Review de Assassins Pride

Não temos nada de se “orgulhar” por termos visto esse anime. xP

Bem vindos a mais uma review da temporada de Outono de 2019. Agora com um texto colaborativo entre mim e o Alê, comentando um pouco sobre o anime Assassins Pride. Essa “maravilhosa” adaptação de uma LN.

SINOPSE: A obra se passa em um mundo em que a classe mais alta da sociedade, tem a possibilidade de manipular a mana e usá-la em combates. O nosso protagonista, Vampir, foi contratado para matar a filha de um poderoso politico. Envolvido em uma intriga politica, ele decide proteger seu alvo (Melida) das mãos inimigas.

RUB: Alê, demorou e você se perdeu no meio do caminho, mas enfim conseguiu terminar o ‘Assassino Orgulhoso’. Diferente de você, acompanhei essa “saga” semanalmente e digo que foi bem sofrível esse período de ver essa “bela” arte japonesa xP. Pensei que teríamos um anime mais movimentado já que os primeiros minutos do anime, teve toda aquela cena com o nosso PROTA executando uma porrada de gente e tendo como inimigo o cara de bandagem que aparentava ser forte para caralho (só parecia), dando a impressão de algo dinâmico. Só que em troca, tivemos um anime de cotidiano quase na maior parte do tempo de uma guria loira, loli, sem graça, que por algum motivo, que até agora eu não sei, ganhou a atenção do protagonista que decidiu protege-la de todos os assassinos que a queriam morta.

ALÊ: Me perdi TOTALMENTE! Tanto que até hoje tenho animes para terminar. Tem animes da temporada de ABRI para ver, mas aos poucos eu vou me ajeitando, terminando um anime de cada vez ou maratonando um ou outro nas próximas semanas. Só não posso me atrasar muito com os animes dessa temporada. Se isso acontecer, eu estou muito ferrado XD. Eu vi Assassins Pride em 2 dias e posso dizer que foi HORRÍVEL. Foram 12 episódios de um grande NADA! Os personagens são horríveis, as coisas acontecem e terminam sem uma conclusão decente, personagens que quebram sua lógica pessoal por conveniência, causa e consequência não existe, dentre outros aspectos que traremos aqui. Digo inclusive, que a única coisa que de fato é boa aqui, é a música da OP, que é viciante para um caralho.

RUB: Admito que curti a música também. Ela é genérica e tal, mas a desgraçada é um chiclete que escuto até hoje. Mas a música é muito melhor que a OP em si. Queria saber o mano que fez aquele storyboard. Bagulho confuso da porra. E complemento que quando aparece as roupas das gurias no anime, elas são horrorosas (a pessoa responsável pelo Character Design morreu no processo, só pode). No primeiro episódio até que não aparece tanto, mas nos outros episódios era uma tortura visual. Os uniformes escolares delas eram bizarros e feios, em que era impossível distinguir o que era pele da roupa das personagens. Você chegou a zoar as vestimentas no Twitter. Se fizesse riscos horizontais, era possível ver a cara de um gato.

ALÊ: A música gruda demais hahaha. Fico ouvindo em loop. A maior parte das roupas das garotas é no mínimo estranha. O uniforme da escola delas é horrível demais e muito estranho. O negócio é colado e péssimo de diferentes formas. Fora que toda garota é loli ou quase isso… E conforme vai passando os episódios, isso vai agravando porque a produção pede socorro e só fica pior dali para frente. A partir do episódio 2, a produção já está pedindo por ajuda e isso vai agravando nos episódios seguintes… Uma maravilha

RUB: Tem uns prints que Deus me livre…se enquadrar e vender como arte abstrata, vai ter um louco comprando ela. Consistência passou longe aqui. Mas quero focar na maravilhosa HISTÓRIA do Assassino Orgulhoso. O que temos no inicio, é uma apresentação básica dos personagens, em que nos é mostrado o terrível BULLYING que a Melida sofre na escola por ser uma possível filha bastarda de uma figura de poder importante naquele país. Também temos o Vampir que viu potencial nela e decide treiná-la. E temos a TODA MALDOSA Nerva (a garota de que cabelos vermelhos) que adora zoar a Melida por motivo nenhum. Com apenas essas 3 FRASES, resumi os três episódios. NADA MAIS ACONTECE. Minto. Só para não falar que estou exagerando, temos uma competição no festival escolar que é um Pegue a Bandeira, só que com poderes de Classes BIZARRAS (classe Palhaço e a classe Donzela é de foder a mente).

ALÊ: Daria para tirar um bom dinheiro vendendo os prints dos episódios XD. E você resumiu MUITO bem esses três episódios. Com mais um ou dois parágrafos, nós conseguiríamos resumir o que acontece nesses 12 episódios de Assassins. A minha grande questão com esse anime é: COMO É QUE ADAPTARAM 10 VOLUMES (mais um volume extra) DE LIGHT NOVEL E ELES CONSEGUIRAM DEIXAR ISSO CHATO E VAZIO?????!!! A Novel não tinha NADA para extrair de “interessante”? Tudo é um nada em Assassins Pride. O campeonato é uma merda. Eles tem uma semana para treinar, mas não mostram o treinamento porque não da tempo… TOP DEMAIS! Essas classes olha, são perfeitas pérolas. Saem do nada e são umas piores que as outras. Não lembro de quase nenhuma haha.

RUB: Nem precisa lembrar das classes. Pensa em uma profissão qualquer e com certeza deve ser uma classe na obra. Não duvido nada de ter uma classe Pedreiro ou Padeiro sendo úteis em batalha. xP. Mas o que puxa outra parada que quero comentar: A classe do nosso protagonista e sua raça. Já não curti quando o anime misturou vários conceitos como seres mitológicos, folclore, raças de RPG em uma farofa colossal (ter vampiros, lobisomens, elfos, palhaços, dragões, Deuses Gregos…). Agora, quando o nosso VAMPIR diz que é um VAMPIRO foi um soco na minha cara INACREDITÁVEL. O FILHO DA PUTA TIROU UMA LETRA E É O PRÓPRIO NOME DO CIDADÃO??? SE FUDER!!! É me chamar de burro e ainda cuspir na minha cara. E o cara da bandagem ser um Licantropo…seja lá o que é isso, pois Lobisomen ele não é.

ALÊ: O padeiro pega o pão baquete para bater hahaha. É uma grande farofa. Tem de TUDO ali e o que você procurar, TEM! Se você acha que não tem, é porque não apareceu no anime. O autor estava INSPIRADO PARA ESSE NOME de VAMPIR! Ele usou toda a sua criatividade, para dar esse sobrenome que não revela NADA! Nome dos infernos esses PQP. Não lembro de nada, mas sei que não vai acrescentar no anime porque nada importa.

RUB: COMO ASSIM!? TEVE CENA IMPORTANTE SIM, COMO A ASSASSINA QUE SÓ SE COMUNICAVA COM PAPEL, MAS NO FINAL DO EPISÓDIO, DECIDIU, NADA REPENTINAMENTE, FALAR NORMALMENTE, NUMA CLARA EVOLUÇÃO DE PERSONAGEM! (queria bater minha cabeça na parede com força, para ver dentro do meu crânio, se meu cérebro não tinha derretido com esse enredo. xP) Puta merda, que DROGA foi essa??? E o pior…depois desse episódio, eu nem sabia quem era que estava atrás para matar a Melida. Não sei se aconteceu contigo Alê, mas chegou em um ponto, que não sabia qual o grupo politico que estava mandando os assassinos para matar a guria. Se era o próprio pai, os inimigos políticos, gente da escola, os nobres que queriam revolução…Estava tanto no foda-se, que quando aparecia alguém para matar a protagonista eu só pensava: “Foi alguém das MILHARES de pessoas que querem a Melida morta que mandou essa pessoa. QUEM??? Pouco importa.”

ALÊ: MANO Hahahahahaha. Eles apresentam a personagem como uma pessoa que usa a porra de um papel para “falar”. Isso era relativamente interessante, mas aí foda-se e ela começa a falar. Não só isso, como vira INSTRUTORA NA ESCOLA. Ela estava até pouco tempo querendo matar, mas aí vira professora… TOP! A escola não tem seleção, não? Eles aceitam qualquer um???? Isso foi muito ruim hahaha. Sobre mandar matar a guria, primeiro começam dizendo que o pai da guria que disse para matar ela caso ela fosse inútil mesmo e filha do amante. Porém, do nada, vira uma organização querendo matar ela. Mas concordo contigo. Tem meio mundo querendo matar a guria e uma parte desse pessoal vira aliado. Por quê? Não sei, mas não é como importasse. Querem matar ela porque sim, mas também querem salvar ela porque sim.

RUB: Aí é que tá o maior problema do anime. O autor está cagando e andando para a história que está contando. E temos vários exemplos: O lance da prima da Melida querer ser inimiga para ganhar da dela e dar mais “destaque” para a guria na escola. Vencer a Melida no duelo FAZ TODO SENTIDO para valorizarem a coitada. CERTEZA QUE O BULLYING ACABA (!?) E TODOS RECONHECEM SUA VITÓRIA…DIGO DERROTA. COMO NINGUÉM PENSOU NISSO? Ou do próprio pai da Melida querer matar a coitada, para depois falar que a ama naquela despedida no trem no final do anime. Ou da guria que estava em um grupo politico rival e decidiu ORGANIZAR UMA FESTA DO PIJAMA NO ESGOTO DA ESCOLA. CARALHO! HIGIENE E LÓGICA CAMINHAM LADO A LADO AQUI NESSE ENREDO.

ALÊ: Sim e para fechar, eles tiveram que adaptar 1 volume por episódio. Então, a história que já é uma merda, conseguiu ficar pior ainda correndo daquele jeito. Só para completar o pacote, a direção é uma maravilha de tão RUIM!!! Até o bullying da Nerva é sem sentido se for parar para pensar. Fazia bullying com a garota porque queria ser AMIGA DELA, pois ninguém falava com a Melida e fazia BULLYING para se aproximar. Nada tem sentido nessa bagaça.

RUB: Eu queria entender uma coisa. Se for verdade que eles adaptaram 10 VOLUMES no anime, só mostra como TINHA COISA INÚTIL no original. Imagina uma média de 300 páginas cada volume. Foram 3000 páginas resumidas em pouco mais de 4 horas de exibição. Nem a trilogia do Senhor dos Anéis fez essa façanha em resumir as coisas nesse nível. Pensa comigo: do episódio 1 ao 5, foram apresentações de personagens com direito a festival escolar e battle royale. O episódio 6 foi o chá de “merda” (esgoto) com fantasma que soltava slime grudento no corpo das gurias. Do 7 ao 9 foi a saga da irmã do querido Vampir (que não foi mostrado antes que ela era sua parente, sendo que eles CONVERSAVAM direto na escola sendo professores) em recuperar sua memória e depois perde-la NOVAMENTE, voltando para a estaca zero. (Não sei porque esse arco existiu, já que não mudou nenhum status quo de NINGUÉM) E do episódio 10 ao 12, o arco dos contos de fadas em que temos o pai da Melida de um lado e do outro, um grupo aleatório que DESISTIU de mata-la porque a Melida despertou poder oculto e que tem a possibilidade de ser realmente filha biológica do Chefe de Estado. Olha como foi um GRANDE NADA todos os eventos que ocorreram nesse anime. Nem os treinamentos para a Melida para ficar mais forte era mostrado. Ela tirava o poder do cú, o Vampir também ganhava um boost do além e terminou essa temporada com nenhuma mudança com todos virando amiguinhos. Eu assisti o que afinal???

ALÊ: Uma pesquisa rápida no Baka Updates e uma visita rápida a lojas de vendas japonesas, mostra que Assassins tem média de 350 páginas. Por falar no arco da irmã do senhor Vampir, ele poderia facilmente ser cortado e colocado como uma lembrança do prota e/ou em uma conversa com a loli loira fácil, fácil. Até o arco final, a garota de cabelo preto vira a vilãzinha, mas no fim, nada importou. É como se ela não tivesse feito nada de errado ao tentar matar a garota (indiretamente) porque viraram amiguinhas. O que me leva a pensar por que Assassins Pride existe e por que raios ele ganhou um anime????? O prota “””FODÃO””” rendeu tudo isso para chegar ao ponto de ganhar um anime?!

RUB: Também queria entender. Os produtores leram a bagaça, viram que o material era uma merda inchada, sem conteúdo, e ainda sim investiram dinheiro no projeto? Que coragem de fazer essa aposta. Praticamente jogaram dinheiro fora. Melhor dizendo, eles deviam estar descrente com a adaptação, vide a parte técnica do anime estar péssima e colocaram pouca grana na parada. A animação é o que evidencia. Frames principais e com focos nos personagens, estavam com uma qualidade digna de cópias baratas da Nike feitas na China. Os animadores foram pagos com bala de morango e cigarro Derby. xP

ALÊ: Acho que por isso que deram para o estúdio EMT hahahaha. A empresa está caindo aos pedaços e o que viesse dali era lucro. Olha, não duvido que tenha sido mais ou menos isso (coitado deles). Tinha frames com close no rosto que estavam tortos. Olhos, bocas ou corpos bugados. A melhor parte eram os personagens de fundo, todos travados e tortos numa única posição hahahaha. Uma maravilha de animação XD.

RUB: Pois é. As imagens desse post irão ilustrar o que estamos falando. Mas enfim, com toda essa saga de grandessíssimo nada, com certeza não recomendaremos o anime nem para passar o tempo. Em muitas ocasiões, eu estava me perguntando o porquê de ainda estar vendo vendo aquilo e fazia um enorme esforço para tentar não dormir a cada semana que passava um novo episódio da animação. A única coisa que elogiamos foi uma parada externa ao anime (a música de abertura). A adaptação errou de tantas formas diferentes, que fica difícil recomendar o anime, mesmo que seja para se divertir vendo algo ruim.

ALÊ: Eu tinha vontade de pular alguns minutos do episódio (não ia fazer falta mesmo), porque além de não ter nada relevante, o tempo não passava. Ele é chato e carregado de diálogos que não tem utilidade. Eu sei que é repetitivo caro leitor, mas é isso que Assassins Pride é. Um grande vazio. E não recomendo. Não é a pior coisa que já assisti na vida (olá senhor Goblin Slayer), mas está entre as piores com certeza.

RUB: Então fica a dica para os corajosos que vão se aventurar em ver o anime: Pode ver na velocidade 4X que você vai consumir o “produto” da mesma forma, sem diferença alguma na experiência para você leitor em relação a que eu tive. Vai ficar sem entender nada da história, porém não precisa prestar atenção que não faz falta. xP

ALÊ: Sempre têm os corajosos (Ou seriam doidos? Fica a dúvida XP) para enfrentar esse tipo de anime. Vá por sua conta em risco, e se você ver, lembrar desse post e venha nos contar sua MARAVILHOSA experiência com este anime :).

Um comentário em “Review de Assassins Pride

  1. Um dos meus maiores erros foi ver esse anime sem ao menos ver alguma resenha dele, AS CAPAS ENGANAM, eu achei que ia ser um anime foda de magia mais literalmente foi 12 eps de uma loli e um vampiro dark q se apaixonaram depois de trocarem 2 palavras. Literalmente a unica coisa foda do anime foi a mina q falava por papel mas cagaram totalmente pra ela e deixaram ela de figurante. Sinceramente gastei meu tempo assistindo, ao longo do anime comecei a pensar:”Eu poderia estar assistindo algo bem melhor”. E esse final ta pior que minha redação na escola, oq foi aquilo???????só me decepcionei

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s