Otome Game no Hametsu Flag Shika Nai Akuyaku Reijou ni Tensei Shite Shimatta (Hamefura) #10 e #11 – Impressões

A reta final está quente e emocionante, embora ainda sofra os efeitos do desastroso episódio 7.

Voltamos para a antepenúltima postagem sobre a primeira temporada de “Otome Game”. Depois dessa postagem, teremos as impressões do último episódio e por fim, a review final do anime. Enquanto escrevíamos as impressões desses dois episódios, a segunda temporada foi anunciada (yay!). Fizemos a egípcia e fingimos que não sabíamos de nada hahaha. Então fiquem com as impressões desses dois episódios ^^.


Alex – Manaaaaa, que dois episódios foram esses???? Que maravilhosidade foi essa???!!! Dois episódios de ótima qualidade e o episódio 11, muito emocionante. Embora eu já saiba de algumas coisas e o anime ter entregado outras, ao menos para mim, os momentos que eu não sabia o que aconteceria, compensaram e MUITO! Eu gostei principalmente do episódio 11 e o 10 por eu já saber que o Sirius seria um vilão (embora desconheça suas motivações), a maior parte seguiu mais ou menos o que eu imaginava. Mas falemos por partes. Vamos lá para o começo do episódio 10. O inicio (falso) da flag da destruição, que acabou sendo resolvido de forma bem rápida hahaha. Eu ainda estava achando que iriam acontecer mais coisas envolvendo as garotas que não gostam da Catarina, mas acabou sendo resolvido de forma bem simples. A Catarina conquistou a todos e mesmo aqueles que não fazem parte do núcleo principal, intercederam a favor dela. Gostei muito ver isso. Quanto ao núcleo principal de amigos/pretendentes, gosto de que cada um não só defendeu ela, como é um consenso entre eles que ela é burra hahahahaha, coitada… E eu só tenho uma coisa para dizer para finalizar meu comentário: “Eu tenho certeza que um futuro muito feliz me espera”. Entendedores, entenderam hahaha. Mas quem não entendeu, eu explicarei mais à frente.

Rose – Sim! Tanto os episódios 10 e 11 me proporcionaram uma experiência emocionante e inigualável. Eu senti tantas emoções em tão pouco tempo. Raiva, alegria, tristeza, amor, frustração, diversão e uma enorme gratidão a todas as pessoas responsáveis pela adaptação em anime de Hamefura. O episódio 11 foi perfeito! Ele conseguiu ser belo em tantos sentidos, melancólico e esperançoso. Eu aguardo um futuro bom para Otome Game (principalmente porque as vendas do anime estão sendo ótimas!) e espero que ele abra portas para novos animes Isekais sobre Otomes Games. Mas por enquanto, falaremos do episódio 10. Certo? No início, eu esperava que a falsa flag da destruição fosse mais dramática. No entanto a produção optou por descartar as cenas cômicas desse evento. E eu adorei lol. Todos “defenderam” Catarina com rostos tão sérios e diligentes. Nem parecia que estavam falando sobre como Catarina é tão burra que seria incapaz de praticar bullying. As garotas não levaram em conta que Catarina tem menos QI que uma porta e que seus amigos (pretendentes) sabem disso muito bem lol. Por falar delas, no início eu pensei que elas teriam um destaque maior na adaptação. No entanto, elas se foram mais rápido do que surgiram (bem feito, invejosas merecem). E no final, depois de passar por uma experiência que muitos achariam assustadora, Catarina só queria uma coisa: Comer besteira e comemorar não ter morrido ou ter sido banida no reino… Essa menina representa tanto a comunidade Otaku que me assusta. E eu entendi sua referência, senhor Alex.

Alex – Siiiim!!! Conforme você ia vendo os eventos do episódio, você sorria, ria, chorava, se emocionava, tinha momentos de “satisfação”, de tristeza…tudo em tão pouco tempo. É uma qualidade que nós vemos desde lá do começo. Na verdade, é por Hamefura ter acertado em conseguir fazer essa mescla de emoções tão bem, que esse décimo primeiro episódio foi EXCELENTE (lembrando que nos episódios iniciais, além de apresentar e desenvolver dois personagens por vez, eles conseguiam construir cenas dramáticas). Foi bom você ter falado das vendas da obra, porque realmente estão indo muito bem! É bem possível que tenhamos uma segunda temporada e eu não duvido nada que anunciem logo que essa temporada acabar, porque não é só as vendas do blu-ray, o material original também está tendo um aumento muito significativo de vendas. Pelo que eu vi, antes do anime começar, a obra tinha 2 milhões de cópias em circulação e em pouco mais da metade do anime, já tínhamos 3 milhões de cópias. Com esse arco final, eu não duvido nada que chegue a 4 ou 5 milhões de cópias ^^. Eu gostei dessa parte inicial, porque ao mesmo tempo que as personagens estavam sérias, a Catarina estava lá se perguntando o que estava acontecendo e o que ela tinha feito, fazendo esse contraste ótimo entre os acusadores, os defensores e a acusada hahaha. Catarina sou eu perfeitamente. Sempre com fome e sempre sedento por doces hahahaha. Os amigos dela conversando seriamente sobre o que havia acontecido a pouco, enquanto ela comendo como se nada tivesse acontecido. Mas ainda nesse episódio, já começamos as revelações. Na hora que mostraram a magia negra, posteriormente o sumiço da Maria e depois o Geordo conversando com a Catarina sobre a tal magia das trevas, já estava mais que claro para mim (e acredito que para boa parte de vocês) quem era o responsável: Sirius, nosso querido presidente. Mas como disse mais acima, nem tudo está claro sobre ele para mim.

Rose – Hamefura tem se mostrado um ótimo anime. Ele não só tem uma protagonista incrivelmente carismática, como também desperta uma série de emoções boas e ruins no telespectador (e sabe o momento certo para essas emoções), apesar de alguns deslizes infelizes. Penso que esse sucesso da obra é mais do que merecido. Uma segunda temporada é essencial! E espero que seu palpite esteja certo meu caro Alex, porque preciso imediatamente de uma continuação! (E olha que o anime ainda nem acabou lol). Catarina é tão tapada que temo pela vida dela. Todos estavam preocupados, investigando e tentado descobrir quem estava querendo prejudicar Catarina e ela estava lá, comendo doces e mais doces sem parar. Se ela não for morta pelo Sirius, certamente morrerá de diabetes. Eu gostei muito da cena entre Sirius e Maria. Toda a oposição entre luz e trevas foi muito bem animada. A produção fez um trabalho visual muito bom em todo anime, sabemos que aquilo não está só para ser bonito e sim quer nos dizer alguma coisa. Eu adoro esse lado de Hamefura. Geordo ganhou um ar mais sério durante a explicação sobre a Magia das Trevas, um lado que acredito que ele só mostraria quando a situação estivesse feia. E acredite: essa situação está muito feia! E acho que todos já imaginavam que Sirius seria o “vilão”. Porque o anime não tentou esconder. Na verdade ele literalmente esfregava nas nossas caras com as encaradas de Sirius para a Catarina lol. Nunca confie em figurantes de cabelo colorido.

Alex – É para se temer pela vida dela mesmo, porque a criatura vai e deixa escapar sobre a magia das trevas na frente do Sirius. Catarina se esforça para entrar na flag da destruição XD. Eu gosto na cena com a Maria e o Sirius. Não é apenas ela irradiando luz e ele trevas, a cor do Sirius estava em tons mais acinzentados, talvez trazendo uma apatia, tristeza e/ou solidão? Não sei se foi essa a intenção da staff, mas faz sentido porque o passado dele parece ter sido bem triste e ele quer se vingar por algo que não ficou muito claro, mas envolve a Catarina de alguma forma????? E não sei se você reparou, ou se foi só impressão minha, mas a produção do anime no geral é consistente. Mas ali no meio, principalmente nos fillers, algumas cenas oscilaram na qualidade de animação, e agora com esses dois episódios (e provavelmente com o último), acho que já sabemos onde estava a atenção da staff hahaha. Algumas composições de cenários e de animação, pareciam mais bonitas e melhores acabadas. Se não foi só impressão, fico feliz de terem dado um destaque maior para o arco final, ainda mais que as cenas do miolo podem ser corrigidas quando o blu-ray sair haha. O anime fez uma quebra nessa questão do vilão. As cenas teriam mais peso se não fosse por algumas execuções mal feitas da staff (oi episódio 7). Nem tudo são flores, não é mesmo? Falando na cena do Geordo, normalmente eu implicaria com ele chegar do nada e falar da magia das trevas com a Catarina, mas nessa situação é plausível, porque deram uma condição (poucas pessoas sabem de tal magia). O momento era propício para se falar sobre, então foi bem feito e bem apresentado, além de ter sido rápido. Não fizeram uma exposição em forma de bíblia para quem está assistindo, então posso dizer que gostei. Voltando a falar da cena com a Catarina e o Sirius, ela foi belíssima né?! As cores que usaram e a direção bem feita foram 10/10. As sombras no Sirius, com aquele rosto amistoso, mas que ao mesmo tempo passavam uma impressão um tanto assustadora, de quem vai tirar uma faca e te matar… Me surpreende a Catarina ter lembrado de algo tão crucial naquele momento (conveniência). Também não reclamo (de novo), porque já haviam mencionado essa rota secreta em um dos flashbacks com a Acchan alguns episódios atrás. O presidente tem um problema sério com a palavra “gentil”. Eu sinceramente acho que o que ativou essa rota foi essa palavra, ou algum tipo de elogio que a Catarina fez para ele. Ele é muito surtado e estou muito ansioso para saber qual o motivo de fato que o levou a passar para o “outro lado”…

Rose – Catarina é uma criança tão tapada. O que ela faz quando vê doces no chão? Ela come. E quando ela precisa se conectar com seu elemento magico? Ela vai capinar. E quando ela encontra a pessoa por traz do sequestro de sua melhor amiga e que pode destruir a vida dela e de seus amigos? Ela pergunta para ele se ele é essa pessoa. Pobre criança… deve ter caído do berço. Tudo sobre a cena do diálogo entre Maria e Sirius foi perfeito para mim. As cores, o roteiro e principalmente a trilha sonora. A Staff de Hamefura conseguiu ser tão inteligente em aspectos visuais e sonoros. Eu sou apaixonada por essa adaptação (apesar dos deslizes). E se tivermos uma 2 temporada, espero que mantenham a mesma staff da primeira. Voltando ao assunto, será que irão adaptar o passado de Sirius? Espero que sim. Estou muito curiosa sobre seu passado e sobre a mulher misteriosa em suas memórias (Eu sei quem é ela, mas a gente finge que não sabe para ter uma experiência maravilhosa com o anime lol). Acho que sua teoria sobre a palavra “gentil” é bem provável. Em Otome Games existe um sistema de escolha de diálogos. Um único diálogo pode desencadear uma final ruim ou uma rota alternativa. No caso, como Catarina escolheu elogiar o Presidente da mesma maneira que a mulher misteriosa fazia, ela desbloqueou a “Rota Yandere” e agora ela precisa tentar desbloquear seu final feliz. Se não, perderá todos os seus amigos e sua própria vida. Eu não acho que Sirius seja uma pessoa ruim (não completamente ruim) e me pergunto se ele foi para esse lado por sua própria escolha ou foi forçado a isso.

Alex – HAHAHAHA. Ela deve ter caído do berço mesmo, além de ter batido a testa na infância, alguns parafusos devem ter se soltado hahahahaha. Eu também espero que mantenham a staff caso tenha uma segunda temporada e que invistam ainda mais!!! Você e o @rubnesio hein!? Ficam fazendo a sonsa comigo, mesmo que saibam o que irá acontecer (no caso do Rub, também se aplica a “Yesterday wo Utatte”) hahahah. É uma boa mesmo. As escolhas erradas desencadearam um evento trágico. O Rub chegou a comentar comigo que uma coisa simples fez o Sirius passar para o outro lado. Não sei ao certo o que é essa coisa, mas ficaremos sabendo logo mais no sábado (Nota: quando começamos a escrever esse post, o episódio final ainda não tinha saído). Ansioso demais!!! Também não acho que o Sirius seja alguém ruim, mas uma série de eventos o levaram a ser quem é, e principalmente, o levou a fazer as coisas que vai fazer (se a Catarina não intervir). Como a própria Catarina disse, ele parece desesperado e prestes a chorar e “algo maior” está fazendo ele agir assim. Claramente tem a ver com a mulher de seu passado (sua mãe?) e a palavra gentil. E falando nessa cena, me lembrou alguma cena de romance haha. Sabe quando o personagem está prestes a beijar o outro? Parecia muito e até fiquei surpreso. Impressionante a Catarina notar que ele estava sofrendo, ainda mais ela sendo a Catarina hahahaha.

Rose – Sim! Acredito que Sirius tenha tido um passado trágico, e o tornou infeliz. Então, aos poucos essas tristeza e solidão corromperam seu coração. Ele estava sozinho, sem poder desabafar ou ter alguém para se apoiar. As vezes esquecemos que os personagens de Hamefura são só crianças, e não é diferente para Sirius. Todos os personagens (com exceção dele) tiveram alguém especial e foi por esse alguém que eles continuaram vivendo e seguindo para o “caminho certo”. Geordo teria desenvolvido uma personalidade antipática se não fosse por Catarina. Keith seria um playboy solitário. Mary uma garota dependente e emocionalmente instável. Alan um garoto infeliz e inseguro. Sophia não teria tido amigos. E Nicol iria se isolar por não conseguir proteger a irmã. Não foi a Catarina que mudou eles, foram eles que mudaram graças a Catarina. Cada um com sua própria força e capacidade tentou crescer para poder estar sorrindo ao lado se sua querida amiga. Talvez Sirius também tivesse sido alguém diferente se ele tivesse alguém especial ao seu lado. Sinceramente, acho que a Mulher Misteriosa foi uma pessoa importante na sua vida, no entanto ela não pode ficar ao lado dele. E isso o destruiu. Eu espero que Sirius consiga alcançar sua felicidade e possa deixar o passado para trás, porque tenho certeza que um futuro bom o aguarda. E realmente, quando Catarina toca no rosto dele, existe um clima romântico no ar. Talvez tenhamos mais um candidato ao harém lol.

Alex – SIM! A Catarina foi uma peça fundamental. Tanto é que as ações dela eram o modo de ser dela e eles estarem em contato com ela, que mudaram seus modos de ser (para melhor!). Acho que a mulher do passado do Sirius é uma figura importante para ele, porque ela fala para ele vingar (do quê? Ainda não sabemos) e parece que ela também trocou a vida dela pela magia das trevas. O destino do Sirius também parece rumar para o mesmo daquela mulher, porque lá no fim do episódio 11, ele diz que o momento da sua destruição chegou. Seria o momento dele pagar o preço da magia? O que são aquelas vozes? Questões ainda em aberto. Estou achando bem incerto o destino do Sirius e eu gosto muito disso e animado demais! Mas agora falemos do miolo desse décimo primeiro episódio. Uma coisa que logo me surpreendeu foi nós termos visto o rosto da Catarina. Não esperava. Achei interessante a ideia dela estar presa a um sonho, que na realidade é uma cópia da realidade da vida dela passada. Lembro que já vi isso em algum desenho, mas não lembro em qual ao certo… Gosto também dela sempre sentir que algo não estar certo, ou que tem algo faltando. Por exemplo, logo que ela acorda e se olha no espelho, ela estranha o próprio rosto, ou algumas falas dela serem estranhas.

Rose – Uma ótima teoria, meu caro Alex. O que será que os próximos episódios tem a nos dizer sobre isso? Só o tempo dirá. Sirius é um personagem que despertou minha curiosidade desde sua primeira aparição. Ele é a rota mais difícil do jogo, e agora se tornou um desafio de vida ou morte para Catarina. Ele é o grande vilão do primeiro arco afinal! Falando um pouco mais o episódio 11, eu adorei ver o rosto verdadeiro da Catarina. Diferente da Acchan e Sophia que tem suas semelhanças (olhos inclinados para baixo, expressão gentil e cabelos lisos), sua face original é completamente diferente da Catarina. É um rosto bem comum e combina com a personalidade tapada de nossa protagonista. E a ideia dela estar presa em um sonho também me atraiu muito (principalmente pelo significado desse sonho, que falarei mais tarde) e a própria ideia dela saber que não pertence aquele mundo no fundo só trás mais profundidade a cena.

Alex – SIM! Estou muito curioso com o final desse arco! O episódio 11 tão comentado durante a semana que saiu! Primeiramente, estou chocado pelo Geordo ter beijado a Catarina. Estou assim até agora: o_O hahahah. Eu definitivamente não esperava e muito menos estava preparado para aquilo. Na minha cabeça, ainda iria demorar bastante para acontecer um beijo. Teríamos mais tentativas e insinuações por agora. Resumo: chocado! Mas o principal dessa cena, é que gostei de ver o que levou a cada um a se apaixonar pela Catarina. Gosto deles saberem o que levou cada um a isso e principalmente, eles terem noção do quão fundamental foi a Catarina na vida deles para que fossem as pessoas que são hoje. Ainda mais que sabemos como seria cada um deles se ela não estivesse lá, foi lindo! Além disso, ainda vemos a Anne desabando. Até as muralhas mais resistentes desabam e você sente um perigo real e o medo dos personagens, por mais que nós temos o pensamento de “ela não vai morrer”. Dá para ver e sentir a aflição dos personagens e é tão bom!!! É muito palpável e corrobora totalmente para a cena ^^. Mas não foi de todo ruim, já que o Alan finalmente percebeu que o que ele sente pela Catarina é amor hahaha. Eu gosto também de que alguns deles tem “plena noção” de que não podem ficar com a Catarina. O Nicol sabe que não pode ficar com ela, por ela estar noiva do Geordo (existe alguém que “respeite” esse noivado hahaha), mas mesmo assim, ele é feliz por estar perto dela. E por fim, adorei a mentalidade de todos em pensar: “Vai adiantar alguma coisa eu ficar aqui parado chorando? Não! Preciso tentar fazer algo”. Amei!

Rose – Aquele beijo foi tão inesperado… Ele não acontece no material original, nem no mangá. Eu fiquei tão surpresa que acabei surtando e tendo que parar o anime por uns dois minutos lol. Mas realmente ver o entendimento de cada sobre como a Catarina afetou suas vidas foi algo especial para mim. Principalmente porque dessa vez vimos o ponto de vista deles e não o da Catarina. Alan finalmente percebeu seus sentimentos. Meu coração quase derreteu de tanta emoção 💖. A cena de Nicol foi muito triste, porque no fundo ele está certo. Mesmo que quase ninguém respeite o noivado entre Geordo e Catarina, ele ainda existe. E se Catarina não se apaixonar por ninguém, acho difícil que ele seja cancelado. Mas Nicol está satisfeito estar apenas do lado dela, o que é muito bonito e compreensivo da parte dele. E eu também amei a cena em que todos decidem tentar ajudar Catarina. Na minha interpretação, como Catarina sempre esteve ao lado deles quando estavam machucados, eles decidiram retribuir tudo o que ela fez por eles e tentar fazer algo por ela.

Alex – Caraca!!!!!!! Imaginei que estivesse na novel… Chocado de novo hahahaha. Bem que o Rub disse que o anime, o mangá e a novel, faziam algumas coisas diferentes. Eu gosto muito dessas trocas de ponto de vista, principalmente quando se trata dos sentimentos de cada um, porque o anime em suma é visto na perspectiva da Catarina. O que acabamos vendo são coisas mais verbalizadas ou mostradas por ações. E sim, por mais que quase ninguém esteja ligando para o casamento deles(tirando o próprio Geordo), ele ainda está de pé e se nada for mudado, esse é o “destino” deles, assim como o do Alan e da Mary. A aristocracia tem seus diversos problemas… Verdade! É uma ótima interpretação, ainda mais que todos eles pensam em como a Catarina estar lá por eles, ajudou eles a mudarem. A Mary fala de como ela era insegura de si, o Alan e seu complexo de inferioridade, o Nicol que não podia fazer nada por sua irmã, a Sophia que se achava uma aberração, a Maria que tinha problemas familiares, o Keith que se menosprezava e o Geordo que estava preso a um mundo sem cor e sem emoções…todos eles foram ajudados pela Catarina, então agora era a hora de tentar retribuir. Mas somente eles não poderiam fazer algo e precisavam de uma mãozinha. Então eis que vem a Acchan para auxiliar e já estou chorando só de lembrar hahaha.

Rose – Sim, o anime adicionou muito conteúdo extra (alguns extremamente divertidos, outros nem tanto…). Não sei gostei ou não dessa cena de beijo. Quero dizer… foi muito precipitado? Eu fiquei tão chocada!!!! E concordo que ver perspectivas diferentes sobre situações que já foram contadas sob a “narração” da Catarina foi muito bom. É interessante ver essa camada dos personagens. A sociedade Aristocrata realmente é cheia de problemas. Esse noivados políticos são uma parte infeliz. Porque por mais que muitas vezes romantizamos essas situações (já li vários mangas sobre compromissos polidos que se tornam romances mútuos e românticos), na vida real nem sempre é bonito. Um exemplo disso no anime é a Anne, quequase foi obrigada a se casar com um homem muito mais velho que ela. E não acho que ele respeitaria as vontades dela. Casamentos arranjados, na maioria das vezes, trazem dor a pelo menos uma das partes na vida real. E é difícil acreditar, mas situações assim ainda acontecem nos dias atuais. Mudando de assunto, uma boa observação sua Alex. Todos mudaram muito graças a Catarina (tanto que desenvolveram personalidades diferentes das do jogo) e é inegável. Catarina foi uma bênção da vida deles, assim como eles foram para ela. E ver Acchan novamente causou um misto de emoções em meu coração. Desde alegria a tristeza (principalmente porque tenho uma interpretação da cena das duas que me deixa cheia de infelicidade) e até um pouco de indignação! Porque, imagine como seria incrível ver Sophia lembrando de sua vida passada sem o desastroso episódio 7. Chocaria o fandom inteiro!

Alex – A Anne é um exemplo muito bom. Dentro do próprio anime de como casamentos arranjados podem ser péssimos, porque primeiro que a Anne não queria e segundo que, MUITO provavelmente, o cara com quem ela casaria iria usar o “defeito” dela como desculpa para fazer o que quiser com ela… Enfim, falando da Acchan, a cena dela foi bonita, mas não deve ter tido 1/3 do impacto que teria se o anime tivesse seguido o original e a revelação viesse agora. Porque na cena, a Sophia meio que só conversa com a voz da Acchan e fica por isso mesmo. Não teve uma profundidade e eles não tiveram tempo nem para fazer a Sophia pensar mais em que voz era aquela ou outras questões sobre o que havia acontecido. Logo que a Catarina chega na sala e a Acchan vê ela, tem um “tempo de respiro”, como se ela estivesse chocada ao ver ela, ao estilo “Faz tempo que não te vejo”. Aí começa aquela música linda de trilha sonora e eu já estou chorando aqui de novo hahaha. Deve ter doído MUITO para a Acchan ter que dar tchau para sua amiga querida. O tempo que ela poderia estender e ter ela só para ela, e teve que largar pela felicidade maior de ambos… Isso é triste :'(…

Rose – Sim. A produção parece não ter tido tempo suficiente desenvolver toda essa descoberta da Sophia. O que é bem triste, parando para pensar. No entanto, estou feliz pela adaptação da cena do “sonho destruído” quando Catarina começa aos poucos a se recordar de quem ela e agora de como ela não pertence mais aquele mundo. Isso me fez ter uma interpretação diferente da que tive lido na novel. Lembro-me que há muito tempo assisti o filme de Shoujo Kakumei Utena. A mensagem do filme era como as vezes é necessário deixar seu eu antigo morrer para que possa renascer como uma pessoa melhor. A principio, essa mensagem parece um pouco suicida. No entanto, é justamente ao contrário. Se você deseja alcançar a felicidade, às vezes é necessário mudar sua perspectiva e suas ações. Mudar a si mesmo para seu próprio bem. E acho que a cena é justamente sobre isso. Tanto Acchan quanto a antiga Catarina (vou chama-la de “Baka-chan até descobrir seu nome real) ainda estavam presas ao passado. Presas aquele mundo no qual não pertenciam. Quando Catarina se deu conta de quem ela realmente é agora, ela pode deixar seu antigo eu desaparecer para poder ser feliz ao lado de seus amigos na sua nova vida. Acredito que ocorreu o mesmo para Acchan. Agora elas ficaram juntas novamente como Catarina e Sophia. Elas não vão abandonar sua memórias ou as emoções que tiverem na vida passada. Mas o que irão seguir em frente como pessoas melhores e superar todas as incertezas que o passado deixou. Agora elas não são mais Acchan e Baka-chan. Elas são Sophia e Catarina.

Alex – Que lindo!!!! Eu concordo bastante com seu ponto de vista. Quando a Catarina se dá conta que aquele não é o mundo dela, ou melhor, aquele não é mais o lugar onde ela pertence, o mundo começa a desabar. E a Acchan saber que aquele não é o mundo delas e mesmo assim, ela não ser afetada, é porque a Acchan ainda pertence a ali. Eu me pergunto seriamente se a Acchan ainda irá existir na Sophia, porque por mais que ela tenha falado que ela vivera como Catarina e Sophia, a Acchan “não volta” junto da Baka-chan. Ela fica lá e se despedaça junto daquele mundo (???). A trilha sonora (vou deixar a letra para vocês logo abaixo do meu comentário), mostra muito esse desejo da Acchan de poder se encontrar com a Baka-chan novamente: “Antes que sua sombra muito esticada começasse a se dissolver na noite, pelo menos um pouco, pelo menos um pouco, eu gostaria de poder ficar com você”. É triste, mas enfim o desejo de rever sua amiga se realizou e é nisso que eu encaixo a frase que eu disse lá no começo: “Eu tenho certeza que um futuro muito feliz me espera”. Para quem não entendeu, há um bom tempo eu procurei a letra da música de Otome Game na internet para ver se ela tinha algo para nos contar. Procurando MUITO, eu achei uma tradução em espanhol que dizia essa frase. No momento que a música diz: “Kitto aru happy na mirai ni go kigenryou”, a frase diz algo como “Eu tenho certeza que um futuro muito feliz me espera”. E a cena que passa, é a da Acchan segurando a mão da Baka-chan. E eu tenho certeza de que a Acchan conseguiu esse momento feliz e vai continuar tendo MUITOS momentos felizes, mas como Sophia.

“Kimi no Kage, Orenji no Soro” por Angela

Porque o céu laranja,
Envolvendo dias comuns,
iluminou seu “adeus”,
Antes que sua sombra muito esticada
começasse a se dissolver na noite,
pelo menos um pouco, pelo menos um pouco,
eu gostaria de poder ficar com você.

Perdi a cabeça quando falei sobre minhas coisas favoritas,
e você sempre sorria, acenando com a cabeça em concordância.
Nosso lugar de sempre, a estrada para casa e o cruzamento –
Aqui passamos pelo seu período de vida.

Porque o céu laranja,
encerrando os dias comuns,
iluminou seu adeus,
antes que sua sombra durasse amanhã
começou a se dissolver na noite,
pelo menos um pouco, pelo menos um pouco mais.
Eu gostaria de poder estar com você.

“O tempo estará limpo amanhã também?” – Embora eu espero que sim,
mas o futuro é sempre como uma nuvem que não pode ser desperdiçada.
Por nos iludir, mantendo-se arejado,
quero lhe contar adequadamente sobre o presente.

Antes que o céu, como era até recentemente,
leve apenas um por noite,
quero agrupar essas palavras comuns e depois reuni-las.
Mesmo que nossa conversa tenha sido interrompida,
pelo menos um pouco, pelo menos um pouco mais,
eu gostaria de poder estar com você.

São os mesmos dias, mas ao mesmo tempo um pouco diferentes, e
por algum motivo também parecem um tempo mágico caro e colorido.

Porque o céu laranja,
Envolvendo dias comuns,
iluminou seu “adeus”,
Antes que sua sombra muito esticada
começasse a se dissolver na noite,
pelo menos um pouco, pelo menos um pouco,
eu gostaria de poder ficar com você.

Rose – Sim! Eu imagino que mesmo que Acchan desaparecesse naquele lugar, não afetaria Sophia. Porque ainda existe muito dela na Sophia e é inegável. Talvez como Acchan continuou naquele mundo, o que desapareceu foram suas memórias e não ela. Porque tanto ela quanto Sophia compartilham a mesma alma. Bom… é só uma teoria minha hahaha. Aquela música é linda, e como comentamos em outro post: Talvez quem tenha feito Catarina reencarnar foi a própria Acchan e seu desejo se rever a melhor amiga. Se pensamos assim e associamos a música, tudo faz ainda mais sentido.

Alex – SIIIIIIIM! Ai eu amo teorizar essas coisas. Despedidas e reencontros sempre me emocionam :’). Mas Acchan conseguiu se reencontrar com sua preciosa amiga e Baka-chan conseguiu se despedir dela. E agora SÓ temos o problema com o presidente, que por sinal, há algum mistério envolvendo o nome real dele. Tanto é que no momento que a Acchan diz o nome, nós não ouvimos… E Catarina não poderia voltar ao seu mundo sem dar as desculpas aleatórias da vida hahaha. Ela dizendo que é a intuição dela que diz que a Maria está no armazém, super confiável hahahaha. Nos resta um episódio. Mistérios não resolvidos e eu estou com uma hype ferrada para ver esse final!!!! Estou ansioso demais ^^.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s