Otome Game no Hametsu Flag Shika Nai Akuyaku Reijou ni Tensei Shite Shimata (Hamefura) #7 – Impressões semanais

O episódio que teve uma péssima execução, mas que não foi de todo ruim, muito embora poderia ter sido melhor…

Voltamos para mais um post falando de “Otome Game” e neste episódio a produção cometeu um tropeço enorme na execução e montagem de todo desse episódio! Sendo simples e direto: esse episódio não deveria existir!! Ele está aqui para preencher espaço e graças isso, a produção errou feio na execução dele. Falamos mais disso abaixo, mas antes de começar, eu queria agradecer à todos aqueles leem nossas postagens de Otome Game semanalmente. As postagens comentando o anime estão sempre apresentando ótimos resultados em visualizações, então nós agradecemos ^^.


Alex – Mana, não sei se foi o mesmo para você, mas esse foi o pior episódio de “Otome Game”. Não que ele tenha sido péssimo ou MUITO ruim. Foi divertido como sempre, teve bons momentos como de costume, mas toda a execução dele foi para lá de sem sentido e mal feita. Primeiro que o episódio anterior os personagens estavam de férias, sendo que o final dele é o dia de volta as aulas. Nesse começa com um sonho e logo após essa cena, nós já voltamos para os personagens e do nada eles já estão na prova final, que decidirá se eles passaram de ano. E assim, o episódio passado também começou de forma abrupta, mas esse foi pior, porque nós começamos com um sonho (vou comentar mais sobre ele). Até aí ok. Logo depois vemos as provas finais e ‘páh’, uma dungeon e o final dele também acaba sendo meio inconclusivo. A montagem dele ficou muito ruim. E vou pegar uma fala do @rubnesio, que a prova em uma dungeon que nem os professores sabem ao certo o que há lá dentro, colocaram uma porrada de NOBRES lá, correndo risco de vida, como se não fosse NADA! E mais: eles mal sabem fazer afazeres domésticos. O Alan nem sabia subir numa árvore, a Catarina era repreendida por fazê-lo. É muito estranho isso. Agora falando do sonho, eu tenho alguns comentários: 1. PUTA QUE PARIU AQUELA REVELAÇÃO MEU DEUS AAAAAAAAAAAAAAA. 2. Estou me sentindo uma burra por não ter reparado que as duas na cena do por do sol na OP eram a Catarina e a Acchan. 3. Achei a cena maravilhosa. Estava achando um tanto estranho a Acchan ser mencionada de forma tão constante, fora que no episódio passado ela teve mais um pouco de destaque. Sempre me perguntava porque mostravam o rosto da Acchan e não o da Catarina. Era estranho. Quero teorizar algumas coisas contigo a respeito da morte Acchan também, mas vamos com calma que esse post deve render haha.

Rose – Concordo com você. Sinceramente esse foi o episódio mais fraco de Hamefura até agora. Eu particularmente não gostei de como o roteiro se desenvolveu durante esse sétimo episódio. Na verdade, eu detestei! Talvez eu não tenha uma opinião confiável, já que minhas impressões tem embalsamento no material original e na adaptação para mangá. Mas não acho que revelar que Sophia e Catarina forma amigas na vida passada por meio de um sonho tenha sido uma boa escolha. Quero dizer… essa cena acontece de fato na Novel, mas no anime me pareceu um pouco forçado… Se tivessem segurado essa informação e revelado em um determinado momento no futuro, com certeza todo esse plot twist teria tido mais impacto. E concordo com o Rubnesio. Essa prova final foi muito sem sentido. Porque, apesar de Otome Game estar inserido em um universo de magia, não vejo necessidade nesse tipo de treinamento. Eles são nobres, filhos de ministros, duques e até mesmo filhos do Rei. É de senso comum que eles não devem se machucar (para preservar a reputação da escola e garantir que o País tenham funcionários qualificados no futuro). Eles não precisam lutar (pois até onde sabemos, o país está em completa paz e não há monstros perigosos), portanto treinamentos que coloquem suas vidas em risco, além de desnecessário, é completamente burro e sem fundamento. Sobre o sonho, como disse antes, não achei que aquele era o momento certo para ele. No entanto, sendo justa, gostei muito do destaque que deram para Acchan durante a cena. Acredito que essa não é a última vez que o passado é mencionado durante o anime. Estou ansiosa para ver o rosto da Catarina e também me preocupa o motivo da morte da Acchan.

Alex – Sabia que o Rub disse a mesma coisa que você? Eu não li o material original, nem o mangá (assim como muitos leitores, imagino eu) e eu converso com o Rub aqui e ali sobre a obra. Como ele já leu o mangá, acaba me falando das escolhas que o anime toma em relação ao original e tudo mais. Ele vem me dando dicas aqui e ali do que viria mais à frente, e ele falou justamente essa questão, que eles inverteram uma certa ordem de eventos e acabaram enfiando o sonho da Sophia ali, coisa que só acontecia mais para frente depois de um certo evento que eu não sei o que é (hahaha). Mesmo não tendo lido o original, é bem claro que ficou deslocado. Ter o sonho ali me passa a sensação de que a produção precisava preencher o espaço para fechar o tempo do episódio certinho. Agora, falando da cena em si, conseguimos ver o começo da amizade das duas. Um breve meio e o “fim” trágico dela. Eu fico impressionado como Hamefura consegue construir cenas de drama de forma rápida, mas que funcionam muito bem. O anime consegue te prender aos personagens instantaneamente e é fabuloso. Vemos que a Acchan foi salva graças a Catarina. A vida dela que era tão na mesma, tão “na dela”, ganhou uma nova forma, bem mais animada e mais feliz provavelmente. Ela ganhou um novo sentido praticamente. Eu fico pensando como a Acchan se sentiu quando soube da morte dela. Por si só, já é um choque, mas ela dá tchau dizendo que irão se ver amanhã e de repente, nunca mais vai acontecer. É algo MUITO triste. Eu gostei muito da cena do pôr do sol. Não sei se você reparou, mas há uma transição(uma passagem de tempo) enquanto a Acchan via a última mensagem da Catarina. Quando ela pega o celular, ela está com o cabelo curto. Logo em seguida, quando mostram ela de costas, está de cabelo longo. Julgando que elas iriam começar o ensino médio quando ocorreu a fatalidade, eu diria que naquele momento a Acchan está no terceiro ano. A cena me lembrou muito “Yagate Kimi Ni Naru”. O ângulo, a iluminação, me lembrou o estilo de direção de Yagate, inclusive tive uma sensação de déjà vu enquanto pensava nessa cena e escrevia esse comentário hahaha. Me pergunto o porquê fazem mistério quanto ao nome da Catarina na vida real. É algo intrigante. E exatamente. Não há necessidade e nem sentido nessa dungeon. Eu também acredito que teremos mais cenas com a Acchan. Me pergunto seriamente se ela cometeu suicídio, porque a Catarina é que dava sentido à vida dela. Quando a Catarina partiu tão de repente, o choque deve ter sido grande, acho que esses dois anos devem ter sido péssimos para ela. Talvez uma grande decadência, depreciando, afundando cada vez mais. Penso até que ela foi naquele local porque foi ali que ela viu a última mensagem pela primeira vez. É um “local especial”. Será que ela morreu (suicidou) lá? Questões, questões ahaha.

Rose – Sim! Tive essa mesma sensação de que a cena só estava lá para preencher um espaço vazio (na verdade o episódio todo me passou essa impressão). Apesar disso, gostei muito da mensagem que a cena passou. Ela nos apresentou o começo e o “fim” de uma amizade de forma tão natural, porém tão trágica. Acredito que a Acchan tenha muitas semelhanças com os membros atuais do Harém. Ela era uma garota presa em uma vida sem cor e sem grandes emoções (e acredito que foi isso que a levou a ser uma Otaku hahaha) e quando Catarina surgiu, ela finalmente conseguiu se libertar da vida monótona e se permitiu sentir emoções que nunca havia experimentado. Em outras palavras, acredito que Catarina foi sua salvação, mas também sua “destruição”. A cena do pôr do sol partiu meu coração. Nela conseguimos ver que Acchan está destruída. E agora que você comentou, realmente me lembrou muito Yagate! E eu não tinha reparado nessa passagem de tempo. Bom, na novel Catarina diz que morreu aos 17 anos então a possibilidade do acidente ter ocorrido enquanto as duas estavam no terceiro ano é grande. E falando sobre o passado da Catarina, não me lembro se revelaram ou não o nome da Catarina em sua vida passada. Na verdade, acredito que seja proposital, para que as leitoras/telespectadoras do sexo feminino possam se enxergar nela. Mas não deixa de ser intrigante. Quero saber o seu nome original… Sinceramente, acredito muito na teoria do suicídio. Não há dúvidas que Acchan amava Catarina (e acredito que esse amor tenha sido muito maior que simples amor romântico). E acredito fortemente que foi o desejo de rever Catarina que levou as duas a renascerem. Talvez, depois de acabar com sua própria vida, a alma de Acchan tenha atraído a da Catarina para o universo do jogo (já que ambas adoravam Fortune Lover e compartilhavam o objeto enquanto vivas).

Alex – Verdade hahaha. Esse episódio todo, com exceção de alguns momentos, foi um filer total. Um amigo comentou que o anime deve adaptar até o segundo volume da novel, e se eu não me engano, ele disse que a adaptação em anime está mais ou menos na metade do volume em questão. Então eles precisam preencher espaço para conseguir adaptar até o fim desse volume. O problema é que, enquanto o sexto episódio foi melhor montado, mais coerente e foi um bom extra, esse foi completamente deslocado, sem nexo algum… Enfim não foi uma boa adição. Para finalizar essa parte, eu ia teorizar com você como elas foram reencarnar no mesmo jogo, porque a Catarina morreu e reencarnou. Ela tomou consciência das suas memórias graças a pancada que levou na cabeça. Já a Acchan morreu anos depois e reencarnou também, mas seu comentário já meio que soluciona isso. Esse desejo da Acchan é tão forte que ela conseguiu reincarnar no corpo da Sophia e no mesmo jogo por ser algo que elas adoram. E eu não sei se você lembra, mas a Catarina pensa que algo sobre a Sophia ser como a Acchan, algo do tipo. Agora faz muito sentido. Outro detalhe importante que a Sophia não recobrou suas memórias, mas ela meio que começa a lembrar por causa dos sonhos. E eu não comentei no post passado, mas quando as duas saem em um encontro com o Nicol, a Sophia sussurra para o irmão desejando boa sorte. Agora faz sentido. A última mensagem da Catarina dizia que ela não conseguiu conquistar o Nicol. A Sophia está tentando ajudar a Catarina, e está fazendo inconscientemente para tentar realizar o desejo da sua amiga. E até lá no final do episódio, ela fala que não vai perder a Catarina DE NOVO e fala as coisas sem se dar conta do que diz. É o inconsciente (chamado Acchan) movendo ela sem que perceba de primeiro momento. Queria saber mais disso e quando ela se dará conta de quem é. Qual seria a sua reação e a emoção de reencontrar sua amiga, mas acho que não será explorado nessa temporada.

Rose – Sim. Como citamos das impressões do sexto episódio, adicionar material original em uma adaptação para anime não é um problema e pode até enriquecer todo o universo da obra. Mas deve ser feito de forma positiva, e não acrescentar um furo gigantesco como foi o caso de Hamefura. Para completar entregar uma informação valiosa (que no momento certo causaria um impacto enorme do fandom) foi uma péssima escolha. Sendo sincera, esse episódio foi um erro completo. Sim, eu me lembro que Catarina menciona conseguir ver um pouco da Acchan na Sophia. Na verdade, me lembro também que ela menciona que se tivesse conhecido Sophia no seu universo original, as duas seriam amigas de anime/manga e provavelmente teria apresentando Fortune Lover para ela. E apesar da Sophia não se lembrar completamente de sua vida passada, também enxerga sua querida amiga na Catarina. Esse laço entre as duas é muito bonito. Porque apesar de Sophia estar apaixonada por Catarina, assim como os outros, ela tem uma relação muito maior do que imagina e será eterno. E agora que você mencionou, faz sentido que Sophia inconscientemente esteja tentado ajudar Catarina a conquistar Nicol. Para falar a verdade, quando vi a cena pela primeira vez, achei que Sophia estava “dobrando” suas apostas. Afinal se ela não conseguisse conquistar Catarina e Nicol conseguisse, ela se tornaria parte da Família de Catarina e assim as duas poderiam ficar mais unidas. Mas o que você disse é bem mais profundo e muito lindo e triste. É tão agridoce pensar sobre isso tudo… Sophia ainda não recordou completamente de suas memórias, mas mesmo assim seu instinto a atraiu para Catarina. Pensando nisso, talvez seja por isso que Sophia desenvolveu um amor tão grande por Novels Românticas. Não é mencionado se a Sophia original tinha esse mesmo hobby. Na verdade sabemos muito pouco sobre ela. Apenas que ela cresceu sozinha (já que Nicol não conseguiu protege-la) e se tornou extremamente apegada ao irmão (o que resultou nela sendo umas das rivais do jogo). Talvez tenha sido a “personalidade otaku” da Acchan que a levou a gostar desse tipo de “vulgaridade” nos livros (lembrando que na época em que Hamefura se passa, livros românticos eram vistos de forma pejorativa entre a nobreza). O que quero dizer é: ainda existe muito da Acchan na Sophia. E talvez que tenha a levado a se apaixonar por Catarina, porque ela reconheceu sua antiga amiga nela (mesmo que não tenha notado) e o momento que diz que não irá perder Catarina de novo, só reforça esse pensamento. Também gostaria de saber quando Sophia ira lembrar completamente de seu passado. Qual seria sua reação? Ela e Catarina ainda tem muito o que conversar hahahah.

Alex – Sim, foi uma relação construída em tão pouco tempo entre elas e foi “destruída” por uma fatalidade. Renasceu movido por um desejo forte. É lindo! Mas agora, vamos retomar aos assuntos trabalhados no decorrer desse episódio. Foi reforçada a ideia de que o verdadeiro flag da destruição da Catarina é a Senhorita Claes, a mãe dela XD. Durante a Dungeon, tivemos as piadas corriqueiras, a disputa entre o Geordo e o Keith, a Maria tendo leves surtos diante da Catarina. Mas um dos pontos que me chamaram atenção lá dentro, foi o Geordo ter usado magia. Eu lembro que postagens atrás, eu comentei com você que achava estranho ele nunca ter usado magia, se era um complexo dele, ou algo do gênero. Mas nesse episódio, ele usou tranquilamente e acho que aí mora perigo, porque é original e o anime pode ter matado um twist de lááá na frente. Porque é muito estranho a Catarina ter se indagado sobre o Geordo não usar magia e nesse episódio ele a usar de forma tão natural. Mas isso é só especulação minha e confesso que estou com receio agora hahaha. Espero estar errado. E a Catarina é um imã de coisa ruim????? A garota encostava em algo e ativava uma armadilha hahahah. Seria uma flag da destruição tentando matar ela de todo jeito????

Rose – A Senhora Claes é uma boa mãe hahahaha. Catarina provavelmente viveria a vida despreocupadamente se ela não interferisse na educação da filha hahaha. Eu amo a dinâmica entre Geordo e Keith. A disputa entre os dois está se tornando cada vez mais acirrada. Mas as vezes eles parecem mais os pais da Catarina do que interesses amorosos hahaha Como essa garota sobreviveu enquanto eles estavam longe é um mistério para mim. E sobre o Geordo usar magia, aquilo me surpreendeu. Eu não esperava ver ele fazendo isso tão cedo (na verdade, até onde eu li na Novel, ele nunca usou). Esse lado do personagem foi novo para mim e eu queria ver mais disso no futuro. Seja na Novel ou na adaptação para mangá. Catarina atrai a própria desgraça hahaha Me preocupa ela ser tão tapada, porque ser idiota quando se trata de amor é natural, mas ser idiota no senso comum é demais hahaha. Os professores disseram que a Dungeon estava repleta de armadilhas (armadilhas que poderiam tirar a vida de qualquer estudante em segundos) e o que ela faz quando encontra um botão estranho? Ela aperta. Esse nível de raciocínio é pior que o da minha prima de 5 anos hahahahha.

Alex – Disputa por amor que pode acabar gerando um outro amor. Espero que tenham entendido o que eu quis dizer hahaha. Mas agora que você levantou esse assunto, eu me pergunto seriamente o que acontecerá com os personagens, porque pensa. Um deles ou algum outro personagem que não apareceu (nunca se sabe) ganhe o tão disputado coração da Catarina. Os demais vão seguir suas vidas e claro que eu penso que eles devem continuar sendo amigos, porque acima de interesses românticos, todos eles são companheiros. Talvez eles possam se relacionar entre si. Eu acharia legal se no meio dessa disputa, a autora fosse criando casais, sem necessariamente rejeitar o personagem. Mas essa pessoa se apaixonar por outra. Se por algum evento a Mary e o Alan acabam se apaixonando mesmo, seriam dois à menos, entende? Tipo, não ficar apenas na Catarina como “alvo”, ainda mais que de uma forma ou de outra eles interagem entre si, então nada impede que eles se apaixonem de novo. Geordo… Keith… Eu estou de olho em vocês meus queridos hahaha. Voltando ao tema do episódio, nós temos a Catarina doida pegando cogumelos sem saber se são ou não venenosos. Até nada muito fora do comum haha. Mas acho que todas as coisas que esse episódio teve de ruim, a pior foi a tentativa de fazer mistério com quem salvou a Sophia e a Catarina. Porque antes de eles entrarem na Dungeon, os professores disseram que o Sirius e o Nicol estariam lá para ajudar e na cena delas sendo salvas, nós temos o Nicol e os demais integrantes do harém no mesmo local. As garotas que (novamente) estavam encarando a Catarina, nós sabemos que não foram elas que a salvaram. Não teria motivo para isso. Logo, só sobrou o Sirius. Foi uma tentativa tão fajuta de fazer mistério, chega a dar raiva do que tentaram fazer. Era mais fácil ter feito mistério sobre o que poderia ser a fumaça preta que apareceu atrás da Catarina ao longo da Dungeon.

Rose – Fujodanshis não dormem em serviço hahaha Sinceramente, acredito que a autora vai sim desenvolver alguns casais (já tenho shippes em mentes hehe e você deve saber quais são). Catarina arriscando sua vida por comida (não me surpreende). E realmente, aquela tentativa de fazer mistério me doeu a alma (além de quase entregar o que vai ocorrer nos próximos episódios de bandeja). Sinceramente, seria melhor terem feito 11 episódios ao invés de colocar um filler tão mal feito hahaha. Mas um fato importante que você mencionou foi a fumaça negra. Você lembra que eu comentei sobre a ausência de luz no episódio 6 e isso era importante? Bom, essa fumaça negra está diretamente ligada a esse comentário.

Alex – Exatamente! Mas essa questão de quantidade de episódios é complicada, porque não é o estúdio ou diretor que decidem. É quem está bancando. Só lembrar de “Hoshiai no Sora” (link para a review), que estava planejado para 24 episódios, mas a produtora (quem banca o anime), no meio da produção voltou atrás e decidiu que seriam apenas 12 episódios. O anime foi meio que assassinado por causa disso, porque a produção estava tão adiantada que não tinha mais como consertar. Mas enfim, retornando ao foco, o anime conseguiu meio que matar dois dos três twists que teremos nessa temporada do anime. Se tivessem seguido uma certa ordem de eventos, acredito que o impacto seria bem maior pelo que o Rub me falou e tenho certeza que a mana pensa o mesmo. O segundo tem relação com o presidente, e com essa tentativa de fazer mistério malfeita, a produção entrega que tem algo com ele, MAS não vou entrar em detalhes do que envolve o presidente. Apenas aguardem! O terceiro twist é quase impossível de matarem, para estragar aquilo teriam que se esforçar DEMAIS! E é interessante saber sobre essa fumaça. Eu não sei ao certo o que ela representa, ou o que ela é de fato, mas é curioso. De toda forma, eu ainda estou animado com o que o anime trará, apesar dos pesares, ainda tem MUITA qualidade, e eu quero saber o que irá acontecer de fato.

Rose – Concordo. Se tivessem aguardado e segurado a informação por mais um tempo, toda a revelação causaria um impacto capaz de enlouquecer o fandom. Mas invés disso, apenas jogaram a informação em nossas caras como se não fosse nada e tentaram um mistério BEM óbvio. Mas quase nada está perdido. Acredito que iremos nos surpreender nos próximos episódios. Como você mesmo disse, o anime ainda tem muita qualidade e tenho fé que ele voltará aos trilhos no oitavo episódio. A “fumaça nagra” é um dos mistérios mais interessantes a respeito desse universo de Hamefura e sei que você ficará surpreso quando revelarem o que ela de fato é. Uma coisa interessante que reparei é que a única personagem capaz de ver essa “fumaça” é a própria Maria (que é uma personagem muito importante no universo da Hamefura por ter a Magia de Luz). O que será que isso significa? E como vai afetar no futuro? Opa… Sem spoilers hahahhahaha.

Alex – E pensando mais nessa questão de “causar loucura no fandom”, se não fosse por esse “erro” de escolhas, o anime poderia gerar um alvoroço nos fãs e seria muito bom, porque poderia ter aquele “UP” na popularidade do anime, mais gente vendo e louca para saber o que virá à seguir, e claro, teríamos mais gente pedindo a obra para as editoras nacionais trazerem algum material da obra. HUMMMM… Eu fiquei me perguntando sobre a fumaça, porque pelo que o anime deu a entender, quando a Catarina virava para olhar, ela sumia. Então eu achei que ela fosse visível para todos. Interessante, muito interessante… Veremos como isso vai se desenrolar. É isso por essa semana. Mais algum comentário, mana?

Rose – Nada em especial para apresentar. Fora o prazer que é escreve com você hahhahaha

Alex – Ownt, digo o mesmo. Sempre muito divertido ^^. Espero que os leitores também gostem haha.


Apreciação de Hamefura de hoje.
O verdadeiro flag da destruição ataca novamente!
Estou de olho em vocês dois!!!

4 comentários em “Otome Game no Hametsu Flag Shika Nai Akuyaku Reijou ni Tensei Shite Shimata (Hamefura) #7 – Impressões semanais

  1. a premissa da história é tão boa, e tem sido bem executada até então apesar desse episódio não ter sido tãaaaao bom. posso ser sincera? vi poucos animes por enquanto, então eu não estava esperando (ou preparada) pelo elemento “harem” da história (não sabia nem o que otome game realmente significava), e não sabia como funcionaria o formato de animes com inúmeros interesses românticos. não tenho certeza se é um gênero do qual eu goste muito, mas o carisma e a comédia que é a catarina compensam absolutamente tudo (fora que tem a possibilidade de TRÊS meninas como interesse romântico da principal, o que é satisfatório de acordo com a minha pessoa).

    e se me permitem tirar uma dúvida, pelo o que vi (através do wikipédia), as lights novels não estão finalizadas, estão em andamento, então não há realmente um final definitivo para a história por enquanto. isso é algo que tem me deixado bastante confusa. antes desse, o último anime que completei tinha o mangá em andamento e o jeito que o anime terminou foi bem frustrante porque não chegou a concluir a história, deixou elementos centrais da história em aberto. é comum disso acontecer nos animes? finais incompletos que te fazem ter que acompanhar a fonte original (mangá/light novel/o que for) para realmente chegar a um final conclusivo para a história?

    ah, e também: é certo que serão 12 episódios de bakarina?

    As credenciais do WordPress.com / Gravatar.com podem ser utilizadas.

    Curtido por 1 pessoa

    1. É bastante comum o anime terminar em aberto, isso acontece porque as adaptações em anime são para isso: atrair pessoas para lerem o material original. Então o anime é uma forma de marketing para os mangás, light novels, jogos e afins. A novel original está em andamento com 9 volumes, o mangá está em andamento com 5 volumes. Quando o anime terminar, teremos que torcer para que a obra gere lucro lá no Japão (por meio das vendas dos box de Blu-ray e DVD), ou ter dado muita audiência em sites de streaming, que distribuiem o anime de forma legal pelo mundo, aqui no Brasil o anime está sendo transmitido pela Crunchyroll. Assistir nesse site ajuda a financiar novas temporadas dos animes ^^.

      Continue assistindo o anime, o final dele vai ter uma surpresa bem bombástica eu diria. E temos que torcer para ele ter gerado lucro no mundo e no Japão. No demais, temos que aguardar para ver se uma nova temporada é anunciada :).

      Obrigado por ter lido a postagem ^^.

      Curtir

  2. a premissa da história é tão boa, e tem sido bem executada até então apesar desse episódio não ter sido tãaaaao bom. posso ser sincera? vi poucos animes por enquanto, então eu não estava esperando (ou preparada) pelo elemento “harem” da história (não sabia nem o que otome game realmente significava), e não sabia como funcionaria o formato de animes com inúmeros interesses românticos. não tenho certeza se é um gênero do qual eu goste muito, mas o carisma e a comédia que é a catarina compensam absolutamente tudo (fora que tem a possibilidade de TRÊS meninas como interesse romântico da principal, o que é satisfatório de acordo com a minha pessoa).

    e se me permitem tirar uma dúvida, pelo o que vi (através do wikipédia), as lights novels não estão finalizadas, estão em andamento, então não há realmente um final definitivo para a história por enquanto. isso é algo que tem me deixado bastante confusa. antes desse, o último anime que completei tinha o mangá em andamento e o jeito que o anime terminou foi bem frustrante porque não chegou a concluir a história, deixou elementos centrais da história em aberto. é comum disso acontecer nos animes? finais incompletos que te fazem ter que acompanhar a fonte original (mangá/light novel/o que for) para realmente chegar a um final conclusivo para a história?

    ah, e também: é certo que serão 12 episódios de bakarina?

    Curtir

Deixe uma resposta para thais Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s