fofinhas fazendo coisas fofas normalmente (cof animes da DogaKobo cof). Mas “Kuma Kuma Kuma Bear” me vendeu um certo carisma por parecer ser um fofo que irá me entreter durante seus episódios. Acredito que aqui a direção só precisa acertar a mão para contar essa história, porque a produção é algo que não veremos tão fortemente aqui. A EMT Squared é o estúdio de “Assassins Pride” e já tive um gosto de quando eles pegam animes de ação e, para o azar de “Kuma Kuma”, ele tem cenas desse tipo, então preocupação também é um dos meus sentimentos que estão presentes aqui.


  • Magatsu Wahrheit: Zuerst:

Sinopse:A trama centraliza em dois jovens que vivem no Império Varheit, cujos planos de realocação estão progredindo: um pouco tímido Inumael, que trabalha duro como transportador, e Leokadio, um ingênuo recém-chegado ao Império. Um é um irmão importante e o outro passava os dias na Cidade Imperial pensando em seu futuro como soldado. Por outro lado, no Império, muitos seres humanos já foram extintos do mundo, e a ressurreição da “luz”, o desastre que causou os monstros ferozes no mundo, foi prevista e a mente humana foi devastada. Enquanto isso, o destino de Inumael e Leocadio, e a história do Império, mudam drasticamente como resultado de um contrabando.”

Responsável pelo anime: Alê

ALÊ: Chegamos na outra adaptação de jogo que eu comentei. Esse daqui também parece ser um anime com ação e pelos seus PVs, essas partes estão bem feitas e algumas sequências estão maravilhosas. Igualmente com o outro, se o episódio for decente, o roteiro não fizer muita merda e animação se manter em um bom nível, ele já ganha alguns pontos comigo. Eu peguei esse daqui por me lembrar muito o estilo da TROYCA (Yagate Kimi ni Naru) e eu gosto bastante da cara do estúdio nos seus animes de sombras, olhos e iluminação.


  • Majo no Tabitabi:

Sinopse: “Como viajante, ela encontra muitas pessoas e países enquanto continuava a sua longa jornada. Um país que apenas aceitava mágicos, um gigante amante dos músculos, uma princesa deixada sozinha no país em ruínas e claro temos a história da própria bruxa…”

Responsável pelo anime: Kaio (talvez seja impressões semanais)

ALÊ: Outro que normalmente eu teria fugido por não gostar de animes do gênero. Mas “Majo no Tabitabi” também me vendeu um carisma grande. A protagonista parece ser uma personagem divertida e quero dar uma chance para esse anime. Não ficarei animado justamente por não me atrair por animes desse estilo, mas espero que seja divertido 🙂

RUB: Vou dar uma chance só para ver qual é, mas eu não quero mais um Flying Witch, pelo amor de Deus. Pode ser vagaroso na narrativa, porém não quero algo quase parando.

KAIO: O anine tem uma estética muito bonita e uma premissa que tem muito a cara de algo que eu vá gostar de ver. Lendo cada informação, artes proporcionas e vídeos que foram divulgação, fui me interessando cada vez mais, ao ponto de agora ser uma das minhas apostas da temporada.


  • Maoujou de Oyasumi:

Sinopse: “Shhh! A princesa Syalis está tentando dormir bem à noite. Há muito tempo, quando pessoas e demônios coexistiam, não em completa harmonia, é claro, um rei demônio sequestrou uma princesa humana e a trancou em seu castelo. Despojado, os súditos da princesa pensavam incessantemente em uma solução … até que o herói se levantasse para liderar a missão de resgate da princesa!
Enquanto esperava seu cavaleiro de armadura brilhante, o que uma princesa encarcerada deveria fazer? Os ursos de pelúcia com asas de morcego não são ruins, mas seu celular é muito chato! Então, ela decidirá passar as longas horas dormindo, se ela pudesse se sentir confortável… se ela não sofresse de insônia…”

Responsável pelo anime: Kaio

KAIO: quando eu vi a premissa, me lembrou “Beelzebub-jou no Okinimesu mama.”, que foi um anime que gostei bastante quando vi. Estou com expectativas bem positivas, sem falar que é a Doga Kobo fazendo coisa fofa, então provavelmente vou curtir.


  • Munou na Nana:

Sinopse: “Uma academia em uma ilha em águas inevitáveis. Lá, os alunos treinavam incansavelmente, para lutar contra os inimigos da humanidade. O protagonista, um estudante recém-transferido para lá, também parte com a intenção de erradicar todos os inimigos da humanidade. Uma história de suspense intelectual imprevisível da justiça e do mal.”

Responsável pelo anime: Alê

ALÊ: Esse anime eu fiz QUESTÃO de saltar na frente de todo mundo e querer comentar, porque ele parece ser MUUUUUITO RUIM! Nossa senhora, eu não consigo olhar para nada dele e pensar que pode sair algo bom, sério. Parece um tipo de ruim que vai render boas postagens e boas atiradas de pedra. Adoro isso XD. A produção parece ser ok e pelo que eu vi um amigo comentar, apesar de obra ser ruim (nas palavras dele), esse primeiro episódio será impactante. Então veremos se esse momento terá seus fundamentos e se será o bastante para me chocar.

KAIO: Não sei o que é ou como via ser. Só quero dar uma olhada.


  • Noblesse:

Sinopse: “Raizel acorda de seu sono de 820 anos. Ele detém o título especial de Noblesse, um nobre de sangue puro e protetor de todos os outros nobres. Na tentativa de proteger Raizel, seu servo Frankenstein o matricula na Ye Ran High School, onde Raizel aprende as rotinas simples e cotidianas do mundo humano por meio de seus colegas de classe.
No entanto, a União, uma sociedade secreta que trama para dominar o mundo, despacha humanos modificados e gradualmente invade a vida de Raizel, fazendo-o exercer seu grande poder para proteger aqueles ao seu redor…
Após 820 anos de intriga, os segredos por trás de seu sono são finalmente revelados e a proteção absoluta de Raizel quando o Noblesse começa!”

Responsável pelo anime: Tiny

ALÊ: A expectativa estão lá embaixo, isso porque “The God of High School” não está sabendo fazer o básico para fundamentar sua história e pelo que o @rubnesio comentou, “Tower of God” se perdeu no caminho e nenhum dos dois animes que adaptam manhwas o agradaram (tanto é que o Rub dipensou esse anime). Por isso, não boto tanta fé e dos três animes anunciados até o momento, “Noblesse” é que mais me deu desânimo só de olhar. Ele não parece fugir tanto desses ditos animes com protagonista ‘FODÃO’ e a preguiça já bate. Empurrei o anime para o @tinyygiant XP

TINY: A animação parece ok, os poderes parecem aquele estilo de porrada sem limites e os personagens tem um visual legal… Eu basicamente peguei porque o nome é “estiloso” e tinha uma imagem legal, mas minhas expectativas são bem zeradas quanto a esse anime. Torço pra que me divirta por pelo menos um pouco… Como esse ficou pra mim, vocês vão poder observar como eu vou lidando com ele. Só posso dizer: me surpreenda.


  • Senyoku no Sigrdrifa:

Sinopse: “Os Pilares apareceram subitamente acima da Terra, ameaçando toda a vida. Um deus que se chamava Odin veio em auxílio da humanidade, pois foi levado a uma quase completa derrota. Para combater os Pilares, Odin declarou um contra-ataque deixando a humanidade com as donzelas de batalha Walküres e o “artesanato” como suas asas. Vários anos depois, a batalha entre a humanidade e os Pilares continua, com homens apoiando os Walküres enquanto eles voam pelos céus traiçoeiros para salvar o mundo. O Japão não é exceção. Três Walküres enfrentam o Pilar gigante pairando sobre o Monte sagrado. Fuji. Cada Walküre é habilidoso, mas também possui problemas. E agora, um ás piloto chegou da Europa.
“Agora é a hora de revidar, humanidade. Chegou o dia do acerto de contas. O tempo de Ragnarok se aproxima.”.”

Responsável pelo anime: Rub e Alê

ALÊ: Autor de Re:Zero = hype. Assim, eu não sei ao certo o que “Senyoku no Sigrdrifa” quer me contar, se ele quer ser uma trama mais elaborada (tomara que sim), ou se ele só quer ser um anime com garotinhas pilotando aviões. Eu torço para ser o primeiro, porque o cara tem uma ótima mão para criar e contar histórias. E quando o anime foi anunciado, haviam soltado um visual lindíssimo desenhado pelo ilustrador das novels. Aí saiu o design do anime, fiquei triste porque o A1 Pictures conseguiu deixar sem graça. Acredito que a produção irá enfrentar algumas dificuldades no percurso, porque o trailer não passa uma boa impressão.

RUB: Estou indo nesse aqui só porque o autor de Re:Zero está no meio. Se não tivesse, certeza que eu não pegaria o anime para ver.


  • Taisou Zamurai:

Sinopse: “A história da série se passa no ano de 2002 na outrora poderosa equipe japonesa de ginástica. Shōtarō Aragaki, o ex-membro da equipe japonesa que dedicou sua vida à ginástica, não é mais capaz de competir com suas expectativas. Apesar de ainda treinar arduamente dia após dia, ele é aconselhado a se aposentar pelo seu técnico Amakusa. Contudo, um certo encontro altera o destino de Aragaki.”

Responsável pelo anime: Alê

ALÊ: A MAPPA vai estar com 3 animes nessa temporada (Jujutsu e Shingeki são os outros dois), eu não confio no estúdio e esse anime parece ter sido pegue as pressas por causa das olimpíadas, então dentre os três, esse deve rodar. Tenho 2 comentários para esse anime:

  1. A produção me preocupa por estarmos falando da MAPPA que está com muitos animes;
  2. E o mais importante: eu vou ficar tenso se esse anime for trabalhar de forma ‘séria’ com ginástica, porque não vou conseguir esquecer uma certa cena de “Premonição 5” e que traumatizou minha infância. Vou ficar sempre pensando que alguém vai se foder hahahaha.

TINY: Posso dizer que estou bem hypado pra esse anime. Gosto de anime de esportes e essa é uma ideia bem diferente, algo um tanto quanto inusitado de se ver. Um anime que trata de um esporte diferente, algo que não tem tantas pessoas adeptas e que praticam, então, eu estou bem curioso. Porém, eu não entendo nada sobre esse esporte. Vamos ver se será uma obra interessante que aborde os aspectos, regras e práticas desse esporte, ou se será mais um anime como Days, uma porcaria do mesmo estúdio. Quanto a animação, ela parece interessante. MAPPA tem muitas obras, mas quem viu God Of High School, sabe que pelo menos nesse quesito o estúdio alcançou um nível muito bom de excelência. Enfim, vamos esperar, porque estou MUITO curioso com Gymnastic Zamurai.


  • Tonikaku Kawaii:

Sinopse: “A comédia segue um rapaz chamado Nasa que conhece uma menina “geralmente fofa” chamada Tsukasa no dia dos seus exames de admissão no ensino secundário e imediatamente apaixona-se por ela. Nasa confessa os seus sentimentos, mas a sua resposta é que ela só sairá com ele se eles se casarem. Anos depois, no aniversário de 18 anos de Nasa, ela de repente aparece para se casar. Assim começa o estilo de vida recém-casado de Nasa.”

Responsável pelo anime: Kaio

ALÊ: Parece ser um anime mediano, pendendo mais para o lado ruim do que para bom. Isso vai depender do roteiro e da direção, porque envolve comédia. A produção está com a Seven Arcs, que fez um trabalho muito precário em “ARTE” e não tem bom repertório com seus animes, o que deixa com ainda mais o meu medo de dar ruim.

KAIO: Sendo sincero, só vou assistir esse anime porque o nome internacional tem “moon”. Parece ser uma comedia romântica fofa com uma premissa boba e coisas que eu gosto.

TINY: (O nome dele é NASA??) Parece ser algo divertido e tranquilo de se assistir. Pelo trailer, parece ser algo fofinho que mescla com um humor simples e gostosinho de acompanhar. A sinopse é ok e dá uma impressão de ser uma obra que não vá passar de fato do “mediano”. Vou acompanhar pra ver no que dá e acredito que será uma obra tranquila, mas que com o tempo pode acabar irritando ou sendo muito repetitiva quanto ao humor e aos personagens.


  • Yuukoku no Moriarty:

Sinopse: “O protagonista da história é James Moriarty, o famoso antagonista da série Sherlock Holmes de Sir Arthur Conan Doyle. No mangá, ele é um órfão que assume o nome William James Moriarty quando ele e seu irmão mais novo são adotados na família Moriarty. Quando jovem, ele procura remover os males causados ​​pelo rigoroso sistema de classes da Inglaterra.”

Responsável pelo anime: Alê

ALÊ: Assim, eu olho para “Moriarty” e penso: roteiro mediano, personagens ok e homens gostosos. Me preocupo com a animação, porque Production I.G está com TRÊS animes nessa temporad. “Noblesse” já deve estar concluído, mas estar com “Haikyuu!” e mais algum outro na mesma temporada não inspira confiança. Então considerando que Noblesse deve estar pronto e Haikyuu!! é o foco do estúdio, acredito ser possível que Moriarty rode. Não deve ser um bagaço a animação, mas deve oscilar bastante do miolo para o fim.

KAIO: Tem a ver com Sherlock Holmes. Eu gosto de mistérios e o manga está sendo publicado no brasil, então me deu curiosidade de ver. Não tenho nenhuma expectativa em específico se vai ser bom ou ruim.

TINY: Basicamente eu peguei esse pelo estilo. Parece ter uma trilha sonora legal e o visual é bem bonito. Não parece ser uma obra muito interessante, então, estou com baixas expectativas para esse daqui.


2 comentários em “Lista de animes que iremos assistir na Temporada de Outono de 2020

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s