Apostas de anúncios para os eventos de dezembro (CCXP e Ressaca Friends)

Fim de ano chegando e com eles os 2 “tradicionais” eventos.

Todo fim de ano, em meio à tantas coisas, uma das mais esperadas (ou temidas) são os anúncios realizados pelas editoras. Dito isso, vou colocar aqui algumas apostas para anúncios. Algumas são “óbvias”, outras nem tanto, outras que vão estar porque sim/eu quero sonhar e outras que estarão só pela tristeza, pois a esperança é a última que morre *risos*.

As sugestões abaixo foram todas dadas por seguidores do Twitter, aos quais eu agradeço imensamente ^^.

  • Demon Slayer (ou Kimetsu no Yaiba):

Um sucesso inegável, a obra se tornou muito conhecida graças à sua adaptação em anime, exibida entre abril e setembro deste ano e dado o tamanho sucesso, é de se esperar que venha para o país, não se tornando mais uma questão de “se virá” e sim, “quando virá” :). A única editora que apontaram para a publicação foi a editora Panini, editora essa que eu também acredito que irá lançar o título por aqui.

O mangá é publicado na França pela editora Panini, nos EUA pola VIZ Media, na Espanha pela NORMA, na Itáilia pela Star Comics, na Argentina pela Ivrea (a publicação começa agora em dezembro) e, até onde eu consegui pesquisar, o mangá não é lançado na Alemanha, na Polônia e no México.

Demon Slayer é de autoria de Koyoharu Getouge. É publicado nas páginas da revista Shonen Jump desde fevereiro de 2016 e segue em publicação, com 17 volumes atualmente e o volume 18 está previsto para o dia 4 de dezembro. A obra possui alguns boatos de que a obra já está se encaminhando para o final.

O título em questão foi um palpite dado por: @joaomnascimento42, @Davi44C, @sailorvivi8, @BBMangas, @miutuallove, @vaidarviadinho (que agora é o @etranger_boy), @MisuRose, @PCLXXX, @xDeltaFox1 e pelo (a) @AzumiiOf.

  • Haikyuu!!

Outro título muito, mas MUITO esperado. Vai ano, vem ano, vem uma oportunidade, passa essa oportunidade e nada do mangá de Haikyuu!!. Mangá tão querido e tão aguardado, mas que até hoje, nenhuma editora o anunciou. Esse é um dos casos que supostamente já deveria estar sendo publicado em nosso país há muito tempo, desde que sua primeira temporada em anime estreou. Entretanto, como vocês devem saber, até hoje, pouquíssimos mangás com temática de esporte foram publicados por aqui, mas como a esperança é a última que morre, muitas pessoas ainda pedem o mangá, principalmente na página da editora Panini. Creio eu, quase todo mundo acredita que a editora publicará o título por aqui, isto é, SE o mangá vier.

O mangá é publicado na França e na Alemanha, o título é publicado pela editora KAZÉ, nos EUA pela VIZ Media, na Itália pela Star Comics, o mangá não é publicado na Espanha, Polônia, Argentina e México.

Haikyuu!! é de autoria de Haruichi Furudate, estando em publicação desde 2012, nas páginas da revista Shonen Jump, da editora Shueisha. Atualmente o mangá tem 40 volumes, com o volume 41 previsto para 4 de janeiro de 2020. Tempos atrás foi anunciado que o mangá entrou em seu arco final, arco este que se passa no Brasil ^^.

Haikyuu!! foi palpite do @Davi44C, da @sailorvivi8, da @muituallove, do @PCLXXX e do @xDeltaFox1.

  • Banana Fish:

Título sugerido pelo @vaivdarviadinho e pela @fujoships. Banana Fish é um título numa situação “”interessante””, ele palpitou que viria pela Panini,. Eu também acho que possa vir pela editora Panini, porém, também acredito na ´possibilidade de acabar sendo anunciado pela editora NewPOP. Meses atrás eu havia feito uma thread no meu Twitter pessoal, sobre alguns pontos que deveriam ser considerados para ver as chances do mangá ser anunciado e publicado em nosso país. O selo PRIME da NewPOP abre uma possibilidade “maior” de termos o título.

Banana Fish foi publicado na Itália em meados dos anos 2.000 pela Panini, este ano o título receberá uma nova edição, também pela editora Panini, reduzindo os 19 volumes para apenas 10, começando a ser publicado em dezembro. O título também foi anunciado na mesma época na Espanha e na Alemanha, neste último, porém, o mangá também será um relançamento (será uma edição em 7 volumes, seguindo a Ultimate Edition, sua publicação começa em fevereiro de 2020), originalmente, o mangá foi cancelado na Alemanha em sua décima edição devido as más vendas, em ambos os países. O mangá foi lançado pela Panini. Na França, o mangá também foi publicado pela Panini, publicando seus 19 volumes entre 2002 e 2006. O mangá ainda foi lançado nos EUA pela VIZ Media, em duas oportunidades, a primeira entre 1999 e 2002, mas foi cancelada em seu sétimo volume e, a outra publicação seguindo a edição original de 19 volumes, foi publicada entre 2004 e 2007. Até onde sei, o mangá não é lançado na Argentina, Polônia e México.

Banana Fish é de autoria de Akimi Yoshida, serializado na revista Bessatsu Shoujo Comic, da editora Shogakukan. O mangá foi publicado entre os anos de 1985 e 1994, sendo concluído em um total de 19 volumes. No Japão foram feitas outras versões da série reduzindo seus volumes, uma para 10 tomos e outra para apenas 7 volumes.

  • Tate no Yusha no Nariagari e Goblin Slayer (mangá):

Sugeridos pela @sailorvivi8, ambas adaptações em mangá de duas Light Novels que ficaram em evidência devido as suas adaptações em anime no ano passado (no caso de Goblin Slayer) e este ano (no caso de Tate no Yusha). Ela acredita na vinda dessas “”obras”” pela editora Panini. Confesso que também pensava assim, mas agora que uma certa editora resolveu dar uma de Panini (olá JBC) e anunciar adaptações em mangá de LNs famosas, não duvido em nada que pelo menos uma delas acabe vindo pela JBC.

Tate no Yusha no Nariagari é publicado nos EUA pela editora One Peace Books, a Light Novel também é publicada por lá pela mesma editora. Na França o mangá é publicado pela editora Bamboo, a novel por sua vez é publicada pela One Peace Books. Na Espanha o mangá foi anunciado pela Ivrea semanas atrás em um evento que ocorreu por lá. Na Itália o título é lançado pela editora J-POP. Já na Alemanha, só o mangá é publicado, por lá ele e é lançado pela editora TOKYOPOP. Nem o mangá, nem a novel são lançadas no México, Polônia e na Argentina.

Goblin Slayer é publicado na França pela editora Kurokawa, bem como sua Light Novel, que também é lançada por esta editora. Nos EUA tanto o mangá como a sua LN são publicados pela Yen Press. Na Itália, na Alemanha e na Espanha somente o mangá é publicado, sendo que na Itália ele é lançado pela J-POP, na Alemanha pela Altraverse GmbH, na Polônia pela Studio JG e na Espanha pela Ivrea. Na Argentina, o mangá e a novel são publicados pela Ivrea.

Tate no Yusha no Nariagari, é uma Light Novel de mesmo nome, escrita por Aneko Yusagi, com ilustrações de Seira Minami. Originalmente, Tate no Yusha é uma Webnovel completa em 409 capítulos, que posteriormente foi selecionada pela editora Media Factory para ser publicada em volumes e volumes estes que vem sendo publicados desde 2012, estando atualmente com 22 edições. O mangá, por sua vez, é de autoria de Aneko Yusagi e ilustrações feitas por Kyu Aiya. O mangá é publicado desde 2014 na revista Comic Flapper, revista da própria Media Factory, atualmente conta com 14 volumes, sem previsão de término.

Goblin Slayer, também é originado de uma Light Novel de mesmo nome, escrita por Kumo Kagyu, com ilustrações feitas por Noboru Kannatsuki e está em publicação desde 2016, estando atualmente com 11 volumes. A novel é publicada pela editora SB Criative. O mangá é de autoria de Kumo Kagyu, com desenhos de Kousuke Kurose, e é publicado na revista Big GanGan, da editora Square Enix, estando em publicação desde 2016 e atualmente tem 8 volumes, sem previsão de término.

  • Solo Leveling:

Obras de origem coreana e chinesa vêm ficando em evidência de alguns anos para cá e, um dos títulos que vem ganhando notoriedade é Solo Leveling. Não é à toa que ele está aparecendo aqui. O título foi sugerido por @Davi44C (não foi bem uma sugestão do Davi, mas vou encaixar aqui) e pelo @UniLeveling, ambos palpitaram que a obra poderia ser anunciada pela JBC e bom, EU não acho que a obra virá tão cedo. Na mesa redonda com os editores de mangás, realizada semanas atrás, um dos assuntos foi se as editoras estavam interessadas em adquirir títulos coreanos, os Manhwas. Foi dito que, ao menos por hora, isso era inviável, visto que o custo para licenciá-los está muito alto e disseram até que os preços chegam a ser mais altos do que muitos títulos famosos do Japão. Assim, não vejo um manhwa sendo lançado no Brasil tão cedo, ainda mais com a crise, em que tudo está tão caro. Lembrando que uma grande maioria desses manhwas são totalmente coloridos, logo, o preço de uma única seria muito alto (à depender da editora e da quantidade de páginas, acredito que o preço possa chegar na casa dos 40 ou 50 reais), então o que posso imaginar de manhwa sendo anunciado, é algum volume único para testar mercado primeiramente.

Solo Leveling não é publicado em nenhum país do ocidente até onde consegui pesquisar.

Solo Leveling nasceu originalmente como uma série de livros escrita por Chu-Gong, que começou a ser publicada em fevereiro de 2015, sendo concluída em outubro de 2018 com 270 capítulos que, posteriormente, renderam 14 volumes. Em abril de 2018, o seu manhwa começou a ser publicado no site KakaoPage, estando atualmente com 96 capítulos e sendo atualizado semanalmente e o mesmo é desenhado pelos artistas Gi So-Ryeong e Jang Sung-Rak. Uma versão impressa começou a ser publicada em setembro deste ano e conta com apenas 1 volume por enquanto.

  • Given:

Um dos animes de sucesso da temporada de julho deste ano foi Given. Um BL de muita qualidade que eu acredito na sua vinda :). O título foi um palpite do @Davi44C, da @MisuRose, da @04Slice e do @xDeltaFox1. Given fez um bom “barulho” enquanto estava sendo transmitido, sendo bastante comentado e elogiado. Sua vinda só pode ocorrer, ao menos por hora, pela editora NewPOP, dado que ela é a única editora a anunciar BLs (e GLs) em nosso país e já passou da hora editora investir em alguma série BL, já foram publicados títulos de volumes únicos e queremos alguma série “longa”. Given seria uma excelente pedida para isso, até porque, GLS que são mais novos em nosso país (o primeiro foi publicado em 2017) já tem um mangá longo sendo publicado, no caso estamos falando de Citrus.

Given é publicado na Itália pela editora Flashbook, na França pela Taifu Comics, na Alemanha pela Egmont Manga, na Espanha pela MILKY WAY, na Polônia pela Kotori e o título começará a ser publicado em fevereiro de 2020 nos EUA pela editora SuBLime. O título é inédito na Argentina e no México.

Given é escrito e ilustrado por Natsuki Kizu e começou a ser publicada em abril de 2013, na revista bimestral Cheri +. O mangá tem 5 volumes atualmente e não tem previsão para o fim.

  • JOY Second:

A questão de JOY Second é: POR QUE ESTÁ DEMORANDO TANTO PARA SER ANUNCIADO??? O Júnior já havia dito que o volume tinha vendido mais do que o esperado, então era de se imaginar que a sua continuação não tardaria muito à ser anunciada… Então, até agora nada :(. Espero MUITO que agora seja anunciado. O título foi um palpite do @Davi44C, da @MisuRose e da @miutuallove. Aproveitand a deixa, a @MisuRose ainda palpitou sobre a possibilidade de ser anunciado mais algum mangá da Etsuko, autora de JOY. Eu amaria muito ter mais obras delas na estante. Algumas delas são In The Apartment (2 volumes completo), The Last Friday (volume único) e SUPER NATURAL (2 volumes completo).

JOY Second é inédito em todo o ocidente, bem como o volume que conta a história principal (chamado apenas de JOY), que foi publicado apenas no Brasil em janeiro deste ano. JOY tem resenha no blog :).

JOY é de autoria de Etsuko, sendo serializado na revista Honey Milk, da editora Kodansha e lançado em janeiro de 2018. Em meados de 2019, JOY recebeu uma continuação que, posteriormente recebeu o nome de JOY Second, o volume dessa continuação foi lançado em agosto de 2019.

Capa nacional de JOY.
  • Ten Count:

Um dos BLs de maior sucesso atualmente é Ten Count. O título é muito conhecido tanto aqui como internacionalmente. Isso pode ser observado dado a quantidade de países que o lançaram (veremos abaixo quais). Ele foi um palpite do @BBMangas, se o Kyon diz, é porque verdadeiramente tem suas chances de ser anunciado mesmo. O que eu acho: gosto muito de Ten Count, mas o mangá vai ladeira à baixo na história? Vai, mas fazer o quê? Eu gosto… O anime tem previsão para 2020. Então quando ele for lançado, acredito que sua fama aumente consideravelmente.

Ten Count é lançado em vários países. Na Argentina foi lançado pela Ivrea, na França pela Taifu Comics, na Alemanha pela TOKYOPOP, na Espanha também foi lançado pela Ivrea, na Itália pela J-POP e nos EUA ele foi lançado pela editora SuBLime.

Ten Coun é escrito e ilustrado por Rihito Takarai. O mangá foi lançado entre julho de 2013 e novembro de 2017, sendo concluído em 6 volumes. O título foi publicado na revista Dear+, da editora Shinshokan.

  • Somali to Mori no Kami-sama:

Outro título palpitado pelo Kyon foi ” Somali to Mori no Kami-sama” e confesso que não esperava por essa. Eu soube da existência de Solmali quando foi anunciada a sua adaptação em anime que, salvo engano, parte da produção é financiada pela Crunchyroll. O palpite dele ser justamente para ser anunciado pela Panini. Faz sentido quando meses atrás, a Panini Itália anunciou o mangá lá. O título começará a ser publicado em janeiro e eu não sei porque exatamente, mas eu acho que Somali pode ser anunciado pela Devir. O que posso dizer sobre o mangá é que o seu desenho é lindíssimo!!!

O título já é licenciado em alguns países, sendo eles: na França é publicado pela editora Komikku, na Polônia pelo Studio JG, na Itália pela Panini e na Alemanha pela editora Cross Cult. O título não é publicado na Espanha, EUA, Argentina e México.

Somali to Mori no Kami-sama é de autoria de Yako Gureishi. O título é serializado na revista online Web Comic Zenyon, da editora Tokuma Shoten. O mangá está atualmente com 6 volumes, sem previsão de término.

  • Yuru Camp:

O último palpite do Kyon foi um sucesso recente, Yuru Camp, ao qual ele gosta muito. Yuru Camp fez um bom sucesso quando sua adaptação em anime fez sua estreia em janeiro de 2018. O título tem a carinha da NewPOP, assim como ele também acredita nisso. Eu acho que pode vir sim, já que o título está com poucos volumes (menos de 10 por agora) e ainda tem o fator de que foi anunciada uma segunda temporada para o anime, um filme e além disso, irá estrear em janeiro de 2020, um anime curto. Então isso é bom para manter a hype com o mangá e “segurar” a fanbase.

Yuru Camp é publicado nos EUA pela Yen Press, na França pela Nobi Nobi, na Polônia pela Dango, na Alemanha o mangá começará a ser publicado em julho de 2020 pela editora Cross Cult. O mangá não é publicado na Espanha, Itália, Argentina e México.

Yuru Camp é de autoria de AFRO e está em publicação desde 2015 na revista Manga Time Kirara Forward (mesma revista de K-ON), da editora Houbunsha. Atualmente tem 8 volumes, com o nono volume previsto para o dia 10 de janeiro de 2020. O mangá não tem previsão de término.

  • Konosuba (Light Novel):

Kono Subarashii Sekai no Shukufuku ou! ou apenas Konosuba, um dos sucessos atuais vem sendo pedido há um bom tempo a NewPOP. Palpite da @sailorvivi8, do @xDeltaFox e da @AzumiiOf. Acredito que isso por hora seja algo um tanto difícil de acontecer. A NewPOP já disse em uma de suas lives, que a editora está com dificuldade de achar bons tradutores para novels, o que limita a editora a conseguir trabalhar com um certo número X de obras ao mesmo tempo, tanto que Zero no Tsukaima, uma das novels anunciadas pela editora, só começará a ser publicada pós conclusão de Toradora! e Konosuba já esta com mais de 10 volumes, o que dificulta a sua vinda.

A novel de Konosuba só é lançada nos EUA pela Yen Press.

Kono Subarashii Sekai no Shukufuku ou! é escrito por Natsume Akatsuki com ilustrações de Kurone Mashima, estando em publicação desde 2013 e possuindo 16 volumes atualmente. Uma adaptação em mangá começou a ser publicada em 2014 com desenhos feitos por Masahito Watari. Sua serailização é feita na revista Dragon Age, da editora Fujimi Shobou e atualmente o mangá possui 10 volumes.

  • Komi-san Wa Komyushou Desu:

Sugerido pelo @Enko_Aniki, Komi-san é um título que com o passar dos anos vem ganhando mais notoriedade. Atualmente, eu só consigo pensar nesse título saindo por aqui pela Panini. Talvez, se ele tivesse menos volumes (já passou de 10 e segue em andamento) eu imaginaria pela NewPOP. Por hora, só Panini mesmo.

Komi-san é publicado apenas nos EUA pela VIZ Media.

Komi-san wa Komyushou Desu é de autoria de Tomohito Oda, está em publicação desde 2015 na revista Shuukan Shonen Sunday, da editora Shogakukan e atualmente possui 15 volumes sem previsão de término.

  • Oregairu (Light Novel):

Yahari Ore no Seishun Rabukome wa Machigatte Iru ou apenas Oregairu, é outra das grandes LNs de sucesso atuais! Já possuindo duas temporadas em anime (que eu tenho que terminar, antes que um certo redator do blog me coma vivo, né @rubnesio?) e com uma terceira marcada para estrear em abril de 2020, Oregairu é um grande sucesso, tanto aqui no Brasil, como fora. O palpite foi do @PCLXXX e o que eu disse para a LN de Konosuba, vale para Oregairu, só que com 2 diferenciais: Oregairu encerrou com 14 volumes e também tem a hype para a terceira temporada, o que pode ajudar na vinda do título. Nos demais, sem muita alteração de Konosuba para Oregairu.

A LN de Oregairu é apenas publicada na França pela editora Ofelbe e nos EUA pela Yen Press.

Yahari Ore no Seishun Rabukome wa Machigatte Iru é escrito por Wataru Watari, com ilustrações feitas por Ponkan 8, a obra foi publicada entre 2011 e 2019, sendo concluída em 14 volumes + 3 livros com histórias secundárias. Uma adaptação em mangá começou a ser publicada em 2012 com desenhos de Rechi Kazuki, serializada na revista Big GanGan da editora Square Enix, o mangá está atualmente com 15 volumes, sem previsão de término.

  • Orient:

Orient é um mangá que não é tão difícil de se imaginar sendo publicado por aqui, visto que o título é da autora de “Magi: O Labirinto da Magia”, publicado pela JBC. Se ele tiver indo pelo menos razoavelmente bem em vendas, eu acredito sim na sua vinda, ainda mais que o título por enquanto tem menos de 10 volumes publicados. O palpite foi feito pelo @xDeltaFox1 e pelo @Enko_Aniki. O desenho dessa mulher é incrível demais!!!

Orient, pelo que eu pesquisei, ainda não é publicado em nenhum país do ocidente, mas ele foi anunciado na Alemanha pela KAZÉ e tem previsão para começar a ser publicado por lá em maio de 2020.

Orient é de autoria de Shinobu Ohtaka e está em publicação desde 2018 na revista Shuukan Shonen Magazine, da editora Kodansha. Atualmente está com 7 volumes, sem previsão de término.

  • Arifureta:

Arifureta Shokugyou de Sekai Saikyou foi palpitado pela @AzumiiOf e para esse caso, eu não tenho coisas positivas para dizer. Ela palpitou que seria um anúncio da NewPOP e o que disse para o caso de Konosuba e Oregairu, também vale aqui, fora que o anime não ficou tão popular devido ao desastre que ele foi. A única editora que eu vejo anunciando algo de Arifureta é a Panini e somente a adaptação em mangá.

Arifureta, tanto a novel como a adaptação em mangá, são publicados apenas nos EUA, sendo a novel publicada pela editora J-Novel e a adaptação em mangá pela Seven Seas.

Arifureta Shokugyou de Sekai Saikyou é originalmente uma web novel escrita por Ryou Shirakome, que foi concluída em 179 capítulos. Em 2013 uma versão impressa começou a ser feita pela editora Overlap e esta conta com ilustrações de Takayaki. Atualmente a novel têm 10 volumes, sem previsão de término. O mangá começou a ser publicado em 2016, na revista Comic Gardo, também da editora Overlap. O mangá tem desenhos de RoGa e atualmente conta com 5 volumes, sem previsão de término.

  • Sword Art Online Progressive (LN):

Palpite do @PCLXXX e do @xDeltaFox1 que eu tenho algumas ressalvas,u acho que SAO Progressive pode ser sim anunciado pela Panini, mas não a novel e sim a sua adaptação em mangá. A Panini aparenta não ter despertado o interesse na publicação de Light Novels, dado que Sword Art Online arco 1, teve seu volume 1 publicado em dezembro de 2018 (há 1 ano), o segundo volume nos primeiros meses desse ano e, de lá para cá, nada mais foi dito sobre a publicação dos demais arcos, nem mesmo o anúncio de outras LNs. A Panini, inclusive, chegou a anunciar a adaptação em mangá do terceiro arco da LN de SAO.

Sword Art Online Prograssive é publicado na França pela Ofelbe, na Polônia pela Kotori e nos EUA pela Yen Press, sendo inédito na Espanha, Alemanha, Itália, Argentina e México.

Sword Art Online – Progressive é de autoria de Reki Kawahara com desenhos de Abec e começou a ser publicada em 2012. Atualmente tem 6 volumes. Uma adaptação em mangá com desenhos de Kiseki Himura, começou a ser publicada em 2013 e foi concluída em 2018, com 7 volumes. O mangá foi publicado na revista Dengeki G Magazine, da editora ASCII Media Works. Uma continuação da adaptação em mangá começou a ser publicada na mesma revista em 2018, desta vez, com outro desenhista, agora o mangá é desenhado por Shiomi Miyoshi. O outro desenhista abandonou o projeto.

  • Jojo’s Bizarre Adventure – Diamond wa Kudakenai:

Jojo’s Bizarre Adventure – Diamond wa Kudakenai, ou como muitos chamam, apenas “Jojo Parte 4” foi um palpite do @CaioFrits. O que posso dizer é, se o mangá foi bem em vendas, não deve demorar muito para ser anunciado. Se não foi, vocês já sabem o que deve acontecer. Mas acredito que o mangá tenha ido bem sim, logo, se isso for mesmo verdade, deve ser anunciado em um futuro próximo.

Jojo’s Bizarre Adventure é publicado em diversos países e alguns, chegando até a trocarem de editora, então recomendo o post do BBM sobre a publicação de Jojo em outros países para saber de forma mais aprofundada ^^. De forma “superficial”, Jojo é publicado na França pela Delcourt/Tonkan , na Itália pela Star Comics, nos EUA pela VIZ Media, na Argentina e na Espanha o mangá é lançado pela Ivrea e no México ele é lançado pela Panini.

Jojo Bizarre Adventure é um mangá de Hirohiko Araki e está em publicação desde a décade de 1980, passando dos 100 volumes atualmente. A parte 4, foi publicada entre 1992 e 1999 sendo concluída em 18 volumes, a edição bunko (a lançada pela Panini), reduz os volumes para 12 tomos.

  • Hiro Mashima:

A @MisuRose mencionou spin-offs de Fairy Tail, enquanto a @sailorvivi8 e o @vaidarviadinho disseram algo do Hiro Mashima, então resolvi unir os dois aqui. Bom, spin-off de Fairy Tail não falta para anunciar (vejam abaixo), uma curiosidades e que na Espanha, a editora Norma anunciou 3 obras derivadas da série de uma só vez.

Spin-offs de Fairy Tail ainda não lançados pela JBC:

  • Fairy Tail Girls – de Boku, completo em 4 volumes;
  • Fairy Tail City Hero – de Hiro Mashima e Ushio Ando, completo em 4 volumes;
  • Fairy Tail S – de Hiro Mashima, completo em 2 volumes;
  • Fairy Tail: 100 Years Quest – de Hiro Mashima e Atsuo Ueda, em andamento com 4 volumes;
  • Fairy Tail: Happy no Daiboken – de Kenshirou Sakamoto, em andamento com 4 volumes.

Ainda se tem obras do Hiro Mashima não vindas para o Brasil e como a JBC ama lançar coisa do Hiro (ele não pode fazer nada que a JBC já corre para negociar e lançar), então nunca se sabe quando ela pode anunciar alguma outra obra dele. Apesar de ser bem longa (são 35 volumes ao todo), não é de se duvidar que a JBC anuncie “Rave”, um mangá dele publicado no fim dos anos de 1990 até meados dos anos 2000.


A partir daqui, vai ser uma pequena listinha de títulos que, não necessariamente eu acredito que serão lançadas no Brasil, mas que eu particularmente amo e gostaria muito de ter elas no Brasil :).

  • Sakurasou No Pet Na Kanojo – uma Light Novel de Hajime Kamoshida e ilustrações de Keiji Mizoguchi, completa em 10 volumes + 3 volumes extras. Amo demais Sakurasou, em janeiro de 2020 a novel completa 10 anos desde o lançamento do seu primeiro volume. Se a NewPOP anunciasse eu surtaria *risos*
  • Seishun Buta Yarou Series – dos mesmos autores de Sakurasou, essa é a obra mais recente deles. É um sucesso bem atual devido ao anime que estreou em outubro de 2018. Atualmente com 9 volumes, com o décimo previsto para fevereiro de 2020. Estou torcendo para que a obra se encerre logo e não quero que ela se estenda demais, pois dificulta ainda mais na sua vinda.
  • Kakegurui – mangá de Homura Kawamoto, com desenhos de Tooru Naomura, em andamento no Japão com 11 volumes. Kakegurui é um mangá e anime que eu gosto muito,l. Acho ele extremamente divertido de se assistir e só vejo ele sendo lançado pela Panini. Mas se viesse, eu compraria com toda certeza ^^.
  • Kuzu no Honkai – mangá de Mengo Yokoyari, completo em 8 volumes + 1 volume especial intitulado”Kuzu no Honkai Décor”. Provavelmente este é meu mangá favorito. Eu amo o mangá, o anime, seus personagens, a condução do roteiro, absolutamente TUDO!!! Mas, não consigo ver uma obra como essa saindo no Brasil. Se fosse sair, somente se fosse pela NewPOP, imagino eu…
  • Kimi No Suizou Wo Tabetai – Light Novel de Yoru Sumino, com ilustrações de Ioundraw, completo em 1 volume. Este eu imagino que a NewPOP deve anunciar (provavelmente em 2020). Ela vem lançando algumas novels e mangás que deram origem, ou são adaptações de filmes. Então por que não Kimi No Suizou Wo Tabetai?
  • Go Toubun no Hanayome – mangá de Negi Haruba, a ser concluído em 14 volumes. Mais um dos sucessos recentes. A obra teve uma adaptação em anime no começo desse ano e terá uma segunda temporada em janeiro de 2020. Não gostava tanto de Go Toubun no começo, mas fui começando a gostar dele com o passar do tempo. Como não li o mangá, gostaria de ler ele e imagino que a Panini irá anunciá-lo nessa CCXP.
  • Kaguya-sama wa Kokurasetai – mangá de Aka Akasaka, em andamento com 16 volumes. Minha comédia romântica favorita que teve anime esse ano. Já está bem longo e só consigo imaginar sendo lançado pela Panini, mas daria meu jeito para conseguir comprar, porque vale muito a pena :).
  • Horimiya – mangá de HERO com desenhos de Daisuke Hagiwara e em andamento com 13 volumes. Essa é minha comédia romântica favorita no momento atual. Amo os personagens, a comédia, tudo! Uma pena ainda não ter anime Apesar disso diversos países já o lançam, então cadê??!!!!
  • Runway de Waratte – mangá de Kotoba Inoya, em andamento com 13 volumes. Terá anime em janeiro de 2020 e estou torcendo MUITO para que a Crunchyroll transmita ele. Quero que ele fique popular para que tenha mais chances de sair no Brasil. Já está longo e ao menos por hora, pouco se fala dele, mas Runway tem um ótimo roteiro com excelentes personagens (recomendo muito e assistam o anime quando ele estrear!!!).

Estou listando esses, mas há MUITO mais, mas ao menos por hora, vou parar por aqui rs. Agradeço a todos que leram esse post enorme (que deu MUITO trabalho). Foram vários dias de pesquisa (literalmente) e por fim agradeço à todos que deram seus palpites ^^.

4 comentários em “Apostas de anúncios para os eventos de dezembro (CCXP e Ressaca Friends)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s