Principais informações da live da NewPOP (13/08/2020)

Capas aprovadas, previsões de retorno e IMPOSTOS!

Mais uma semana com as tradicionais lives de quinta-feira da editora NewPOP. Nesta live o Júnior comentou um pouco mais sobre o impacto que o novo imposto da Reforma Tributário que traria para os livros caso fosse aprovada. Além de novidades e previsões, algumas repetições, dentre outros ^^.


Checklists da editora:

Sobre o checklist de julho, a editora já havia comentado em suas redes sociais dias antes da live, que o volume 8 de “Toradora!” e o volume 13 de “Re:Zero” haviam chego para eles e a editora já havia enviado todas as assinaturas dessas duas obras, restando “apenas” enviar os pedidos feitos na pré-venda na loja da editora e os lotes pedidos pelos lojistas, como Amazon e lojas especializadas.

Sobre o volume 2 de “Given”, ele também chegou para a editora e eles começaram a preparar os pacotes das assinaturas. Eles esperam conseguir enviar quase todos os pacotes de assinaturas na segunda-feira (17/08) para finalizar logo e dar procedimento nos demais envios da loja e lojistas que fizeram suas encomendas.

Por fim, com relação ao segundo tomo de “Solo Leveling”, a editora disse que a previsão de chegada do volume é só para meados do dia 20 deste mês. Segundo o que foi explicado, o volume está pronto, mas este demora mais para secar devido à ser totalmente colorido. A chegada e o consequente envio dos volumes deve demorar um pouco mais ainda.

O Júnior lembrou que o prazo para a chegada das assinaturas atualmente é de até 25 dias. Parem de ficar cobrando a editora! O pessoal está reduzindo, e eu tenho certeza que o Júnior não dorme apropriadamente, então saibam esperar -_-. Durante a live o Júnior comentou sobre uma possível greve dos Correios. Como eu acabei demorando para fazer a postagem, estou escrevendo no dia 18 e de fato começou uma greve. Pelas palavras da editora, não é uma greve geral, mas tudo está bem lento. Eles ainda disseram que, por segurança, não irão enviar os pedidos de Solo Leveling 2 até tudo se normalizar, para não correr o risco de pedidos serem perdidos.

Para finalizar essa parte sobre checklists, o Júnior comentou que por mais que a editora trabalhe com uma janela entre checklists (do dia 10 de um mês, até o dia 10 do mês seguinte), a pandemia atrapalhou muito tudo isso. Ele citou as obras do checklist de julho, que estão saindo só agora na metade do mês de agosto. Durante essa semana, a editora também confirmou que não teremos mesmo o checklist de agosto. Irão direto para o de setembro :).


Previsões de retorno:

Enquanto o Júnior falava, algumas informações acabaram saindo confusas, mas vou tentar ser o mais preciso aqui, nem que eu tenha que colocar as palavras do próprio Júnior aqui hahaha.

Citrus: só lembrando que a obra deve retornar no checklist de agosto/setembro com o lançamento do volume 6 :).

Made in Abyss: como já foi comentado em outras lives, a capa do oitavo volume da obra já foi aprovada. A obra deve retornar no checklist de OUTUBRO! No começo da live o Júnior havia dito que a obra retornaria no próximo checklist (sem ser o de agosto), dando a entender que seria o de setembro. Entretanto, no decorrer da live, ele falou que não deveríamos ter checklist de agosto, então o próximo que ele se refere seria o do mês depois, ou seja, outubro.

GTO: a obra que já está parada há um bom tempo, também retorna em OUTUBRO com o lançamento do volume 13. Só repassando algumas informações. A obra deve seguir de forma bimestral. O preço de capa será mantido até pelo menos o volume 28 (a editora já havia comprado o papel para esses volumes) e a tradução dos volumes está concluída até o volume 18.


“Crônicas das Guerras de Lodoss” e “A Voz do Silêncio”:

A editora prometeu na live passada (06/08) que mostraria a capa de ‘Lodoss’ na próxima live, então nesta semana o Júnior revelou a capa nacional do volume 1 da obra (As três primeiras capas da obra estão aprovadas). Segundo o que foi dito, a editora não sabe precisar ainda em qual o checklist o volume 1 entrará, porém, a pré-venda e a assinatura com os 7 volumes deve começar em breve.

A capa do volume 1 da edição definitiva de “A Voz do Silêncio” foi revelada também. A nova edição da obra entrará no Selo MAX. Este NÃO é um dos novos selos. O Selo MAX está anunciado já faz algum tempo e nele teremos obras como “Gagoze” e “Category:Freaks”. E por falar neles estas duas obras que deveriam marcar a abertura do selo, porém, a pandemia estragou os planos e as duas não puderam ser lançadas. A editora não tem previsão alguma para o lançamento da nova edição, mas eles querem colocar o primeiro tomo em pré-venda o mais breve possível. Sobre preços, ainda não foi revelado, mas esperem por um preço próximo ao de “Monster” (79,90), lançado pela Panini. Vale dizer que essa edição de A Voz do Silêncio é bem semelhante a de Monster. Essa nova edição da obra é completa em 4 volumes :).


Impostos:

Um dos assuntos pautados durante a live, e de suma importância, foi a questão dos impostos que o governo quer implantar com a reforma tributária. Esse imposto é de 12%, sendo uma quantia maior do que os próprios autores da obra ganham. A editora havia comentado sobre o assunto alguns dias antes da live e resolveu abordar de forma um tanto simples, mas que é efetivo para que o público entenda o quão ruim é essa proposta, não só impactando nos custos para a editora, como dificultando ainda mais o acesso para todo e qualquer tipo de livro.

Antes de mais nada, o Júnior destaca que ele não é economista e que algumas coisas possam estar erradas. Ele só quer dar uma visão geral da situação e sobre o mercado.

O Júnior começa dizendo que esse novo imposto acabaria com a imunidade tributária que livros/papel possuem. O Júnior diz que, em boa parte dos países do mundo, livros possuem uma ‘proteção’ fiscal. A nova lei enquadra outros produtos, como cigarro e bebidas, no mesmo patamar que livros. Ele explica que não é como se o governo fosse ganhar mais dinheiro colocando os livros na mesma equação. O que irá fazer é igualar essa balança, que no fim das contas, só prejudicará o setor dos livros, encarecendo o produto e tornando o acesso ainda mais complicado do já é.

Na declaração do Ministro da Economia, ele diz que livros são mais consumidos/feitos para a elite e que o governo criaria cotas, para a população mais pobre. Uma sociedade totalmente desigual, em que o acesso a conhecimento já é precário e livros são fontes de conhecimento. E o Governo que irá julgar o que o povo mais pobre precisa. O Júnior levanta a dúvida: “Em que momento vocês acham que a NewPOP, ou qualquer outra editora de quadrinhos, entrará na cota de qualquer coisa?”.

Opinião: aí que o Governo vê problema, porque querem o povo burro para não questionarem suas ações. E ainda com o Governo ditando o que o povo precisa, é aí que eles vão controlar cada vírgula escrita.

Fora que, como se já não bastasse tudo, com esses 12% qualquer setor entra nessa taxação. A gráfica terá que pagar mais pelo papel e por todo o material necessário para a produção do livro. Tudo vai aumentar 12%. Vai se tornando uma bola de neve. Se a gráfica tem que pagar mais para produzir, ela vai ter que repassar para a editora, e a editora terá que repassar para o custo final do produto, porque não vão ser todas as que irão conseguir aguentar esse aumento. O Júnior diz que é praticamente impossível conseguir segurar o valo. Ele exemplifica que para a editora conseguir segurar, mais de 10% da tiragem total terá que ser vendida somente para pagar impostos. Por exemplo, se a NewPOP fizesse uma tiragem de 5 mil cópias, 10% desse total (500 unidades) seria só para pagar impostos. Com esse aumento de toda a cadeia, muitas editoras pequenas não conseguiriam aumentar as tiragens, e começam a se tornar inviáveis, porque boa parte dela será somente para quitar imposto. Se a tiragem inicial começa a parecer inviável, reimpressões que maneira geral que tem uma tiragem menor do que a inicial, se torna praticamente impossíveis de serem feitas.

O Júnior comentou que entre conversas deles com outras editoras, e até com pessoal de gráfica, eles acreditam que a lei não irá passar. Primeiro que a proposta está sendo vista de maneira muito negativa. Todas as editoras editoras e pessoas envolvidas com o setor estão unidos para criticar e tentar derrubar, além de que é ano político. Por se pensar muito ‘no deles’, eles não irão querer essa imagem negativa. Ele ressalta que é preciso fazer barulho sobre a proposta e criticar para aumentar essa repercussão. Ele diz que é preocupante por si só que tenham esse plano, por mais que seja possível que não seja aprovado.


Aleatoridades relevantes (ou minimamente interessantes):

A editora descobriu que o canal da NewPOP foi desmonetizado. Segundo o Júnior, PARECE que algumas pessoas estrangeiras denunciaram o PV do manhwa de Solo como fake news/click bait, por eles acharem que era um anúncio de anime. Ainda na fala do Júnior, ele diz que não faz o menor sentido ter acontecido, porque a editora só posta conteúdo próprio e oficial, que reforça mais a suspeita dita anteriormente. Eles estão vendo o que podem fazer para que eles voltem a ser monetizados. Pelo menos para o NewPOP Week, porque nos planos deles, parte do dinheiro arrecado com os super chats seria doado para instituições que cuidam de animais.

Foi comentado que agora que a editora está retornando aos poucos com as séries paradas, e encaixando obras já anunciadas e o Júnior pede para que o público espere só mais um pouquinho para que eles se organizem para dar mais detalhes de “The King of Fighters”, “Houseki no Kuni”, dentre outros títulos já anunciados pela editora.

Ainda foi dito que o material do volume 3 de Solo Leveling chegou. Eles esperam conseguir lançar esse volume ainda esse ano. Se esse volume tiver uma aprovação de capa um pouco mais rápido, a pré-venda pode começar antecipadamente.

A editora já está se preparando para anunciar seu retorno com as obras nacionais. Em breve eles devem anunciar seu primeiro título dessa leva e abrir inscrições para o público enviar seus projetos. Novamente o Júnior pediu por bom senso ao enviar seu projeto, porque ele já recebeu no passado histórias plagiadas e desenhos de palito. Sobre esse primeiro título da editora, o Júnior disse que o público conhece essa obra. Ainda comentaram que a editora está analisando o pedido de abrir inscrições para lançar novels, mas de forma online.

A editora ainda preocupada com o nicho de BL e com o de manhwa por conta da pirataria. O Júnior já tinha comentado outras vezes que, possivelmente, por não se ter muito BL no país, o público geral que consome a demografia não sabe que tem uma editora que investe na demografia e que há obras sendo lançadas no país. Sobre manhwa, ele mencionou que as vendas do volume de Solo teve um declínio, possivelmente por causa do retorno da segunda temporada do Webtoon. Passando para uma parte opinativa, eu comentei um pouco sobre o assunto, puxando mais para a publicação de BL. A thread está linkada abaixo. Nota: a editora disse para não ver isso como uma “ameaça”. É só uma preocupação, pois eles precisam ver a forma que o público consome e estudar melhor isso.

A editora disse que em breve irá adotar em sua loja oficial um sistema de pontuação para as compras realizadas, opiniões dadas para a editora e com esses pontos será possível trocar por brindes e muitas outras coisas, segundo o Júnior. Ele não quis dar muitos detalhes agora, porque querem acertar os últimos detalhes e passar informações mais certas para o público ^^


Foi isso. E quem quiser ver a thread que fizemos no dia da live cobrindo ela, estará linkado aí embaixo. Durante a cobertura nós colocamos coisas menos relevantes ditas e outras coisinhas. Então acho que vale a pena ler ^^.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s