Review de Shokugeki no Souma: Shin no Sara

O Slideshow de comida com muitas reviravoltas das reviravoltas.

SINOPSE: Souma agora deve enfrentar os alunos mais prestigiados/habilidosos da melhor escola culinária do mundo, a fim de evitar a sua expulsão e a de seus colegas.

Nada de novo em uma quarta temporada de um anime de lutinhas culinárias

Não estou desmerecendo o anime com meu subtítulo que utilizei acima (já assisti animes com animações piores e que curti no final das contas). Só me refiro que se você assistiu as temporadas anteriores, não tem nenhuma novidade ou mudança significativa em relação da produção do anime. São os mesmos quadros estáticos de todo sempre (e foi piorando conforme foi passando as temporadas. Impressão minha ou a verba diminuiu cada vez mais a cada nova adaptação?) com linhas de ação para fingir algum movimento, com exageros em torno da gula dos jurados, o ecchi “alimentício”, os resultados das disputas previsíveis, competições sem sentido algum, toda a cartilha ainda está lá.

O que posso falar que me chamou a atenção e isso começou desde da metade da segunda temporada, Shokugeki está em uma quinta marcha no quesito adaptação. Está tão frenético esse ritmo narrativo e que acontece tanta coisa em um mesmo episódio, que todos os acontecimentos perdem força, porque o espectador não tem um tempo sequer para absorver tudo que ocorreu. São tantas reviravoltas, que no final, você nem lembra o que motivo que levou a ter uma competição “mortal” para a sobrevivência dentro da escola. Façam um teste: Quem o Souma enfrentou na primeira partida dessa competição que teve nessa temporada? Como ele ganhou? Com que prato? Por que ele venceu e os motivos dos jurados terem votado nele? E na segunda partida? E na terceira? E os outros duelos? Quem ganhou? Quem perdeu? Quais foram os pratos?…. Viram só que vocês NÃO LEMBRAM DE QUASE NADA QUE ACONTECEU NO ANIME.

Todas as partidas (exceto a última), interessou para a trama central. Quem são os ‘cadeiras’ da MELHOR ESCOLA DE CULINÁRIA DO MUNDO? Por que eles estão lá? Qual foi o merecimento deles? E aquelas são as suas habilidades que os levaram ao topo do ranking? (Pergunto isso porque tem personagens com habilidades mais fortes e únicas que deveriam estar lá em vez desse pessoal. Uma discrepância de forças e não se tem uma métrica clara de classificação). São perguntas e justificativas que não se tem no anime (e nem no mangá para deixar claro). É uma parada que falta como um todo na história, que é de causa e efeito, ausente por todo o original, e consequentemente no anime também. As coisas vão acontecendo, e acontecendo, e acontecendo, que você se obriga a não pensar para tentar apreciar algo na adaptação.

E temos um outro problema, que é a previsibilidade do torneio. Já na primeira partida, eu sabia o que iria acontecer. Nem me refiro ao anime, porque enquanto eu lia o mangá (terminei de ler todo o mangá de Shokugeki), estava ESCANCARADO o resultado final de tudo. Cheguei a acertar que a partida final seria de duplas e que uma personagem feminina (evitando spoiler) iria ficar no TOPO da escola (aqui chutei que ela seria a 1ª cadeira e não a diretora…meio certo xP). A partida começava e sabia o que iria acontecer. Basicamente, Shokugeki no Souma virou um shounen formulaico preso dentro de sua própria previsibilidade.

Acontece partida X e em cena o protagonista disputando com um adversário qualquer. “Aparentemente” o protagonista está em desvantagem. Diálogos expositivos. Personagens explicando PARA SI MESMO como é a receita de seu prato e como é TÃO FODA. Mais diálogos expositivos. Todo mundo achando que o protagonista vai perder. O adversário serve primeiro seu prato. Os jurados tiram a roupa e todo mundo se excita com o misto de sabores. MAIS E MAIS diálogos explicando a fórmula do prato (diversas vezes não faz sentido algum do que eles estão falando, mas ok. O prato tem base científica boa, mas o resto dos diálogos é de bater a cabeça na parede). Souma serve o prato. Ele tem uma arma secreta, que não faz sentido não terem visto ele ter preparado em um palco com dezenas de milhares de pessoas assistindo aquilo. Todo mundo atingem o ápice do prazer. E o Souma vence. PRONTO. Resumi 98% de todas as disputas das quatro temporadas. O roteiro ficou tão engessado em alguns alicerces, que o prejudicou DEMAIS para tentar me deixar com algum interesse de continuar. Tanto no mangá por já conseguir adivinhar o que viria, como no anime por já saber como tudo termina. Foi na base de muito esforço de tentar terminar as coisas que começo, que consegui ver essa quarta temporada. Muito tedioso minha experiência ficou e só vai piorar daqui para frente.

O que falar da parte técnica se tudo é estático?

Se for para elogiar algo, falo da “consistência” da animação xP (também, se errasse em PNGs safados em formato anime, é que a situação estava crítica xD). O estúdio é J.C.Staff (já teve épocas melhores e que faziam animes com produção de qualidade elevada), então nada de primoroso era prometido. Obviamente foi entregue algo básico do básico. O “time que está ganhando não se mexe” foi levado a sério aqui. Mesmo com algumas mudanças de staff entre as temporadas, tudo continuava na mesma. Trilha sonora esquecível, animação em frames122.jpg, roteiro meia boca e uma direção ausente. Era quase um copia e cola do mangá, só que na velocidade x2 do Youtube na transposição do original para as telas. Nem sei se posso definir isso como adaptação. Sacrificaram até o ritmo do bagulho para conseguir chegar em um ponto específico para fecharem o arco do torneiro e finalizar essa história na quarta temporada. Não sei se foi a melhor escolha a se fazer. Talvez mais episódios amenizariam um pouco essa narrativa desenfreada.

Mais alguns comentários

Nenhuma disputa me empolgou na quarta temporada. Nem quando envolvia a Erina (minha personagem favorita da obra), chamava a minha atenção. E acho uma falta de desperdício no desenvolvimento da personagem em simplificar DEMAIS seus traumas na infância e resumir a meros problemas corriqueiros. Podiam ser explorados tantas vertentes e até aprofundado o relacionamento problemático familiar que ela tem em casa. Só que toda essa apresentação de seu passado, serviu apenas para mostrar a motivação de seu pai. E o medo dela some de uma hora para outra, com a força da amizade. NEM RESQUÍCIO DE TEMOR TINHA NO CONTINUAR DO ENREDO. Uma resolução simplificada e porca para a única personagem que tinha algo a ser trabalhado nessa temporada. (TEM UM POUCO DE SPOILER AQUI: não muda nada e nem constroem a persona da Erina no resto do original)

Acho o Souma simpático. Não é aquele protagonista bonzinho patológico que tenho uma preguiça, nem aquele personagem EDGY e DENSO em demasia. Não é um dos meus personagens favoritos, mas está cumprindo sua função como personagem principal.

Agora os demais personagens são estão ali para serem PALESTRANTES de pratos. É MUITO IRRITANTE. TODO MUNDO EXPÕE INFORMAÇÕES QUE JÁ SABEMOS OU DE CONHECIMENTOS GERAL, MAS ESTÃO LÁ VERBALIZANDO A CENA. Ô MEU CARALHO. Eu tentava ignorar, entretanto, no original, o autor passou dos limites e no anime foi potencializado.

E não gostei da resolução final. O pai da Erina aceita e vaza tranquilamente. Na real, TODOS DA ESCOLA ACEITAM A “TROCA DAS CADEIRAS” E FICA NISSO. Sei que mais para frente vão ter algumas consequências, mas já sei o que vai vim e estou ligado que nenhuma reação será proporcional a essa mudança total de STATUS QUO daquela instituição de ensino culinário.

Conclusão

Se você nunca assistiu Shokugeki antes, nem precisa mais porque não vale a pena de forma geral. Agora, se já assistiu todas as três temporadas do anime, faltando apenas a quinta para completar tudo, pode assistir que você já sabe o que te espera. Já que está na “merda”, bora se lambuzar todo e sair fedendo do chorume com muito orgulho. xP

Um comentário em “Review de Shokugeki no Souma: Shin no Sara

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s